Horário Pix: entenda as mudanças para transações em 2024

por Pix

Publicado em 17 de dezembro, 2021 | Atualizado em 19 de fevereiro, 2024

Desde o seu lançamento, em 2020, o Pix trouxe um enorme impacto para o todos os nichos de vendas do Brasil. Seja no varejo digital ou no físico, ou mesmo para qualquer outro nicho, o Pix oferece mais liberdade e eficiência para os consumidores e empreendedores.

Porém, o Banco Central do Brasil anunciou que iria aplicar novas regras do Pix em 2023. Essa atualização da modalidade implicou, principalmente, em fortalecer a segurança das transações.

Isso significa que essa atualização também impactou no funcionamento do horário para Pix, que sofreu algumas alterações. Neste artigo vamos trazer como ficou o funcionamento do novo horário Pix em 2023. Continue lendo e descubra até que horas pode fazer Pix acima de 1000 reais!

Qual é o Horário Pix?

Até que horas pode fazer Pix? O Pix depois das 22h até as 6h, tem o limite de R$ 1 mil. Apesar de ser possível fazer pagamento e transferências 24h, todos os dias, incluindo finais de semana e feriados, existem limites no período noturno.

A medida que estabelece horário de fazer Pix é válida para pessoas físicas e microempreendedores individuais (MEIs) nas seguintes situações:

  • Transferências via Pix;
  • Transferências via TED e DOC;
  • Transferências entre contas de uma mesma instituição;
  • Pagamentos de boleto bancário;
  • Pagamentos com cartão de débito;
  • Pagamentos com cartão pré-pago.

Caso deseje, você pode aumentar ou diminuir esse teto de R$ 1.000,00, durante o horário de Pix, conforme veremos a seguir.

O que mudou no horário de funcionamento do Pix noturno 2023?

Pix tem limite de valor? Com as atualizações efetuadas pelo Banco Central, muitos consumidores possuem dúvidas se o Pix tem horário de funcionamento ou até que horas funciona o Pix.

Em 2023, o horário do Pix permite que o cliente realize operações noturnas, das 20h às 6h ou das 22h às 6h, com valores limitados até R$ 1 mil. Esse padrão foi estabelecido pelo Banco Central para maior segurança do usuário nas transações.

Segundo o Banco Central, as instituições devem oferecer aos seus clientes a possibilidade de alterar o limite de transferências noturnas. Ou seja, você pode solicitar o aumento ou redução desse limite por meio de algum canal digital do seu banco ou fintech.

A única restrição é que o prazo mínimo para efetuar o ajuste no limite é de 24 horas. Assim, em caso de situação de risco, não será possível realizar a alteração imediata. É mais uma forma de prevenir extorsões, fraudes e sequestros.

No Asaas, os clientes poderão alterar seu limite noturno pelo aplicativo. Basta acessar a área de limites do Pix e solicitar o aumento ou redução do valor.

Como alterar o limite de transferência Pix em horário noturno e diurno?

Os clientes também poderão definir limites de transação em outros horários e, caso desejem, com valores mais baixos que R$ 1.000,00. Assim, é possível ter limites diurnos e noturnos personalizados de acordo com as necessidades individuais.

Esses limites também podem ser usados como uma ferramenta de controle financeiro, evitando compras por impulso. Assim, você melhora sua relação com o dinheiro.

Se você for um cliente Asaas, basta fazer a solicitação pela central de atendimento. Caso não seja, conheça as vantagens do Pix no Asaas!

Qual é o valor total das transações via Pix?

Desde 2 de janeiro de 2023, os bancos não precisam mais impor um limite de valor para as transações, apenas a restrição por período

Ou seja, anteriormente, caso você possuísse um limite de R$ 1.000 por transação e R$ 3.000 por dia, era necessário realizar três transferências para chegar ao valor máximo.

Agora é possível realizar uma única transação de R$ 3.000, seguindo o exemplo hipotético. Para empresas, porém, o limite do horário diurno Pix para transações fica a critério de cada instituição financeira.

Nesse caso, as instituições bancárias acabam impondo limites para evitar as tentativas de golpes e fraudes, aumentando a segurança dos processos envolvidos. Por isso, é importante conferir se sua instituição de uso impõe alguma forma de limitação.

Quais são os limite de Pix por dia na Conta Asaas?

No Asaas, as limitações das transações se aplicam no valor total daquelas realizadas através de uma mesma forma de pagamento, dentro de uma mesma conta. 

Por exemplo, você pode usar sua Conta Digital Asaas, para transferir até R$ 1.000,00 via Pix, pagar até R$ 1.000,00 via boleto bancário, e assim por diante. 

Vale lembrar que cada cliente possui um limite diário de saques no Asaas, o que pode influenciar no limite noturno do Pix, assim como em outras formas de pagamento.

Como alterar o limite de transferências do Pix?

