6 dicas para microempresários que trabalham por conta própria

6 dicas para microempresários que trabalham por conta própria

Se a insatisfação com seu emprego ou o sonho de abrir um negócio o levaram a investir em um empreendimento pessoal, você provavelmente já sabe que o desafio é grande, certo? Para alcançar o sucesso nessa empreitada é preciso ter espírito empreendedor, além de se manter muito motivado e altamente disciplinado, para que suas atividades gerem frutos. Que tal pegar um atalho, já ficando por dentro de dicas valiosas que certamente o ajudarão nessa caminhada do trabalho por conta própria? Então confira:

Faça um controle rígido das receitas e despesas

Ter disciplina financeira e fiscal é simplesmente essencial para o bom andamento do seu empreendimento, independentemente de seu porte ou de sua área de atuação. Por isso, o melhor a fazer é, desde o início dos trabalhos, registrar as entradas e as saídas dos recursos de forma minuciosa, dividindo seus lançamentos em categorias. É esse cuidado que vai permitir que se visualize para onde estão indo seus gastos e de onde vêm suas receitas, facilitando a identificação de possíveis pontos de reduções de gastos, assim como de investimentos em o que quer que seja que vem trazendo mais lucros para o negócio.

Separe parte dos ganhos para FGTS e 13º salário

Como você está trabalhando por conta própria, o controle financeiro ficará completamente por sua conta e risco. Assim, ainda que você tenha autonomia para mexer como bem quiser nas finanças do negócio, não terá alguns benefícios de quem está empregado com carteira assinada — caso do FGTS e do 13º salário, por exemplo. Mas essa é uma situação de relativamente fácil compensação. Para tanto, separe a cada mês uma quantia determinada — em torno de 10% de tudo o que recebe — para fazer um fundo de reserva que sirva como contrapeso pela falta desses benefícios. Dessa forma, ao fim de cada ano você poderá até fazer uma pequena retirada, a fim de celebrar os bons resultados com uma viagem ou um bem de consumo um pouco mais caro. Mas lembre-se de sempre procurar deixar a maior parte como reserva financeira para o futuro, ok?

Dê uma atenção especial a seu marketing pessoal

Como é você o comandante do negócio, é também você quem deve decidir sobre a imagem que espera transmitir ao mercado. Mas entenda: investir no marketing pessoal não tem a ver somente com as roupas que veste e com o bom atendimento aos clientes, viu? Na verdade, está mais relacionado à reputação que sua empresa alcança no mercado do que com qualquer outra coisa. Vale dar uma atenção especial a essa questão!

Tenha uma rotina de trabalho muito bem organizada

É preciso afastar os dispersadores de atenção e as perdas de tempo injustificadas, a fim de se tornar o mais produtivo possível em seu empreendimento pessoal. Afinal, nunca se esqueça que tanto o controle quanto as decisões estão em suas mãos. Por isso, organize seu tempo e se mantenha fiel a essa agenda, cumprindo direitinho o que planejou fazer ao longo do dia, sem pular etapas ou atropelar processos. Tente resolver as tarefas mais difíceis e urgentes primeiro, deixando as mais leves para o final do dia.

Evite comprar para pagar em muitas parcelas

Como acontece no orçamento doméstico, comprar insumos de escritório, matérias-primas e basicamente quaisquer outros materiais em intermináveis parcelas pode fazê-lo perder a mão das obrigações que tem pela frente. Para evitar essa falha, sempre faça muitas pesquisas a fim de conferir quais são as compras mais vantajosas entre os fornecedores, com o objetivo de pagar à vista ou a prazos mais curtos. Afinal de contas, o melhor é não fazer planos contando com os rendimentos incertos do dia de amanhã, não concorda?

Converse com quem já trabalha por conta própria

Vale muito a pena procurar por opiniões e dicas das pessoas que têm empreendimentos e que já trabalham por conta própria há mais tempo. Assim você terá uma melhor noção sobre como funciona e o que esperar do mercado, como lidar com os clientes de maneira mais direta e como estabelecer um bom ritmo de trabalho, por exemplo. A partir das experiências alheias você poderá aprimorar seu negócio e sua atuação sem ter que necessariamente passar pelos mesmos contratempos!

Guarde que, com dedicação e espírito empreendedor, é mais que possível conseguir vencer em qualquer iniciativa de trabalhar por conta própria. E você, já usa algumas dessas dicas? Sabe de outras que possam ajudar no dia a dia de uma microempresa? Conte um pouco das suas experiências para nós!

Gerar boleto

Esteja sempre bem informado sem pagar nada!

Cadastre-se e receba um e-mail semanal com as últimas novidades do blog.