Como os autônomos e microempreendedores devem lidar com o atraso de pagamentos

shutterstock_38021998Para os pequenos empreendedores ou profissionais autônomos cada cliente tem um valor muito importante. Quando um deles resolve atrasar o pagamento do serviço que contratou ou do produto que adquiriu, o impacto no orçamento da empresa pode ser grande. Gerenciar esse tipo de situação é uma tarefa bastante delicada. Dependendo do modo como a cobrança do atraso for feita, ela pode até acarretar em uma perda do cliente. E só quem suou a camisa para conquistá-lo sabe o que uma perda dessa significa exatamente.

Para não cometer esse tipo de erro, separamos algumas práticas de cobrança que costumam dar bons resultados aos profissionais autônomos e microempreendedores.

Prefira métodos de pagamentos automáticos

Quando um investidor da bolsa de valores procura uma ação para investir, ele analisa todas as maneiras possíveis de reduzir o risco dessa operação. Caso exista algum risco maior, ele poderá assumi-lo conscientemente e isso não se tornará uma surpresa desagradável no futuro. Já que o investidor está preparado para isso.

Tente fazer o mesmo ao fechar negócios com os seus clientes. Uma das maneiras de evitar o risco dos pagamentos de atraso é utilizar métodos automáticos. Pagamentos eletrônicos ou cartão de crédito costumam ser uma boa saída. Desse modo, você evita o risco do cliente atrasar o pagamento pelo esquecimento.

Utilize notificações automáticas

Às vezes pode ser bastante embaraçoso esquecer de pagar uma conta. O cliente tem o dinheiro, sabia que deveria fazer o pagamento, mas por algum motivo acabou esquecendo. Nesses casos, receber uma cobrança direta do seu credor se torna algo constrangedor para muitas pessoas.

Para não arranhar o relacionamento da sua empresa com o cliente, tente utilizar algum método de notificação automática como o envio de e-mail ou SMS, por exemplo. Essas notificações automáticas são percebidas pelo cliente como uma mensagem do sistema. Isso torna a situação menos embaraçosa para ele, pois a impressão que fica é a de que o próprio sistema identificou o atraso e notificou o cliente automaticamente. O credor pode nem estar sabendo ainda.

Caso o seu cliente tenha o dinheiro, ele irá providenciar o pagamento assim que receber a mensagem. Se o cliente não fizer o pagamento pois não tem o dinheiro, isso deveria ser um risco reconhecido por você anteriormente. Afinal de contas, o atraso dos inadimplentes não pode comprometer o orçamento da sua empresa.

Não torne a cobrança do atraso algo pessoal

Nos dias de hoje, os métodos tradicionais de cobrança podem ser a opção certa para acabar de uma vez por todas, com o relacionamento da sua empresa com o cliente. Tornar a cobrança do atraso algo pessoal, sem dúvidas, é uma péssima opção.

Fazer ligações para o cliente ou mandar cartas de cobrança, que podem ser vistas por outras pessoas, são práticas que devem ser abandonadas pelos microempreendedores. Elas podem até funcionar para grandes empresas que possuem milhares de clientes. Já para o pequeno empreendedor o importante é cultivar o relacionamento.

O cliente não tem o dinheiro? Proponha você uma solução

O cliente atrasou, o sistema enviou o e-mail de notificação, o SMS, mas nada do pagamento acontecer. Nesse caso, a chance do atraso ter acontecido por motivos financeiros pode ser grande. Para não levar um calote, ofereça uma alternativa para o cliente realizar o pagamento. Parcele a dívida dele, ofereça um desconto nos juros ou liquide a multa por atraso. O importante aqui é que a solução para a situação parta de você.

Esperamos que, com essas dicas, você possa manter a sua base de clientes sem perder dinheiro.

banner_rodape

Gerar boleto

Esteja sempre bem informado sem pagar nada!

Cadastre-se e receba um e-mail semanal com as últimas novidades do blog.