• Home
  • |
  • Pix
  • |
  • Como funciona o Pix na Caixa

Como funciona o Pix na Caixa

Por Redação Asaas
Publicado em 29 de outubro, 2021 | Atualizado em 29 de outubro, 2021

O Pix já está funcionando desde 2020, trazendo facilidades que mudaram a forma do brasileiro fazer transferências e pagamentos. Agora, você pode finalmente fazer transações entre qualquer instituição financeira e de pagamentos, a qualquer hora do dia, inclusive finais de semana e feriados, e o melhor: o dinheiro cai na hora.

Tudo isso com custos reduzidos e segurança garantida pelo Banco Central.

Devido à sua inovação e demanda, a grande maioria de bancos e fintechs do país já aderiram ao sistema. E hoje falaremos mais sobre um deles: como funciona o Pix na Caixa.

Continue acompanhando para aprender a usar o Pix na Caixa, como cadastrar, fazer e receber pagamentos.

Pix na Caixa

Se você tem uma conta na Caixa, seja poupança ou conta-corrente, você tem direito a usar o Pix sem dificuldades. Tudo é feito pelo app da Caixa no celular, de forma rápida e prática.

Na Caixa você pode ter até 5 chaves Pix cadastradas (para pessoa física), e valor limitado em transferências por dia, conforme o canal de atendimento. Através do app Caixa, por exemplo, das 6h às 22h o limite é de R$ 5.000,00 em transações.

Após o cadastro da sua chave, você poderá efetuar pagamentos instantâneos para qualquer banco ou fintech a qualquer hora, todos os dias da semana, incluindo feriados e finais de semana.

Como cadastrar o Pix na Caixa

Todo o processo é feito diretamente do seu celular, sem necessidade de aprovação interna. Basta seguir os passos abaixo para cadastrar sua chave Pix na Caixa:

  1. Acesse o app Caixa em seu celular e efetue o login com seus dados bancários;
  2. Toque em “Pix” no menu inicial;
  3. Selecione a opção “Cadastrar Chave”;
  4. Agora, escolha um tipo de chave para incluir. As opções são: CPF, número de celular, e-mail ou chave aleatória. Selecione e clique em “continuar”;
  5. Digite seus dados e confirme;
  6. Se optar pelo e-mail ou número de celular, digite o código de confirmação enviado por SMS ou em seu endereço eletrônico;
  7. Confira os dados, marque a declaração de leitura e continue;
  8. Digite a senha da sua conta Caixa;
  9. Pronto!

Agora você já pode utilizar essa chave Pix para receber transações instantâneas em sua conta.

Caso queira mais informações sobre as chaves Pix e como elas funcionam, leia este conteúdo completo.

Como fazer um Pix na Caixa

Agora que você já tem uma chave Pix atrelada a sua conta, basta informar ela a quem irá efetuar a transação para receber um Pix.

E caso queira efetuar um pagamento, siga o passo a passo abaixo:

  1. Com o aplicativo Caixa aberto no celular e login efetuado, acesse o menu Pix;
  2. Selecione “Pagar/Transferir”;
  3. Toque no tipo de chave que foi informado pelo recebedor (CPF/CNPJ, Celular, E-mail ou chave aleatória);
  4. Digite a chave Pix no campo “Buscar…”;
  5. Insira o valor a ser transferido no campo apropriado;
  6. Confira os dados e clique em “Confirmar”;
  7. Digite sua assinatura eletrônica da conta e continue;
  8. Pronto!

Um comprovante será exibido e, caso necessário, você poderá enviar ao recebedor.

O pagamento será compensado em poucos segundos e o dinheiro já está disponível na conta do destinatário.

Pix na Caixa para empresas

Sua empresa também pode utilizar o Pix da Caixa em seus negócios para o pagamento de contas, salários dos funcionários, fornecedores ou impostos.

Com o Pix para empresas, você pode gerar cobranças Pix com QR code. Assim, seus clientes têm mais comodidade na hora do pagamento: basta apontar a câmera do celular para o código digital e efetuar a transação.

A Caixa é um dos únicos bancos tradicionais que ainda não cobram tarifas adicionais em transações Pix para pessoa jurídica. No entanto, não oferece nenhuma vantagem além das novidades tradicionais do sistema.

Saiba mais sobre o Pix para empresas neste conteúdo completo.

Qual a diferença do Pix em um banco e em uma fintech?

As fintechs têm dominado o mercado de instituições financeiras do Brasil nos últimos anos e o Pix ajudou a popularizar o formato, com um sistema totalmente digital, rápido e democrático. Mas você sabe qual a diferença entre um banco tradicional e uma fintech?

Os bancos tradicionais já são conhecidos pela sua estabilidade e estão presentes no país há décadas. Eles geralmente estão mais focados no gerenciamento de risco, mas isso não significa que as fintechs não sejam seguras.

As fintechs são empreendimentos financeiros em modelo de startup, e podem oferecer carteira digital, poupança, conta-corrente e até cartões de crédito. Seu foco está na agilidade, acessibilidade e simplicidade em sistemas modernos e mais humanizados.

Dessa forma, o Pix nesse modelo de empreendimento oferece as mesmas vantagens: satisfação no atendimento, rapidez na hora de resolver algum inconveniente e você terá tudo na palma da sua mão, afinal, é totalmente digital.

Se você possui uma empresa, o processo de gerar cobranças em QR code é mais fácil e natural em uma fintech, pois ela já está preparada para resolver tudo pelo aplicativo da instituição. Além disso, as tarifas são ainda mais baixas ou até gratuitas.

O Asaas, por exemplo, é uma fintech focada nas necessidades dos empreendedores. Aqui sua empresa terá uma conta digital com tudo o que você precisa para gerenciar seu negócio. 

Pix no Asaas

O Asaas é uma fintech de gestão de pagamentos e atua em uma nova categoria de negócios, chamada de assistente digital do empreendedor. Com o Asaas, você poderá gerar cobranças Pix em QR code para sua empresa em poucos cliques, pagando tarifas muito menores que as dos bancos tradicionais.

Mais comodidade para seus clientes

Com o Pix em QR code do Asaas, seus clientes terão maior facilidade ao efetuar um pagamento. A transferência poderá ser feita em poucos toques ao apontar a câmera do celular.

As menores tarifas

Pague apenas R$ 0,99 por pagamento recebido! O Pix no Asaas tem tarifas mais baixas que as de cartão de débito, por exemplo.

Sua cobrança do seu jeito

Aqui, você pode personalizar a cobrança Pix como se fosse um boleto bancário. Adicione data de vencimento, juros em caso de atraso e até descontos. Mas, ao contrário do boleto tradicional, no Pix você recebe o pagamento em poucos segundos diretamente na sua conta.

Recebimento instantâneo

Pagou, recebeu! Assim é o Pix no Asaas. Dê adeus aos três dias úteis do boleto bancário!
Compensação mais rápida que os cartões de débito e crédito.

E aí, você já aderiu ao Pix em sua empresa?

Para mais informações sobre o sistema de pagamentos instantâneo e sobre o mundo financeiro, continue acompanhando nosso blog!

Veja também:

Simplifique o recebimento de cobranças com o Asaas