Como controlar o estoque de sua serralheria com eficiência?

serralheria

O período de alta na construção civil brasileira aqueceu todos os setores ligados à construção de residências e empreendimentos imobiliários em geral, incluindo as serralherias, e o crescimento significa aumento na demanda de serviços. Para atender a todos os clientes de forma satisfatória, é necessário estar de olho na gestão das diversas áreas do empreendimento, e o estoque é uma delas.

Por trabalharem sob demanda (ou seja, a produção começa a partir da encomenda do cliente), o controle de estoque em uma serralheria precisa ser bastante preciso. É necessário garantir um estoque mínimo para que pequenas encomendas possam ser atendidas com agilidade, ao mesmo tempo em que um grande estoque pode gerar um custo muito alto, o que inviabiliza o negócio. Então, o que você precisa observar para gerenciar com qualidade o estoque de sua serralheria? Anote as nossas dicas!

Equilíbrio é a palavra-chave

No ramo da construção civil, poucas coisas são tão valorizadas quanto o cumprimento do prazo pré-acordado. Uma nova etapa da construção do empreendimento só pode ser iniciada assim que a imediatamente anterior termina. Dessa forma, atrasos na entrega de componentes costumam atrasar a obra inteira.

O empreendedor que possui uma serralheria precisa, então, aprender a trabalhar com essa expectativa, sob pena de perder os clientes para o concorrente que entrega as peças em dia. O estoque é peça fundamental desse equilíbrio: é preciso calcular com cuidado a quantidade necessária de matéria-prima disponível na empresa, de forma a sempre atender aos pedidos no prazo combinado.

Variáveis que entram na conta do controle de estoque

Para saber o quanto de cada matéria-prima você precisa manter no estoque, você deve acompanhar de perto as seguintes variáveis:

Volume de vendas projetado para o próximo período

De acordo com a demanda que se espera ter de determinado produto comercializado pela empresa, projeta-se a quantidade de matéria-prima necessária para a fabricação do número projetado de peças.

Quantidade de material atualmente no estoque

A quantidade de matéria-prima que se encontra atualmente estocada precisa ser verificada com regularidade, para que a reposição possa ser feita em tempo hábil.

Prazo pedido pelos fornecedores para entrega do material

O prazo necessário para que o produto seja reposto no estoque é essencial para fechar essa conta.

Assim, se você projetou a venda de 30 unidades de determinado produto para o próximo mês, e o fornecedor precisa de 5 dias úteis para repor o estoque, você precisa fazer o pedido de material quando tiver, no mínimo, 7 unidades do produto em estoque (as 5 unidades necessárias mais uma margem de segurança, pensando nos fins de semana e eventuais atrasos). Dessa forma, você mantém o material sempre a mão sem fazer um estoque grande demais, que aumenta o custo operacional – e, por consequência, o preço final do seu produto.

Organização é essencial

Para o equilíbrio do estoque ser mantido, é fundamental a anotação de cada movimentação (chegadas, saídas, necessidade de reposição, entre outras). Esse controle pode ser feito em planilhas de Excel, mas pode ser uma boa jogada investir em um sistema integrado de gestão, que controla, entre outros setores, o estoque da empresa. A vantagem do sistema é justamente a integração — algumas versões existentes no mercado te enviam uma mensagem quando algum produto precisa ser reposto, por exemplo, e geram relatórios da movimentação do estoque que possibilitam decisões mais ágeis. Analise a possibilidade instalar um sistema desses em sua empresa!

O estoque é um departamento estratégico da empresa e necessita de uma gestão que valorize o equilíbrio, para não deixar faltar matéria-prima nem aumentar os custos de produção.

Pronto para dominar de vez o controle do seu estoque? Ainda resta alguma dúvida? Deixe o seu comentário!

banner-rodape-post-blog

 

Gerar boleto

Esteja sempre bem informado sem pagar nada!

Cadastre-se e receba um e-mail semanal com as últimas novidades do blog.