Tire todas as suas dúvidas sobre o boleto bancário!

A emissão de boleto bancário é um processo tão comum no nosso dia a dia, que dificilmente paramos para pensar em como ele é um importante facilitador de gestão e também um redutor de custos. Muitos empreendedores acreditam que essa forma de pagamento já não é mais vantajosa, o que é um erro, pois 70% dos clientes consideram essa a melhor forma de pagamento,

Essa porcentagem coloca o boleto bancário como o segundo meio de pagamento mais escolhido entre os compradores, perdendo apenas para o cartão de crédito. Isso acontece porque os consumidores acabam tendo mais facilidade e maiores opção, pois essa forma de pagamento pode ser efetuada em diferentes locais, como casas lotéricas, bancos, em casa e outros.

Sendo assim, é de grande importância para a sua empresa que você entenda, a fundo, tudo o que envolve o boleto bancário e o recebimento de dinheiro por meio dessa ferramenta que é uma grande auxiliadora, e que ainda abre portas, inclusive para os micros e pequenos negócios.

Pensando nesse cenário, elaboramos este artigo com um apanhado de informações sobre os boletos. Aqui, você entenderá como surgiu essa opção, os tipos disponíveis e as vantagens de oferecer esse meio de pagamento na sua empresa. Acompanhe e expanda os seus conhecimentos e oportunidades de negócios!

O que é boleto bancário?

O boleto bancário é uma das formas de fazer pagamentos para quem compra, e cobranças por parte da empresa que está vendendo um produto ou serviço. Isso torna todo esse processo mais ágil e seguro para ambas as partes. Para tanto, o boleto identifica uma transação entre duas contas bancárias — do comprador e do vendedor.

Essa opção de cobrança e de pagamento é padronizada e licenciada pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban), que também é o órgão responsável por estabelecer as regras de todas as transações bancárias que acontecem aqui no Brasil.

O boleto bancário surgiu em 1993, como uma instrução normativa do Banco Central, que foi o encarregado de determinar os procedimentos necessários para esse meio de pagamento. O lançamento dessa ferramenta foi uma grande inovação para a época, pois foi um meio de facilitar o pagamento de produtos e serviços, que poderia ser feito com mais comodidade e sem tanta burocracia.

Para o surgimento do boleto, os campos de cada documento foram definidos para que pudessem ter todas as informações das transações, de modo que desencontro de informações sejam identificados e para que comprador e cobrador possam ter controle sobre o dinheiro que entra e que sai.

Quais são os principais tipos de boletos bancários?

Basicamente, existem dois tipos de boletos bancários: o registrado e o não registrado. Independentemente do modelo que esteja utilizando, é fundamental observar os campos obrigatórios, para que evite ser vítima de golpes e fraudes.

Então, sempre busque pelas seguintes informações:

  • nome do banco (instituição destinatária);
  • linha digitável;
  • prefixo da instituição;
  • descontos e abatimentos;
  • multas;
  • juros do boleto;
  • data de emissão do documento;
  • código de barra;
  • valor total do documento;
  • demais valores cobrados;
  • ficha de compensação;
  • prefixo do banco (identifica as informações da transação).

Agora que já sabe como identificar as informações de um boleto bancário, conheça os tipos que são utilizados e as suas particularidades. Veja só.

Boleto bancário registrado

Essa modalidade é a que o fornecedor do boleto bancário comunica o banco sobre a transação que será feita. Para isso, ele teve disponibilizar todas as informações que estarão contidas, como o CPF ou CNPJ, valor total do produto ou do serviço, data de vencimento e outros dados. Além disso, precisam ser informadas as taxas de juros e multas que poderão ser cobradas em caso de atraso.

Todos os envios de informações provenientes de boletos registrados são feitos por meio de um arquivo que deve ser enviado para o sistema do banco. Assim que o recebimento dos dados for identificado, o boleto estará disponível para o pagamento e para o recebimento.

No entanto, se você optar por utilizar uma plataforma ou sistema que faz a emissão de boletos bancários, terá ainda mais vantagens e facilidades, pois terá mais segurança e menores custos em todo o processo, já que os bancos cobram uma taxa para emitir os boletos, eles sendo pagos ou não.

Boleto sem registro

O boleto sem registro, ou simples, é aquele em que as informações da transação não são comunicadas ao banco. Esse era o modelo mais comum, pois poderia ser pago no mesmo momento da emissão.

