Microempreendedor: como calcular sua margem de lucro mensal?

Por Redação Asaas
Publicado em 23 de novembro, 2015 | Atualizado em 19 de janeiro, 2022

A margem de lucro é, basicamente, a relação entre qual é o lucro de um empreendedor em relação a quanto ele vendeu. Uma margem de lucro alta nem sempre significa um grande volume de vendas, assim como o oposto também acontece. Para microempreendedores individuais conhecer esse valor é ainda mais importante, porque é o que demonstra qual a rentabilidade do seu negócio. Assim, confira como é possível calcular sua margem de lucro mensal.

Margem de lucro bruta x margem de lucro líquida

Antes mesmo de começar a calcular a sua margem de lucro é preciso se atentar à existência de dois diferentes tipos: a margem de lucro líquida e a margem de lucro bruta.
A margem de lucro bruta corresponde a uma relação de lucro virtual, ou seja, um lucro que não é dirigido totalmente ao empreendedor já que contém outras despesas embutidas em seu valor. Enquanto isso, a margem de lucro líquida usa o chamado de lucro real, ou seja, o que efetivamente “sobra” ao serem descontados os valores com todas as despesas.

Como calcular sua margem de lucro mensal?

Para calcular a margem de lucro mensal é preciso começar calculando o lucro mensal, que pode ser bruto ou líquido. O cálculo do lucro bruto se dá pela fórmula:
Lucro Bruto = Receita de Vendas – Despesas de produção
Imagine, por exemplo, que um MEI ganhou R$ 3.000,00 em um mês e que a produção custou R$ 1.200,00. Assim, o lucro bruto é de R$ 1.800,00.
Já o lucro líquido é aquele calculado com o desconto de todas as despesas indiretas que podem influenciar nos custos de um produto. É o caso, por exemplo, do aluguel do imóvel. Embora esse gasto não esteja diretamente relacionado com a produção do item em si, ele possui influência sobre o seu preço final. Com isso, o cálculo de lucro líquido é dado por:
Lucro Líquido = Receita de Vendas – Despesas de produção – Despesas fixas – Despesas variáveis
O lucro líquido também pode ser dado pela equação:
Lucro Líquido = Lucro Bruto – Despesas fixas – Despesas variáveis
Assim, imagine o mesmo exemplo de MEI que ganhou R$ 3.000,00 em um mês e gastou R$ 1.200,00 com a produção. Além desses gastos, ele teve R$ 200,00 de despesas variáveis e um gasto de R$ 600,00 com despesas fixas. Dessa forma, o lucro líquido dele é de R$ 1.000,00.
A margem de lucro, por sua vez, é uma relação entre o lucro – líquido ou bruto – e a receita de vendas. Assim, a margem de lucro bruto é dada por:
Margem de Lucro Bruto = Lucro Bruto / Receita de vendas x 100%
No caso desse exemplo, a margem de lucro bruta seria de 60%. Já a margem do lucro líquido é dada por:
Margem de Lucro Líquido = Lucro Líquido / Receita de vendas x 100%
A margem de lucro líquido nesse caso, portanto, é de aproximadamente 33%.

Quais são os elementos que influenciam a margem de lucro mensal?

Apesar de a equação expressar parte dos elementos que influenciam o cálculo – receita de vendas, despesas de produção, despesas variáveis e despesas fixas – existe outro elemento que possui elevada influência e que não aparece em nenhuma equação: o mercado.
Graças a isso, a margem de lucro de um MEI poderá ser tão maior quanto mais aquecido estiver o mercado, quanto maior for a demanda ou quanto maiores forem os preços praticados pelo mercado como um todo. De modo semelhante, nem sempre é possível obter uma margem de lucro elevada ou desejada, já que significaria praticar preços não-condizentes com o mercado e que, portanto, não resultarão em vendas.
Essa análise é importante porque permite que o microempreendedor individual adapte suas estratégias e planos de negócio e se torne mais competitivo ou mais rentável. Com essa análise feita mensalmente, ele poderá avaliar a necessidade de diminuir sua margem de lucro ou a possibilidade de elevá-la – como em datas comemorativas, por exemplo.
A margem de lucro mensal é um importante indicativo de como o negócio está se saindo e se o microempreendedor individual realmente está tendo sucesso em sua empreitada. Para calculá-la é preciso conseguir obter o lucro mensal, que pode ser líquido ou bruto, fazendo uma relação com as receitas obtidas pelas vendas. Ainda tem dúvidas sobre como fazer esse cálculo? Não deixe de comentar!

Simplifique o recebimento de cobranças com o Asaas