Como a inflação pode influenciar seu pequeno negócio?

inflação

De modo geral, sabe-se que a economia e demais fatores externos vão, direta ou indiretamente, influenciar no andamento dos negócios. Mesmo que se tenha um grupo promissor de talentos, que os estoques estejam devidamente abastecidos e que o caixa da empresa esteja no azul, as ocorrências da macroeconomia poderão complicar ou favorecer determinados tipos de negócio, criando ou afastando oportunidades de mercado. E um dos fatores econômicos que mais proporciona impacto negativo no comércio é a inflação, que assinala o aumento do nível de preços de bens e serviços em um período determinado. Quer saber sobre como isso pode atrapalhar seus negócios? Então confira agora mesmo nosso post.

Encolhe do poder de compra dos consumidores

Como o aumento dos preços acaba afetando a maioria dos bens e serviços — visto que os preços praticados no mercado se influenciam mutuamente — há um substancial inchaço nos itens normalmente consumidos pelas pessoas. E o problema se agrava porque a rentabilidade salarial dos trabalhadores, na maior parte das vezes, não chega nem perto de acompanhar as transformações inflacionárias. Assim, precisa-se de uma maior quantidade de dinheiro para se adquirir exatamente o mesmo produto de antes, ou seja, perdeu-se, com o avanço da inflação, poder de compra.

Prejudica também o poder de compra dos empreendedores

Da mesma maneira que as compras passam a ser mais custosas para os consumidores, os empreendedores também precisam tomar algumas precauções para se prepararem para os revezes de mercado, pois eles também passam a ter seu poder de aquisição diminuído. E isso ocorre porque os equipamentos, as matérias-primas, os artigos e serviços relevantes para o desenvolvimento do seu negócio também começam a ficar igualmente onerosos. Se a inflação está alta, as pessoas tendem a comprar menos, mas o empreendedor continua precisando de capital de giro para repor mercadorias no estoque e adquirir novos equipamentos para sua atividade. E tudo isso fica mais complicado com altos índices inflacionários. Quanto maior for o negócio, maior a força e o poder de negociação com instituições financeiras para a aquisição de empréstimos e outros expedientes, já se o negócio for pequeno, o planejamento terá que ser muito cuidadoso para não sofrer tanto com os eventuais prejuízos.

Desmotiva sua equipe de funcionários

As variáveis externas, assim como podem impactar negativamente seus negócios, podem influenciar, também, o ambiente interno da empresa. Fora da organização, seus funcionários são consumidores comuns, que provavelmente também estão sofrendo com os problemas inflacionários, tendo diversas dificuldades financeiras. Assim, ao chegarem ao ambiente de trabalho, a fim de exercerem seus afazeres rotineiros, podem perceber os impactos que seu empreendimento tem sofrido, diminuindo cada vez mais as operações e encolhendo sua capacidade de funcionamento. Essa fase enfrentada por seus negócios pode diminuir a confiança da equipe, bem como sua motivação para o trabalho e seu comprometimento com a organização, tornando a situação ainda pior e de mais difícil superação.

Qualquer empreendedor deve se manter atualizado e muito atento às mudanças da economia, porque, às vezes, pequenas transformações de mercado podem gerar grandes alterações para seu negócio. E você, pequeno empreendedor, deve tomar ainda mais cuidado para não deixar essa situação derrubá-lo. Preveja possíveis danos e planeje alternativas para superá-los a tempo!

Você já teve que enfrentar esse tipo de problema externo? Que consequências essa situação trouxe para seu negócio? Como você conseguiu reagir e dar a volta por cima? Comente aqui e divida conosco sua experiência!

banner-rodape-post-blog

Gerar boleto

Esteja sempre bem informado sem pagar nada!

Cadastre-se e receba um e-mail semanal com as últimas novidades do blog.