Em razão disso, você, como empresa, precisaria ter um controle extremamente rígido sobre os seus recebimentos. Contudo, essa “facilidade” tem consequências graves. O boleto sem registro era muito comum em e-commerces, já que os produtos não são entregues até que o pagamento seja identificado.

Contudo, uma parcela considerável dos boletos sem registro que são emitidos em sites de compras não são pagos. Isso porque o consumidor acaba desistindo da compra. Além disso, esse tipo de meio de pagamento é muito frágil, e frequentemente era alvo de fraudes, já que os valores e destinatários poderiam ser facilmente alterados. Sem contar que, caso fosse emitido o não registrado, não havia opção de protestar o boleto, o que significava uma perda de todo o custo da emissão.

Em razão dos grandes problemas gerados, a Febraban resolver proibir, em novembro de 2018, todos os boletos sem registro, tornando obrigatório o envio de informações para a emissão, inclusive os e-commerces.

Isso será feito por meio da nova plataforma da Febraban, que teve a sua tecnologia aprimorada, para que fossem implementados mecanismos de segurança com o objetivo de evitar fraudes e transtornos, principalmente aqueles em que os códigos de barra dos boletos sem registro eram alterados por pessoas mal-intencionadas. 

E os boletos de cobrança?

Além de registrado e não registrado, os boletos com a finalidade de cobrança são separados em três tipos. Entenda quais são, a seguir.

Cobrança rápida

A cobrança rápida, ou direta, é aquele em que o banco fornece todas as informações e documentos, por meio de softwares, para que você, como empresa, possa fazer por conta própria a emissão.

Cobrança indexada

São as cobranças feitas por meio de boletos sem valor fixo, ou seja, que depende de fatores que podem ser, por exemplo, tributações, moedas estrangeiras e outros.

Cobrança vinculada

Quando o banco que emitiu o boleto antecipa o valor pago à empresa, antes da data de vencimento. Esse processo também é conhecido como antecipação de títulos, sendo que a retirada do dinheiro pode ocorrer de maneira ocasionada — quando o boleto é quitado   ou de modo descontado, em que a instituição financeira se torna a credora dos boletos.

Por que não utilizar os boletos bancários sem registro?

O simples fato de não comunicar a um banco as informações da emissão de um boleto, gera inúmeros problemas e desafios para os negócios. Quando uma relação de cobrança e de pagamento não é comunicada, automaticamente se abre uma porta para fraudes, golpes e roubos.

Como dito, já foram identificados casos em que os códigos de barras foram alterados, além dos valores totais e instituições destinatárias. Certamente, você já deve ter ficado sabendo de alguém que pagou um boleto e não sabe onde o dinheiro foi parar, não é mesmo?

Um outro tipo de crime que era comum em boletos bancários sem registro, acontecia quando terceiros mal-intencionado instalavam um vírus em computadores. Com isso, ao fazer uma compra em sites e efetuar o pagamento, o cliente não recebia a seu pedido.

Isso acontecia porque a empresa responsável pela venda não identificava o pagamento, pois o dinheiro ia para a conta dos criminosos. Já quando é feita a comunicação aos bancos, ou seja, o registro, isso não acontece. Além disso, em situações como essas, os boletos não registrados não poderiam ser protestados, já que não havia nenhuma garantia das informações prestadas.

Outra desvantagem que era uma grande desafio para os gestores e empresários é o fato de que todo o controle de valores, recebimentos e cobranças ficava a cargo da empresa, o que se fazia necessária um controle eficiente de contas a receber, caso contrário, grandes desfalques seriam percebidos no fluxo de caixa.

Além disso, a Febraban passo a ter um novo modelo para cruzamento de informações, que permite o pagamento dos boletos registrados em qualquer banco, mesmo após a data de vencimento e independentemente do emissor.

Quais são as vantagens do boleto bancário para um negócio?

O boleto bancário é muito mais do que somente um meio de pagamento de valores, mas também uma ferramenta de controle e segurança. Se você ainda não oferece essa medida na sua empresa, confira, a seguir, as vantagens de disponibilizar o boleto nas suas vendas.

Mais chances de vendas

Como dissemos, uma média de 70% dos consumidores prefere fazer suas compras por meio do pagamento de boletos, então, imagine a quantidade de vendas que você perderá caso não tenha essa opção.

Apesar de o cartão de crédito ainda liderar a lista de meios de pagamento mais utilizados, é muito comum que clientes o vejam como vilão, principalmente pela facilidade de entrar em dívidas. Na tentativa de aliviar a fatura do cartão, muitos consumidores acabam optando por fazer as compras por meio de boletos.

