Qual a importância do software para recuperação de crédito e cobrança?

Sua empresa tem como ferramenta de trabalho um software para recuperação de crédito e cobrança? Caso ainda não tenha, talvez seja a hora de pensar seriamente na questão, já que a inadimplência é um problema recorrente em empresas brasileiras de todos os segmentos.

Foi-se o tempo em que a cobrança via central telefônica era o único meio de entrar em contato com devedores e de recuperar valores em aberto. Hoje, existem recursos eletrônicos de baixo custo, acessíveis até para microempresas, autônomos e empresas individuais. 

Veja, nos próximos tópicos, por que a tecnologia é, desde sempre, sua melhor aliada para minimizar os prejuízos causados pela inadimplência e como implementá-la em suas rotinas. Tenha uma ótima leitura!

O quadro da inadimplência no Brasil

Se existem duas coisas certas na vida de uma empresa é que o sol vai nascer no dia seguinte e que, cedo ou tarde, os clientes inadimplentes vão aparecer. Esse é um quadro que é ainda mais sério no Brasil, já que as taxas medidas pelos órgãos de proteção ao crédito são sempre altas. Nas últimas pesquisas divulgadas, por exemplo, a inadimplência do consumidor tinha aumentado em 1,6% em comparação com o período passado.

Dessa forma, a presença de devedores entre seus clientes é uma questão para a qual o seu negócio deve estar permanentemente preparado, já que precisará, cedo ou tarde, lidar com a situação.

Além de ser líquido e certo que eles aparecerão, é preciso considerar o impacto que esses débitos terão nas finanças da sua empresa. Nesse sentido, o melhor a se fazer é estruturar a gestão da cobrança, ou seja, torná-la o mais profissional possível.

A estruturação de um setor de cobranças

Esse é um cuidado especialmente recomendado para empresas de pequeno e médio porte. Nelas, a inadimplência pode ser muito perigosa, e uma boa gestão de cobranças é fundamental. O mesmo vale para a recuperação de crédito para clientes que já configuram a base cadastrada.

“Certo, mas se minha empresa é pequena, de onde vou tirar recursos para montar um setor de cobrança”? Bom, a essa pergunta não podemos responder diretamente, até porque só você conhece as suas finanças. Por outro lado, é possível apontar soluções de baixo custo que, se somadas, gerarão bons resultados no sentido de reduzir a inadimplência. Veja a seguir.

Crie rotinas

Ainda que sua PME não disponha de recursos, é sempre viável estabelecer uma rotina de cobrança, por mais simples que seja. Isso inclui, por exemplo, fazer contatos semanais com clientes devedores por telefone, e-mail ou SMS. O WhatsApp é válido, mas só se o cliente autorizar.

Antes de cada um desses contatos, você ou a pessoa responsável deverá listar os clientes com dívidas em aberto. Priorize aqueles que tenham débitos mais baixos e de solução — pelo menos, na teoria — mais simples. Avance gradativamente, deixando por último os inadimplentes que devem valores maiores ou com dívidas mais complexas.

Mapeie seus clientes

As rotinas descritas anteriormente até poderiam ser realizadas de forma manual. Contudo, dependendo do tamanho da sua base de clientes, um software para recuperação de crédito e cobrança pode ser indispensável.

Isso porque, com a tecnologia, você ganha capacidade de gerir contatos em grande número, podendo, assim, organizá-los hierarquicamente para agilizar suas ações de cobrança. Imagine, por exemplo, ter que organizar uma lista com milhares de clientes ordenados pelo tamanho de suas dívidas. É uma tarefa penosa e, sem o auxílio digital, humanamente impossível de ser cumprida em tempo hábil.

Tenha um protocolo de cobrança

Todo setor de recuperação de crédito que gera resultados trabalha com o chamado protocolo de cobrança. Trata-se de uma espécie de guia que orienta operadores em relação ao que fazer em cada contato e ao conduzir uma negociação.

É fundamental considerar que uma cobrança é invariavelmente um momento que gera tensão, e não raros são os casos em que devedores dificultam as tratativas. Para essas situações, sua empresa deverá estar preparada e saber como agir, até para evitar que elas sejam revertidas e acabem com um processo por constrangimento. 

Faça a provisão dos gastos

No nível financeiro e contábil, a inadimplência deve ser tratada como um custo. Isso significa que, mensalmente, sua empresa deverá fazer a provisão dos valores em aberto, tratando-os como se fossem despesas recorrentes.

Dessa forma, você evita que clientes devedores comprometam o seu capital de giro e, em consequência, a manutenção do seu negócio. Seria como você já reservar uma parte das suas receitas para “pagar” pela inadimplência. 

Faça uma gestão de cobrança estratégica

Até aqui, você deve estar com a impressão de que a gestão da cobrança não passa de um apagador de incêndios, dedicada apenas a minimizar prejuízos, não é? Bom, embora isso seja até verdadeiro, o fato é que gerir a inadimplência é uma fonte de receitas. 

Isso porque todo inadimplente é um consumidor que, por força das circunstâncias, encontra-se com acesso ao crédito e ao consumo restrito. Esse cenário não interessa para quem deve e muito menos para você, que deixa de ter um cliente comprando suas mercadorias ou usufruindo de seus serviços.

Portanto, fazê-lo “voltar à vida” deve ser seu objetivo, não só porque interessa receber pelo que ele comprou, mas também para que esse devedor volte a comprar normalmente. Sendo assim, a gestão da cobrança funciona como um canal de relacionamento e, como tal, deverá manter o cliente sempre disposto a comprar.

Lembre-se de que o objetivo final de toda empresa é solucionar os problemas das pessoas. Dessa forma, é fundamental ampliar a visão em relação à cobrança, tratando-a menos como um instrumento de contenção de gastos e mais como uma fonte de receitas novas.

A importância de contar com um software

A Asaas conhece bem a rotina de empresas de pequeno e médio porte e individuais. Com base nisso, desenvolvemos um sistema de cobrança via boleto simples, prático e na medida para quem está à frente de empresas com orçamentos mais enxutos.

O bom disso tudo é que nossa solução pode ser integrada ao seu sistema ERP, gerando, assim, impacto mínimo nas suas operações e a um custo muito mais acessível. É o software para recuperação de crédito e cobrança feito para você, que precisa de respostas rápidas e soluções inteligentes.

Faça contato conosco. Vamos conversar sem compromisso sobre a sua gestão de cobrança e como melhorar seus resultados.

O Autor
Vice-presidente no Asaas
Gerar boleto

Esteja sempre bem informado sem pagar nada!

Cadastre-se e receba um e-mail semanal com as últimas novidades do blog.