Como minha empresa pode aderir ao DDA?

DDAO DDA, débito direto autorizado, foi criado pela Febraban (Federação Brasileira de Bancos) justamente para suprir as duas demandas e substituir gradativamente os boletos de papel. Ele traz benefícios tanto para quem está pagando quanto para quem está cobrando. Através do sistema, os clientes podem acessar de forma eletrônica suas contas por meio do seu próprio banco e efetuar os pagamentos com mais facilidade.

Para o cobrador, a adesão ao DDA acaba com a necessidade de enviar boletos bancários para os clientes e ainda garante o recebimento das faturas. As contas em papel ficaram no passado!

Como aderir

O sistema precisa da adesão dos clientes e das empresas para funcionar. As contas que podem ser cadastradas pelo DDA são as da modalidade dos boletos de cobrança, como mensalidades de academia, escola, plano de saúde, taxas de condomínio, assinaturas de serviços e outros. O que você precisa fazer para aderir ao sistema é registrar suas cobranças nos bancos em que opera para emitir DDAs aos clientes e aderir como sacado eletrônico para também poder pagar suas contas da mesma maneira.

Cada banco tem um sistema de registro para empresas, mas o processo é muito simples em todos. Você pode aderir pela internet e o que o banco faz a partir daí é rastrear nos dados do DDA se o sacado (cliente) é um sacado eletrônico. Caso seja, ele envia a cobrança eletrônica. Para receber seus boletos eletrônicos, basta se registrar neste mesmo cadastro.

O sistema de dados do DDA é único e um cobrador de um banco pode enviar faturas para sacados que possuem conta em outra instituição financeira sem o menor problema.

Como funciona na prática?

O DDA foi concebido para simplificar e, por isso, funciona de uma maneira básica e sem rodeios. O cedente ou cobrador solicita que seu banco emita a cobrança e depois de verificar se o cliente é um sacado eletrônico, ele envia a fatura para o DDA. O banco do pagador, por sua vez, busca no DDA todas as suas cobranças e disponibiliza a lista para o cliente tanto no caixa eletrônico, quanto por telefone ou internet. O cliente tem acesso a todas as cobranças eletrônicas de uma vez e pode quitar os débitos.

O Débito Direto Automático é diferente do débito automático. O DDA não agenda pagamentos para as datas de vencimento e não garante a quitação pela simples adesão. Ele apenas elenca as cobranças de maneira mais simples para o cliente, sem os ônus do boleto de papel.

Vantagens

Com o DDA, alguns dos problemas comuns que os boletos de papel acarretavam são resolvidos. O sistema elimina a possibilidade de perda ou extravio dos documentos e previne fraudes. Ainda evita o manuseio do boleto por terceiros, além dos bancos.

Para o cliente, o controle das contas também fica mais fácil de ser mantido, uma vez que todas as cobranças ficam disponíveis em um só extrato, sejam elas emitidas por qualquer banco. O prazo para a emissão do DDA é bem mais rápido, de apenas um dia útil.

A substituição dos boletos de papel por sua forma eletrônica é também uma responsabilidade social. Além de toda a comodidade e rapidez do processo, ele poupa a natureza da extração de celulose para o papel. Além de seu empreendimento estar sintonizado com os meios mais ágeis de cobrança e pagamento, a adesão ao DDA é sinal de consciência socioambiental!

Você já está usando essa forma de cobrança? Ficou com dúvidas sobre o tem? Deixe seu comentário!banner_rodape

Gerar boleto

Esteja sempre bem informado sem pagar nada!

Cadastre-se e receba um e-mail semanal com as últimas novidades do blog.