Saiba como melhorar sua estratégia de vendas

chess man over business chart

Foi-se o tempo em que a concorrência era tão pequena que você podia vender qualquer coisa a qualquer pessoa, não é verdade? Atualmente é preciso ir muito além de simplesmente tirar o pedido. É necessário estabelecer uma relação de confiança com o cliente, mantendo esse relacionamento vivo e bem cuidado para que a venda aconteça como o esperado.

É por essa razão que as estratégias de vendas devem ser constantemente revistas e reelaboradas de acordo com o perfil dos consumidores, visando agregar valor para a negociação e, assim, melhorar os resultados. Se você está em busca de renovar sua estratégia de vendas, veio ao lugar certo!

Confira agora mesmo nossas 5 valiosíssimas dicas sobre como melhorar sua postura durante uma negociação de vendas e alavanque seus negócios de uma vez por todas:

Dois ouvidos, uma boca: por que será?

Ouvir mais do que falar é uma atitude que pode melhorar — e muito! — sua estratégia de vendas. Normalmente, quando o cliente chega até você, já tem uma ideia previamente formulada do que quer. Nesse cenário, você só precisa compreender suas necessidades e trabalhá-las, juntamente com o cliente, a fim de oferecer a ele a melhor solução. Quando você deixa de ficar pensando na venda e passa a focar no consumidor e no problema que ele tem a resolver, fica mais fácil atingir suas expectativas e realizar uma venda mais satisfatória.

Benefícios ou características: o que tem mais poder?

Quando você está vendendo, é comum listar as características de um produto ou serviço — como cor, material de composição, duração do serviço ou o que está incluso no pacote. Mas e quanto aos benefícios que o cliente vai ter ao adquirir esse produto ou serviço? Comodidade, conforto, qualificação, saúde e assim por diante. Consegue ver como os benefícios têm um poder muito maior de encantamento? Então trate de não desperdiçar essa poderosa arma de persuasão!

Compreensão: será que você tem?

Compreender o que o cliente pede é diferente de realmente ouvir o que ele pede. Se o consumidor quer uma geladeira, existem dezenas, mas que tipo de geladeira será que ele quer? O que ele almeja com uma geladeira nova? Substituir uma velha, melhorar o design da sua cozinha, status? A compreensão da necessidade e do desejo do cliente é algo mais profundo e que exige um alto poder de concentração e sensibilidade por parte do vendedor. O que nos leva ao próximo tópico:

Empatia: você consegue se colocar no lugar do cliente?

Empatia é a capacidade que temos — ou não — de nos colocarmos no lugar do outro. Quando você consegue estabelecer empatia com o cliente, percebe com maior facilidade o que ele está buscando e compreende a situação em que se encontra, podendo, a partir daí, ofertar soluções personalizadas e únicas, o que vai deixá-lo muito mais satisfeito.

Argumentação: que tal chegar a um consenso?

Você só conseguirá argumentar com o cliente se passar pelas fases anteriores: ouvir, conhecer os benefícios do seu produto ou serviço, compreender o real problema e se colocar no lugar do outro. Quando você chega a esse nível de negociação, está no caminho certo para fechar a venda. Seja claro e objetivo na argumentação, visando sempre chegar a um consenso com o consumidor. Se o problema é preço, ofereça parcelamento, se é prazo, melhore as condições. Quanto mais argumentos a seu favor você tiver, mais certeiro será no fechamento da venda.

E então, achou fácil ou difícil? Comente aqui e nos conte se utiliza algum outro artifício na sua estratégia de vendas! Compartilhe suas impressões e experiências conosco!

 

Gerar boleto

Esteja sempre bem informado sem pagar nada!

Cadastre-se e receba um e-mail semanal com as últimas novidades do blog.