O gigante Chinês

NYT2009042714190281C

Muito se fala do atual momento delicado na economia mundial, sobre os problemas na Grécia, principalmente. Apesar do acordo na reunião dos lideres europeus no domingo, onde foi decidido que o país grego não deixaria o bloco econômico europeu e com FMI se comprometeu a liberar uma nova parcela de 80 bi de Euros para Atenas, isso junto com notícias de uma leve recuperação nos indicadores da China, o mercado foi tomado por uma onda de otimismo nesta segunda-feira, mas não o suficiente para manter uma tendência de alta.

A eminência de um problema na segunda maior economia do mundo, a China, que no ano passado foi responsável por 38% do crescimento mundial, preocupam grandes gestores pelo mundo, Ruchir Sharma, diretor de mercados emergentes no Morgan Stanley Investiment Management, acredita que a continua desaceleração do mercado chinês pode trazer no médio prazo a uma recessão mundial de até 2%. O mercado chinês que passou por um rali de alta no ultimo ano teve seu principal índice, o Shangai Composite Index sofrer uma queda 30% em quatro semanas anteriores a 8 de junho.

Para conter essa queda, o governo Chinês tomou uma medida sem precedentes, a agencia reguladora chinesa proibiu que grandes investidores com uma participação maior que 5% em algum dos papeis listados, desfaçam suas posições, o que segurou a sangria, porém até quando? É fato que, com relato de pessoas que já visitaram a China, existem cidades inteiras criadas do nada, cidades fantasmas construídas pelo governo, a forte atuação do governo pode regular e segurar grandes quedas, mas será que seria capaz de colocar o país em um novo ciclo de crescimento? o mundo precisa cada vez mais dos chineses, e caso tenhamos uma desaceleração de 2% no PIB chinês, que tem previsão de crescimento de 7% pelo governo e 6,8% pelo FMI, provavelmente cairemos em um recessão mundial, mesmo com o EUA voltando a crescer.

Gerar boleto

Esteja sempre bem informado sem pagar nada!

Cadastre-se e receba um e-mail semanal com as últimas novidades do blog.