Dicas para alavancar sua empresa de software como serviço

mkt2

Mobilidade, computação em nuvem e a nova realidade criada pelo mundo dos aplicativos são tendências que contribuem com as empresas que realizam e adotam o modelo de software como serviço.

Vantagens, como o menor custo e a facilidade de execução, fazem com que o modelo SaaS ganhe mais força no cenário atual ao ser comparado com softwares tradicionais.

Apesar do mercado ser promissor para a área, o aprimoramento de técnicas do negócio é essencial para alavancar as vendas, a imagem e o desempenho da sua empresa.

Confira dicas que fortalecem a base da companhia e prometem render um bom case de sucesso:

Invista em equipes qualificadas

O conhecimento de UXD (design de experiência do usuário) e a versatilidade do profissional para constantes mudanças são características importantes para a equipe de SaaS. Em cada projeto bem sucedido, o teste de usabilidade é o primeiro plano do processo do programa. Portanto, a equipe de desenvolvimento de sua empresa deve saber identificar muito bem as tendências, traços, características e possíveis desafetos na interação homem-computador. Segundo pesquisa da Forrester Research sobre experiência do usuário, a usabilidade é a razão fundamental para que as pessoas escolham um aplicativo em detrimento a outro.

Além disso, os desenvolvedores no geral ainda precisam adquirir novas habilidades e pesar fatos importantes. É aconselhável prestar atenção no tratamento das informações, na conexão entre diferentes fontes de dados com a aplicação SaaS e na segurança da rede.

O profissional também deve saber quais vantagens e desvantagens há em cada modelo de arquitetura a ser escolhido. Se o software vai rodar totalmente no fornecedor, os desenvolvedores têm que manter a aplicação sob controle, com acesso fácil para realizar diagnósticos. Neste caso, os consumidores vão esperar que as coisas sejam resolvidas de forma muito mais rápida e eficiente.

A equipe também deve estar preparada para implementar novas metodologias de gerenciamento dos projetos a todo momento, isso porque o desenvolvimento do software evolui rapidamente. O cliente, consumidor ou proprietário do produto vai mudar constantemente os requisitos, mesmo depois que todas as etapas de planejamento, diagramação e criação de protótipo já estiverem concluídas.

 

Diversifique os modelos de venda do produto

Escolher a estratégia certa para o marketing do SaaS é uma etapa definitiva. O equilíbrio entre preço e complexidade do software definem um espectro estratégico de vendas e abordagens para startups, que podem adotar três modelos distintos de vendas: self-service, transacional e de negócios (enterprise).

Conforme cresce a complexidade da aplicação, os custos são mais elevados. Porém, se a expectativa para aquele produto é melhorar o relacionamento de negócio com o cliente, gerando contratos assinados, acordos de níveis de serviço (SLAs), e relacionamentos mais interpessoais, vale a pena investir em um modelo de vendas transacional, por exemplo.

Outro ponto que deve ser observado é a maneira de divulgação do produto. O que você oferece para conquistar clientes? Seu SaaS é fácil de encontrar, entender, experimentar, comprar e usar? Cada obstáculo nessas etapas reduz a velocidade de vendas e aumenta os custos.

 

Mantenha o foco em todos os tipos de clientes e startups, e não só nos grandes

A taxa de crescimento da empresa é mais importante que o lucro, e o motor para que a companhia cresça é justamente o cultivo de uma boa base de usuários.

Portanto, em vez de colocar todos os esforços em aquisição de clientes premium, se concentre mais no crescimento do usuário de um software gratuito também, por exemplo. Outras pessoas notarão a marca da ferramenta conforme ela é utilizada – isso vai gerar mais visitas ao seu website e o crescimento das métricas.

Um grupo interessante que deve chamar a atenção da equipe de marketing do seu SaaS são outras startups que não têm medo de inovar e experimentam produtos recém chegados ao mercado. Os empreendedores de startups, no geral, costumam ter uma boa rede de contatos influentes e podem ajudar a divulgar a sua solução em software.

Como estes clientes, que também estão começando um negócio, geralmente não têm muito dinheiro para investir, a dica é deixar que o usuário experimente seu produto por um tempo gratuitamente.

Algumas empresas fornecem o software livremente também para organizações sem fins lucrativos, que podem ser grandes “embaixadoras” do seu negócio. Elas divulgam a imagem de sua companhia e a relaciona com bons valores corporativos.

 

Com estas dicas sua empresa Saas vai conquistar o mercado!

Dúvidas sobre o tema ou experiências com SaaS? Conte para gente nos comentários!

 banner_rodape

O Autor
Vice-presidente no Asaas
Gerar boleto

Esteja sempre bem informado sem pagar nada!

Cadastre-se e receba um e-mail semanal com as últimas novidades do blog.