Para realizar uma alteração no seu limite do Pix, é necessário fazer a configuração através do seu aplicativo bancário. A sequência de opções pode mudar de acordo com cada instituição financeira, mas geralmente estão dentro da “área Pix”.

No mesmo local onde se alteram as chaves Pix, também é possível configurar os limites. Porém, fica o lembrete que para solicitações de aumento do limite é necessário até 24 horas para aprovação da solicitação e liberação do ajuste do valor exigido.

Como evitar problemas ao realizar transferências via Pix?

Apesar do Pix ser um enorme facilitador para a rotina financeira de muitas empresas e consumidores, ele não está imune dos problemas recorrentes das transações econômicas. 

Por isso, para utilizar o Pix como meio de pagamento no seu dia-a-dia, é importante tomar alguns cuidados importantes. Confira:

Entenda até que horas pode fazer Pix

Conforme comentamos nesse artigo, entender o horário de funcionamento do Pix é fundamental para realizar um bom uso dessa ferramenta financeira. Por isso, você deve planejar suas transações para o momento diurno – quando existe um limite maior para movimentações.

Embora para alguns estabelecimentos seja necessário efetuar transações noturnas, nesses casos, é fundamental atualizar os limites e conversar com sua instituição financeira para evitar complicações.

Entenda o tempo de processamento

O Pix é uma transação simultânea, levando até 10 segundos para repassar os valores entre duas contas. Porém, no caso de algumas operações maiores, pode haver uma demora de processamento maior se o banco considerar a operação suspeita.

Nesse caso, é importante ficar atento e guardar os comprovantes para garantir a segurança jurídica de um transferência e evitar fraudes, especialmente para pagamentos importantes.

Consulte os valores de transferência

Sempre consulte os limites de transferência para evitar problemas durante o pagamento de contas e outras transações. 

Além das limitações que podem ser alteradas nas configurações do seu sistema Pix, também é fundamental se atentar para as informações da chave Pix dos recebedores. Assim, você evita transtornos com transações erradas para terceiros.

Verifique as tarifas

Embora o Pix seja uma transação sem tarifas, para pessoas físicas, no caso de pessoas jurídicas, os bancos e instituições financeiras podem cobrar taxas por movimentação. 

Sendo assim, é fundamental entender quais são as tabelas de preço oferecidas pelas instituições e qual pode se adequar às necessidades do seu negócio. 

No Asaas, por exemplo, você tem 30 transações grátis todo mês para usar em Pix, transferências e pagamento por QR Code estático. Além disso, você só é taxado após seu cliente realizar o pagamento da fatura.

Quais as vantagens de utilizar o Pix na sua empresa?

O Pix é o sistema mais popular de pagamentos no Brasil, tendo movimentado cerca de 10 trilhões de reais em 2022. Esse dado demonstra a força da ferramenta, que tornou os processos financeiros mais dinâmicos e assertivos.

Sua empresa também pode se beneficiar muito ao oferecer o Pix como meio de pagamentos. Entenda mais:

Maior disponibilidade e agilidade

O Pix é um sistema que oferece maior agilidade para sua empresa. Ele permite que os clientes possam realizar pagamentos com maior praticidade, evitando longos processos de aprovação.

Além disso, o Pix também não precisa de aprovação por parte das instituições, como acontece com os cartões de crédito

Mais praticidade para sua rotina

O Pix é um sistema prático para se utilizar também pela forma como a ferramenta utiliza informações para receber os pagamentos. Isso significa que basta algumas informações pessoais, chamadas de “chaves Pix” para que uma transação possa ser feita.

Chave Aleatória

A chave aleatória é um conjunto de números e letras gerados de forma única e automática, para ser utilizado como base da transferência Pix. 

Os usuários podem usar esse código e passar para um terceiro, que ao colocarem dentro do aplicativo, conseguem transferir com praticidade.

Informações pessoais

Outra possibilidade para uso do Pix, envolve o cadastramento de informações pessoais – a partir de dados como e-mail, CPF ou número de celular. Nesse caso, basta cadastrar cada chave no campo determinado e compartilhar com o pagador.

Copie e cola

O copia e cola é um modo mais prático de pagar utilizando Pix. Ele é muito prático especialmente para substituir o uso dos QR Codes, que citamos acima. 

Com essa função, é possível compartilhar o código de pagamento com o cliente para que ele pague de forma mais prática.

Maior dinamismo nas vendas

O Pix pode ser oferecido como mais uma opção de método de pagamento dentro do seu site ou processo de vendas. 

Ou seja, ele acaba agregando valor no momento de conversão do cliente e pode abranger consumidores que não possuem cartão de crédito mas não desejam esperar a confirmação do pagamento via boleto bancário.

Pix parcelado

Falando em dinamismo de vendas, o Bacen também estuda a possibilidade de lançar o Pix parcelado (ou Pix garantido)uma modalidade que irá permitir o pagamento a prazo, mesmo sem cartão de crédito. 

