Acelere: 10 dicas para crescer em alta velocidade

shutterstock_132571352Você quer crescer e tem pressa. Os modelos das tradicionais incubadoras de empresas não atendem aos seus anseios de uma escalada rápida. O que procura é um projeto que consiga lhe apontar os caminhos mais curtos para o sucesso do seu negócio SaaS, certo? Pois saiba que há ajuda profissional para isso! As aceleradoras são empresas especializadas no impulsionamento de startups. Muito comuns no exterior, elas estão começando a crescer também no Brasil e podem ser a grande oportunidade para empreendedores como você, que atuam nas áreas de tecnologia e inovação e precisam de um empurrãozinho para ganhar o mercado!

Se você quer ver sua startup SaaS em alta velocidade, comece uma pesquisa sobre as aceladoras brasileiras e verifique quais trabalham com projetos adequados para seu caso específico! Cheque os períodos de inscrições de cada uma e envie a sua! Saiba que as aceleradoras possuem rigoroso processo de seleção e que são muito concorridas, já que a demanda é cada vez mais crescente e que a oferta desse tipo de serviço ainda é escassa no país. Apesar de parecer difícil, conseguir o apoio de uma delas é possível! Separamos abaixo 10 dicas essenciais para que você consiga sucesso em sua missão!

1 – Elabore um projeto de qualidade

Ao inscrever sua startup no processo de seleção de uma aceleradora tenha um bom projeto para apresentar! Algumas delas não exigem isso, porém é importante ter em mente que uma proposta bem embasada sempre sairá na frente de uma ideia pura e simples. Então reúna o máximo de informações possíveis e encaminhe uma inscrição completa! Lembre-se ainda que imagens e gráficos bem elaborados podem ajudar a tornar o material mais atraente!

2 – Prepare-se para a entrevista

Se a sua startup SaaS estiver entre as primeiras colocadas, você será chamado para a segunda fase da seleção. Vai passar por uma entrevista e deve estar preparado para ela! Para garantir que terá sucesso, não se prenda à teoria! Leve todo material necessário e faça uma demonstração prática do funcionamento do seu projeto explicando claramente de que forma ele atenderá ao mercado. Além disso, tenha certeza de que saberá fornecer todas as informações técnicas que eventualmente possam te perguntar.

3 – Tenha tempo disponível

Você foi selecionado? Ótimo! Então prepare-se. Se é rapidez o que quer é isso que terá! Entenda que uma aceleradora vai trabalhar com sua startup SaaS por um período muito curto, que pode variar entre quatro e seis meses. Ela te proporcionará todo o suporte necessário para garantir inserção no mercado e expansão financeira dentro desse prazo. Porém, será necessário investir muito do seu tempo! Esteja certo de que vai poder se dedicar ao projeto de forma integral e que responderá rapidamente aos pedidos dos mentores!

4 – Saiba encarar as mudanças

Uma aceleradora vai te fornecer um diagnóstico completo sobre os pontos fortes e fracos da sua startup SaaS. A partir dessa análise ela começará a indicar uma série de mudanças necessárias para que o negócio consiga realmente decolar. Algumas dessas alterações devem ser drásticas, então esteja preparado! Você poderá, por exemplo, ter de mudar o nome da empresa, adaptar funcionalidades do serviço que criou ou ter de trabalhar com um novo público-alvo. Pode ser assustador no começo, mas tenha em mente que a nova fase será promissora e que valerá a pena!

5 – Aceite a ideia de um cofundador

Com tanto trabalho pela frente, certamente não será fácil levar o projeto adiante sozinho. Você vai precisar de uma pessoa de confiança e com enorme competência ao seu lado para o desenvolvimento do trabalho proposto pela aceleradora. Contratar um profissional com esse perfil pode ser extremamente caro, portanto a melhor solução é um cofundador. Ele será seu sócio e trabalhará muito com você para ver seus sonhos se concretizarem!

6 – Esteja disposto a dividir os lucros

A aceleradora vai elaborar para você um plano de negócios personalizado (englobando áreas como finanças, administração, gestão de mercado, qualidade, relacionamento com o consumidor, entre outros). Se necessário, ela vai até injetar recursos para garantir o aperfeiçoamento técnico da sua startup SaaS. Como resultado, em pouco tempo sua base de clientes crescerá e o faturamento chegará aos níveis desejados. Mas em troca você terá de fornecer parte dos lucros! O valor é fixado de acordo com cada caso, mas normalmente gira em torno de 5% a 15%. Então tenha conhecimento sobre isso!

7 – Acostume-se aos conceitos de marketing

Para que sua startup SaaS realmente ganhe o mercado, não bastará apenas a reestruturação do projeto e uma boa gestão administrativa. Será preciso muita divulgação! Para isso a aceleradora fará a elaboração de um plano de marketing que deverá ser seguido à risca. Entenda que o simples fato de sua ideia ter sido selecionada já chamará a atenção da mídia especializada. Mas você precisará trabalhar duro para que o restante da divulgação ocorra de forma adequada e efetivamente te ajude a conquistar os clientes!

8 – Encare o mercado de frente

Tenha em mente que você está ingressando em um mundo extremamente cruel. Com a ajuda da aceleradora, terá de buscar soluções inteligentes de competitividade a curto, médio e longo prazos. Será preciso definir preços justos e uma margem de lucro adequada para sua startup garantir logo de cara um bom número de clientes. Além disso, é essencial planejar o futuro com previsões de aperfeiçoamento dos serviços e criação de novas ferramentas. Tenha em mente que se você não disponibilizar aquela nova funcionalidade o quanto antes, sua concorrência o fará! Então encare o mercado com determinação e esteja sempre um passo à frente para oferecer o que ele precisa.

9 – Entenda como medir os resultados

Como você conseguirá acompanhar o ritmo do crescimento da sua startup SaaS a partir do trabalho da aceleradora se não souber medir os resultados? Essa é uma questão de extrema importância para qualquer empreendedor! Então faça boas pesquisas sobre as métricas mais adequadas para seu negócio e comece desde já a familiarizar-se com planilhas, gráficos e termos como “custo de aquisição do cliente” e “retorno de investimento”. Lembre-se ainda de que apenas medindo será possível traçar metas de crescimento para o futuro!

10 – Queira ser um empresário!

Você está ciente do que virá pela frente depois que sua startup SaaS efetivamente acelerar? Trabalho e mais trabalho! Entenda que todo sonho tem suas consequências. Você será um empresário e deve estar preparado para isso. Comece desde já a se acostumar com essa ideia. Novas responsabilidades vão surgir, mas junto com elas também sucesso e satisfação!

Gostou das dicas! Conte aqui como pretende aproveitá-las!

banner_rodape

Gerar boleto

Esteja sempre bem informado sem pagar nada!

Cadastre-se e receba um e-mail semanal com as últimas novidades do blog.