O que é o IPCA e como ele afeta seu negócio

O que é o IPCA e como ele afeta seu negócio

Você com certeza já deve ter ouvido falar sobre o IPCA, por mais que tenha sido nos noticiários da TV ou em jornais, certo? Pois essa sigla normalmente vem inserida em reportagens sobre consumo ou em publicações cujo conteúdo trate de fatores comerciais ou econômicos diversos que têm reflexo na vida da população brasileira. Mas você saberia dizer exatamente o que ela realmente significa e como o IPCA afeta a economia do país? E como será que as alterações no IPCA poderiam comprometer o seu negócio? Pois você vai aprender isso tudo agora mesmo! Então confira nosso post e entenda, de uma vez por todas, o que é o IPCA e qual é seu vínculo com o mundo empresarial:

O que significa IPCA?

Antes de mais nada, saiba que sigla quer dizer Índice de Preços ao Consumidor Amplo. Esse apontador é medido desde o fim da década de 1970 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), sendo que, nessa época, era avaliado com a finalidade de identificar a variação de preços dos produtos que chegam aos consumidores finais por meio do comércio regular. Com o passar do tempo, a referência passou a ser apreciada como o indicador oficial de variação da inflação no país, especialmente a partir da determinação do Conselho Monetário Nacional.

Como esse índice é computado?

Os servidores do IBGE consideram 9 grupos de produtos e serviços para fazer os cálculos relativos ao IPCA: alimentação e bebidas, itens de residência, comunicação, despesas pessoais, habitação, educação, saúde e cuidados pessoais, transportes e, finalmente, vestuário. Os grupos principais são subdivididos, o que resulta em 465 apontadores no total. Com esse volume imenso de coleta de dados por fazer, a pesquisa leva em conta o início e o final de cada mês, acumulando preços e percentuais de variação do dia 1º ao dia 30 ou 31. Os valores são relativos ao que realmente é cobrado do consumidor final para os pagamentos feitos à vista. Os pesquisadores levantam os dados com estabelecimentos comerciais, prestadores de serviços, concessionárias de serviços públicos e locatários de imóveis alugados.

Para que o IPCA realmente serve?

Calcular a inflação real do país é útil pelos mais diversos motivos. Para começo de conversa, o governo acaba utilizando o IPCA como indicador mais confiável para descobrir se as metas de inflação estabelecidas no ano anterior estão sendo atingidas. E mesmo que a aferição não seja feita em todo o país, mas somente em 9 regiões metropolitanas, o IPCA reproduz o custo de vida e suas transformações para as famílias que possuem renda de até 40 salários-mínimos.

E o que isso significa para seu negócio?

Quando os números do IPCA sobem, isso significa que alguns dos itens pesquisados tiveram alta. Assim, se o IPCA, no mês posterior, for menor do que no mês anterior, você já sabe que houve um aumento de preços menos voraz, não tendo ocorrido deflação — redução de preços —, até porque isso só acontece se o IPCA for negativo. Para o ramo empresarial, esse indicador da inflação é muito importante, visto que pode indicar que o poder de compra dos consumidores vai encolher ou alertar também para contratempos relacionados ao poder de compra do empreendedor, já que algumas matérias-primas podem encarecer. Além das eventuais dificuldades do mercado, sua equipe de funcionários pode ficar menos motivada e apreensiva, pois nada mais são que consumidores finais comuns. Assim, o impacto de apertos financeiros pode afetar seu rendimento no trabalho.

Por isso, o empreendedor precisa sempre ficar atento aos indicadores externos, uma vez que suas alterações afetam, direta ou indiretamente, seu negócio. E você, tem o hábito de acompanhar os apontadores econômicos do país? Já sentiu na pele os impactos das variações do IPCA? Comente aqui e divida suas experiências e impressões conosco!

 

Gerar boleto

Esteja sempre bem informado sem pagar nada!

Cadastre-se e receba um e-mail semanal com as últimas novidades do blog.