Essa função ainda está em desenvolvimento, mas poderá facilitar ainda mais o processo de vendas e fidelização de consumidores.

Maior segurança nas operações

Apesar do Pix ser uma ferramenta de transferências segura e garantida pelo Banco Central, sempre existiu tentativas de violação e golpes para burlar as medidas de segurança

Por isso, as novas regras do Pix estão acontecendo para aumentar o nível de segurança dessa modalidade de operações. 

Essas resoluções são implementadas para garantir maior integridade dos dados pessoais envolvidos nas transações, assim como para evitar tentativas de golpes ou fraudes. 

Inclusão financeira de clientes

No Brasil, cerca de 38% da população adulta não possui acesso aos bancos. Para contornar isso, as empresas precisam tomar medidas que democratizam o processo de vendas e consigam alcançar um público cada vez mais.

O Pix ainda não chega nessa parcela da população desbancarizadas, mas consegue ser uma solução viável para consumidores que não têm acesso à crédito ou preferem realizar pagamentos à vista.

Melhor controle do fluxo de caixa

Sendo um formato de pagamento instantâneo, o Pix permite um controle maior do fluxo de caixa da sua empresa. 

Afinal, ao receber na hora, é possível destinar o dinheiro para o fim adequado e registrar tudo com mais praticidade – especialmente utilizando uma plataforma como do Asaas.

Vale lembrar que o boleto bancário leva alguns dias para compensar o pagamento, enquanto o cartão de crédito permite o parcelamento do valor total – então sua empresa recebe os valores fracionados.

Aumento da taxa de conversão

Ao utilizar o formato de pagamento mais popular do Brasil, você consegue atrair mais consumidores para seu funil de vendas. Assim, é possível aumentar sua taxa de conversão e número de vendas – otimizando o processo de vendas e seus lucros.

Vantagem competitiva para sua empresa

Apesar do Pix ser muito utilizado, sua empresa pode encontrar formas de tornar essa ferramenta uma vantagem competitiva. Por exemplo, ao oferecer um item com valor moderado, você pode disponibilizar um desconto para pagamentos através do Pix.

Assim, seu cliente se sente incentivado a pagar à vista, e você recebe rapidamente e com um processo de conversão agilizado.

Como utilizar o Pix através do Asaas?

O Asaas é uma conta digital com soluções completas para sua empresa, permitindo maior flexibilidade e opções para gerenciar sua empresa, oferecer pagamentos e escalar seu negócio.

Através da plataforma digital do Asaas, sua empresa pode cadastrar clientes, automatizar processos de cobrança e oferecer os meios de pagamentos mais assertivos para seus consumidores – como o cartão de crédito, boleto e Pix!

No Asaas, o Pix é uma das formas mais fáceis de receber seus pagamentos. Todos os meses são 30 transações grátis para usar em Pix e apenas R$ 0,99 por transação nos primeiros três meses. 

Você também pode criar cobranças ilimitadas, com taxação só após o cliente efetuar o pagamento. Além disso, o Pix do Asaas fica disponível 24 horas por dia, inclusive aos sábados, domingos e feriados – e você também conta com atendimento personalizado para clientes PJ.

Gerador de QR Code do aplicativo Asaas

Uma das maneiras mais eficientes de cobrar seus clientes através do Pix, é utilizando o gerador de QR Code Pix do Asaas, na função “Cobrar Agora”. Através do aplicativo, você pode gerar os códigos de forma rápida e eficiente.

Abra o app do Asaas e acesse o Menu lateral, Cobrar Agora, selecione a forma de pagamento e clique no botão Avançar. Preencha as informações solicitadas e vire o dispositivo para o pagador inserir os dados do cartão ou ler o QR Code do Pix.

Assim você pode indicar o QR Code para que o cliente escaneie através do seu aplicativo bancário e realize o pagamento instantâneo.

Além disso, a função de “cobrar agora” também permite que você realize cobranças pelo cartão de crédito, sem maquininha. O aplicativo do Asaas está disponível para download tanto para IOS quanto na versão Android.

Não deixe de conferir todas as vantagens que utilizar o Pix no Asaas agrega para sua empresa!

O banner tem a imagem do logo do pix e de moedas e nele está escrito: Adeus, prazo de compensação! Com o Pix você recebe seus pagamentos muito mais rápido. Clique e saiba mais.
O banner tem a imagem de uma mulher e nele está escrito: Receba num (Pix)car de olhos. Seu dinheiro na conta em apenas 10 segundos. Clique e saiba mais.

2 Comentários

  1. Valcir Ferreira Pereira

    Assim , dificulta o ladrão pois não tem como exigir dinheiro no ato .

    Responder
  2. Laércio Costa de Godoi

    Eu achei muito bom

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.