Como encontrar funcionários talentosos para sua startup

startupNormalmente, as startups começam com equipes pequenas, compostas apenas por seus fundadores. Estes profissionais, por sua vez, acumulam múltiplas funções no início da implantação do negócio. Quando as empresas recebem os primeiros investimentos e buscam ampliar o seu alcance surge a real necessidade de reforçar o time de colaboradores.

Mas como encontrar pessoas talentosas e dispostas a vestir a camisa da sua startup? Confira algumas dicas na hora de recrutar novos funcionários e tenha um time campeão!

Defina o tipo de profissional que sua startup precisa

Primeiro, é preciso determinar o perfil de funcionário que a startup está procurando e estabelecer as principais características do futuro colaborador. Independentemente do cargo disponibilizado é importante ter em mente que um funcionário de startup deve possuir espírito inovador e capacidade de trabalho em equipe. Esses pré-requisitos, aliados a conhecimentos específicos, são diferenciais a serem levados em conta na hora da contratação.

Em meio a um processo de seleção, a empresa contratante irá se deparar com candidatos incríveis, mas que mesmo assim não possuem o perfil necessário para preencher a vaga. Em outro momento, esses profissionais podem ser perfeitamente aproveitados, então é necessário reconhecer o potencial dos candidatos e apostar na criação de um banco de talentos para contratações futuras.

Anuncie as vagas nos canais certos

A qualidade do anúncio de uma vaga é mais importante do que a quantidade de canais em que ele deve estar. É preciso ter foco para escolher veículos atrativos, que sejam relacionados com a área de atuação da startup e que ofereçam bons conteúdos para a comunidade.

Na internet, há diversas plataformas destinadas ao recrutamento e seleção de candidatos. Ao escolher qualquer uma delas, procure ser claro e objetivo, especifique os detalhes da vaga e delimite um  prazo para a candidatura. Além disso, não se esqueça de usar uma linguagem compatível com a filosofia da empresa.

Observe informações além do currículo

O currículo é importante, mas não suficiente na hora de escolher um candidato. É possível que após a divulgação das vagas, a startup receba currículos muito atrativos, quase tentadores. No documento podem constar vários cursos de capacitação, especializações fora do país, fluência em outros idiomas e incontáveis habilidades pessoais. Ainda assim, se a sturtup levar em conta apenas o que aparece no currículo, ela poderá incorrer em erro.

O currículo cumpre o papel  de apresentar o candidato à empresa e quando a primeira impressão é positiva, a avaliação passa para outra etapa. Como os currículos extensos não são sinônimo de competência, a startup deve ir além dessas informações prévias, para então encontrar indicadores de que o profissional possui exatamente o perfil que a empresa busca.

Não tenha pressa

Não tenha pressa na hora de contratar! Entenda que um processo seletivo é composto por fases e caso alguma delas seja negligenciada, isso pode refletir negativamente na qualidade da contratação. Leve o tempo necessário, faça as perguntas que julgar importantes, realize testes práticos e dê valor a cada minuto das etapas online e presenciais da seleção. Mesmo que demore um pouco, esteja certo que vai valer a pena!

Finalmente, é importante ressaltar que não existe fórmula pronta e perfeita para encontrar funcionários talentosos para as startups. Cada negócio tem as suas particularidades e o recrutamento deve estar sempre alinhado com as reais necessidades da empresa.

banner_rodape

Gerar boleto

Esteja sempre bem informado sem pagar nada!

Cadastre-se e receba um e-mail semanal com as últimas novidades do blog.