Essa opção também é bastante atrativa para os compradores que estão com o nome negativado e não conseguem crédito nos bancos, mas precisam fazer uma compra e tem o dinheiro disponível. Dessa maneira, você não corre o risco de perder vendas nem clientes.

Expansão da empresa

A satisfação dos clientes não está associada a somente a um bom produto ou serviços, mas também ao atendimento. Se o comprador prefere pagar via boleto, e a sua empresa não disponibiliza essa opção, é mais fácil que ele procure por outros estabelecimentos em vez de adequar as suas formas de pagamento.

Além disso, o boleto bancário, como dito, é uma forma de aumentar as suas chances de vendas, fator esse que resulta em aumento no faturamento e na lucratividade. Portanto, no fim das contas, o boleto acaba se tornando uma ferramenta de auxílio para o crescimento do seu negócio, por poder significar um diferencial no mercado.

Esse aspecto se torna ainda mais necessário se levarmos em consideração o aumento nas vendas pela internet, que lideram o meio de pagamento por boletos. Para que tenha uma ideia, somente no primeiro trimestre de 2018, as compras online cresceram 23%, o que significa uma média de 17 bilhões de reais para a economia.

Então, imagine as suas chances de crescimento com a simples estratégia de disponibilizar os pagamentos por meio de boleto bancário.

Impessoalidade nas cobranças

Cobrar clientes nunca é tarefa fácil, nem mesmo uma das mais confortáveis. Afinal, têm devedores mais sensíveis e outros mais nervosos e até mesmo mal-educados. No entanto, você precisa receber pelo serviço que prestou ou pelo produto que vendeu.

Em razão disso, as empresas estão se preocupando cada vez mais em disponibilizar um atendimento impessoal, porém humanizado e eficiente. Nesse contexto, o boleto bancário se torna um meio neutro para cobranças, já que não é preciso nenhum tipo de contato humano com o devedor. Basta enviar o boleto, por e-mail ou correio, com as correções dos juros e das multas.

Além de não ter que passar pelo processo desagradável da cobrança, o cliente não se sentirá incomodado ao ficar recebendo ligações para falar de suas inadimplências.

Menores taxas

Se você colocar os custos de vendas na ponta do lápis, perceberá que as taxas cobradas para emissão de boleto bancário são menores que aquelas dos cartões de crédito. Exatamente por isso que muitas empresas utilizam essa vantagem para oferecer descontos nas compras pagas por boleto.

Facilidades para o comprador

Sem sombra de dúvidas, o boleto é um meio muito fácil de pagamento para o comprador, e esta praticidade e agilidade reflete na sua empresa, principalmente na satisfação e fidelização de clientes.

Isso é possível porque, após emitir o boleto bancário, o consumidor poderá escolher a forma mais cômoda e que melhor o atende para efetuar o pagamento até a data de vencimento. Dessa maneira, o comprador não precisa enfrentar longas filas nem mesmo sair de casa, já que o processo pode ser feito online, por meio de sistemas como o Internet Banking.

Toda essa automação gera mais maturidade de processos para a sua empresa, passando a imagem de mais autoridade de mercado, ao contrário de negócios que não têm muitas opções para os seus clientes e acabam sendo vistos como amadores.

Mais segurança

Mesmo que a era digital seja uma realidade, muitos consumidores têm receio dos meios de pagamento. Uma das principais razões para isso é são as notícias de fraudes e clonagens de cartão de crédito que são expostas na televisão.

Levando isso em consideração, os boletos geram mais segurança e a sensação de confiança nos compradores, pois não é preciso que eles divulguem os dados bancários ou do cartão para efetuar as compras.

Quais são os benefícios de contar com uma ferramenta de emissão de boletos?

Se receber o seu dinheiro de maneira rápida e segura tem sido um desafio na sua empresa, está na hora de considerar um sistema para emissão de boletos. Conforme dito, o boleto bancário registrado pode ser emitido de duas maneiras, a primeira é por meio de bancos, que é uma alternativa mais cara e demorada, ou por intermédio de plataformas e sistemas.

Por meio do nosso sistema Asaas, por exemplo, você poderá ter uma gestão mais profissional e facilitada do seu dinheiro e das suas cobranças. Esse tipo de aplicativo ou plataforma é uma tecnologia que permite a você, receber os valores das suas vendas, fazer o controle dos boletos e gerenciar todas as suas cobranças.

