Como fazer negativação no Serasa: descubra o passo a passo

Por Redação Asaas
Publicado em 24 de novembro, 2021 | Atualizado em 24 de novembro, 2021

A inadimplência é um problema que atinge diversos negócios, de diferentes tamanhos, e pode não apenas atrapalhar o fluxo de caixa, mas também acabar com a relação entre cliente e empresa. Uma ferramenta que está ao lado do seu negócio e pode ser uma solução para esse problema é a negativação no Serasa.

É possível que você já tenha escutado esse termo, entretanto, é válido mencionar que existem algumas etapas que precisam ser seguidas para negativar um cliente.

Os números comprovam que a solução tem sido cada vez mais presente. De acordo com dados do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), quase 60 milhões de brasileiros estavam com o nome sujo até o fim de julho. O número representa quase 40% da população entre 18 e 95 anos. 

Além dos impactos negativos na economia, as empresas acabam ficando com o prejuízo, já que em alguns casos o valor não é recebido na data correta, afetando o capital de giro

Quer saber mais sobre o assunto? Então confira o conteúdo completo e veja como deve ser feita a negativação no Serasa, passo a passo.

Conteúdo

Como funciona a negativação no Serasa?

Quando a empresa escolhe pela negativação no Serasa, é entendido que todas as formas de negociação já foram utilizadas, incluindo o contato com o cliente e até mesmo as mensagens de cobrança. 

Isso porque o indicado é aguardar, em média, 30 dias para iniciar o processo, mantendo um diálogo com o consumidor antes de acionar os meios legais para a quitação. Quando o devedor paga as parcelas, ambos são beneficiados — já que a empresa recebe o valor e o indivíduo não fica com pendências no nome.

Porém, nos casos em que o pagamento não é feito, inicia-se a negativação no Serasa. Essa opção deve ser solicitada quando há uma dívida ativa no CPF ou no CNPJ, resultado da inadimplência no pagamento de produtos ou serviços. 

O objetivo é contribuir com a recuperação dos valores que não foram pagos, avisando o mercado sobre possíveis consumidores que não cumprem com o combinado, protegendo as empresas e os valores que são investidos.

Essa é uma solução para que todos os negócios tenham acesso aos dados reais e atualizados dos compradores. Quer saber mais sobre o assunto? Então confira o conteúdo inadimplência zero e descubra 9 dicas para evitar calotes.

Como fazer negativação no Serasa?

Agora que você já compreendeu a importância da negativação no Serasa, esse é o momento de aprender o passo a passo desse processo. Lembrando que para optar por essa solução é preciso ser pessoa jurídica. Confira o caminho que deve ser percorrido para negativar um cliente:

1. Mantenha o contato e utilize uma régua de cobranças

Conversar com o cliente é sempre o melhor caminho para evitar a negativação. Por isso, é interessante que a empresa utilize um mecanismo para sempre lembrar o indivíduo das dívidas, como uma régua de cobranças

Esse mecanismo pode contribuir no envio de comunicados, antes e após o vencimento, incentivando o pagamento. 

Caso o cliente não retorne o contato e não faça o pagamento, o próximo passo é dar início ao processo de negativação no Serasa.

2. Forneça os dados do cliente

Com o pedido de negativação, essa é a hora de fornecer os dados mais importantes do consumidor, incluindo nome completo/razão social, CPF/CNPJ, endereço,  telefone e e-mail. 

Aproveite para incluir as informações do produto ou serviço, assim como a data da compra, valor da multa/juros e preço da mercadoria. Todos esses dados são importantes para confirmar a solicitação.

3. Aguarde a análise do pedido 

Agora é com o Serasa. O consumidor recebe uma carta, com prazo de 10 dias para o pagamento, enviada pelo próprio Serasa. Caso a quitação não seja feita, o indivíduo passa a ser negativado. Nos casos em que há o pagamento, os débitos são retirados do CPF ou CNPJ em até dois dias úteis. 

Vale mencionar que a negativação no Serasa permanece pelo período de cinco anos se a dívida não for paga, mas pode ser cancelada pela empresa a qualquer momento.

Ferramenta para fazer negativação no Serasa: conheça o Asaas

Agora que você compreendeu a importância da negativação no Serasa e como esse processo é  feito, chegou a hora de conferir uma ferramenta que pode mudar o dia a dia da empresa. 

Já foi possível perceber o quanto esse mecanismo é importante e como as etapas do processo precisam ser seguidas, não é mesmo? Por isso o Asaas conta com uma solução capaz de enviar mensagens de cobrança para os clientes, além de realizar consultas e negativação no Serasa. 

Outro diferencial está na praticidade da negativação, já que a plataforma é integrada ao órgão de verificação. Com poucos cliques você já inicia o procedimento, enviando as informações necessárias e acompanhando a atualização do processo. 

A automatização e o baixo custo para a execução — apenas R$ 9,90 por negativação — contribuem com o retorno rápido e a finalização em pouco tempo, fatores que fazem a diferença no rendimento da empresa e nos ganhos do mês.

Por mais que seja possível realizar o passo a passo de maneira individual, a escolha por uma ferramenta pode facilitar a verificação das etapas, além da praticidade em contar com todos os dados na mesma plataforma, permitindo o acesso e confirmação dos pagamentos. 

Por todas as comodidades, é melhor contar com uma solução que possa ajudar a sua empresa e ainda oferecer todo o suporte necessário, não é mesmo? Quer saber mais? Então acesse o site do Asaas e confira todos os detalhes!

No Asaas você tem transferências gratuitas para o cartão Asaas