5 dúvidas sobre como tratar atraso de pagamento de clientes

5-duvidas-sobre-como-tratar-atraso-de-pagamento-de-clientes.jpeg

 

O trabalho está pronto, você já enviou a fatura, e mesmo depois de 30 dias, os valores do contrato ainda não foram pagos. Vamos encarar a verdade: não há trabalho mais duro ou cansativo do que tentar solucionar os problemas referentes ao atraso de pagamento. Mas e você? Sabe lidar com desenvoltura e profissionalismo diante dessas questões?

Pensando nisso, listamos, neste artigo, as 5 dúvidas mais comuns sobre o atraso de pagamento e como simplificar o processo de cobranças. Confira!

1. Como manter a relação com o consumidor?

A dúvida pode até parecer um pouco clichê, mas vale muito a pena cuidar da qualidade do relacionamento com seus clientes, mesmo no caso de surgir algum contratempo com os pagamentos do mês.

Quando você mantém um contato de parceria comercial, além destacar sua empresa no mercado, se torna bem mais fácil trabalhar com algum ajuste nas condições de pagamento ou entrar em contato para falar sobre os atrasos. Invista nessa dica e você colherá bons frutos.

2. Cobrar é o mesmo que ser “rude”?

É comum que você sinta algo estranho quando precisar falar com o consumidor sobre algum atraso de pagamento, entretanto, não entenda isso como um abuso ou falta de respeito com quem contrata seu serviço. No mundo dos negócios, tudo funciona de forma diferente, sendo que o princípio mais valorizado é a naturalidade e a transparência para lidar com qualquer situação.

Lembre-se dos seguintes pontos:

  • Você entregou um produto/serviço e tem o direito de receber por isso.
  • Fechar os olhos não é a melhor solução.
  • Preze pela compreensão e pelo profissionalismo das cobranças

3. Devo suspender os serviços?

O ponto é polêmico e não existe uma resposta universal para essa dúvida. Sendo assim, vamos entender melhor esse tópico. Mesmo inadimplente, a empresa deve seguir algumas regras estabelecidas pela legislação comercial quando for cobrar o cliente, caso contrário, estará sujeita a uma ação judicial de danos materiais ou morais.

Nesse contexto, é interessante conhecer as especificidades do serviço que você presta e sempre considerar a razoabilidade ao cogitar a suspensão do serviço oferecido. O consumidor pode até passar por fases complicadas, mas como destacamos anteriormente, a parceria deve ser a base de uma boa relação.

4. O cliente pode ter simplesmente esquecido?

As tarefas do dia a dia são extremamente dinâmicas e as faturas podem ficar de lado quando não sobra tempo para ir a um banco. O esquecimento pode estar relacionado aos métodos de pagamento que você oferece. A dica é oferecer opções variadas e que possam atender às necessidades de quem adquire seus produtos e serviços.

5. Como automatizar as cobranças?

É complicado administrar um atraso de pagamento, então, por que não usar a tecnologia como aliada? O mercado já conta com soluções que podem gerar boletos, enviar automaticamente as faturas via e-mail/SMS ou até mesmo alertar o cliente sobre vencimento, sucesso e falha de um pagamento. Além de facilitar o trabalho, você ainda pode economizar, já que não é preciso arcar com taxas de adesão ou mensalidades.

Gostou deste artigo? Então curta a nossa página do Facebook e fique por dentro de outros conteúdos como este!

O Autor
Vice-presidente no Asaas
Gerar boleto

Esteja sempre bem informado sem pagar nada!

Cadastre-se e receba um e-mail semanal com as últimas novidades do blog.