Essa tem sido a melhor alternativo para desburocratizar o recebimento do seu dinheiro, ao mesmo tempo em que tem mais segurança e controle de informações financeiras. Para que possa perceber os impactos positivos no seu empreendimento, confira, a seguir, os benefícios de contar com esse tipo de serviço.

Redução de custos

A busca por redução de custos e despesas em um negócio é uma tarefa e um desafio constante para os negócios. Isso porque a economia flutua muito e, caso não tenha uma boa gestão, terá dificuldades de manter a empresa de pé.

A emissão de boletos bancários é a forma mais em conta de efetuar uma venda. Isso porque as taxas de cartões de crédito ou transferências bancárias podem pesar no orçamento, o que gera uma necessidade de elevar os seus preços e grandes chances de perder a sua competitividade.

Sem contar que esses modelos de pagamentos, envolvem outros custos, como aluguel de máquinas de cartão de crédito e a demora no recebimento, que pode levar mais de 30 dias.

Rapidez na liberação de pagamentos

Um emissor de boleto bancário é uma garantia de rapidez e segurança no recebimento do dinheiro das suas vendas, porque o tempo de compensação dos valores é consideravelmente menor que cartões de crédito ou transações bancárias. Para que tenha ideia, há situações que após o comprador efetuar o pagamento, você terá o dinheiro na sua conta em poucos minutos.

Até mesmo o processo de compra se torna mais rápido, pois o cálculo dos juros e das multas provenientes de pagamentos que forem feitos após a data de vencimento são feitos de maneira automática, sendo que os novos valores já ficam disponíveis para o consumidor quando ele for fazer o pagamento.

Essa automatização de cálculos permite que fique dentro das normas estabelecidas pelo Código de Defesa do Consumidor, que estabelece o limite máximo de 2% de multas por atraso e de juros de 1% ao mês.

Gestão eficiente

o desconhecimento das suas contas a pagar e a receber causa um descontrole muito grande na sua gestão financeira. Em razão das menores taxas que facilitam a sua organização e o seu orçamento, um sistema emissor permite que você tenha registro de todos os boletos bancários que você processou, marcando quais foram pagos, quais estão em aberto e aqueles que já estão fora da data de vencimento.

Assim poderá traçar melhores planos para controle a inadimplência e ainda ter um melhor controle do que você já recebeu e dos valores que ainda receberá. Isso garante uma gestão financeira mais eficiente, confiável e que permite projeções de caixa.

Melhora no fluxo de caixa

É regra básica de todo bom fluxo de caixa, registrar todas as entradas e saídas. No entanto, se você não tem controle dos boletos que foram emitidos, como poderá fazer esses registros? Nesse cenário, um sistema emissor proporciona melhor gestão financeira, que por sua vez, mantém o fluxo de caixa em dia.

Além disso, não precisará mais usar planilhas complexas, nem mesmo uma pilha de papéis para anotar as suas vendas.

Resultados mais positivos

Os resultados positivos são consequências de uma boa gestão financeira, de um controle eficiente do seu caixa e de estratégias efetivas para a fidelização de clientes. Portanto, ao contar com um emissor de boleto bancário que seja atualizado e com boas funcionalidades, o resultado não poderia ser outro.

Então, para ter bons resultados e avaliações na sua empresa, escolha muito bem a plataforma emissora que você pretende utilizar, verifique as funções, como alerta de pagamentos e atrasos, por exemplo.

Possibilidade de protesto

Emitir boleto bancário registrado, por meio de um sistema de confiança, não gera segurança somente para o cliente, mas também para o seu negócio. Em situações que você já prestou algum tipo de serviço ou o produto já tenha sido entregue, mas o consumidor não efetuou o pagamento do boleto na data combinada, você poderá protestar, por via judicial, todos os valores que não foram pagos.

O boleto bancário é um meio de pagamento com mais de 20 anos de existência. Por ser gerenciado pela Febraban, é uma ferramenta de recebimento e de cobrança que torna toda a empresa mais confiável e ágil. tudo isso resulta em melhores resultados e crescimento. Então, conte com um bom emissor e tenha todos esses benefícios de uma só vez na sua empresa.

Se você deseja ter mais profissionalismo no recebimento do seu dinheiro, entre em contato conosco e conheça o nosso emissor de boleto bancário!

O Autor
Vice-presidente no Asaas
Gerar boleto

Esteja sempre bem informado sem pagar nada!

Cadastre-se e receba um e-mail semanal com as últimas novidades do blog.