Como escolher o banco responsável pelo boleto

boletoContar com um sistema de cobrança eficiente é fundamental para que sua empresa tenha mais tranquilidade e segurança na hora de receber os pagamentos dos clientes.

O boleto bancário é uma das soluções mais populares no Brasil e, para utilizá-lo, é necessário ter uma conta vinculada ao banco emissor para que os pagamentos sejam devidamente recebidos.

Quer saber como escolher a instituição para emitir seus boletos? Leia nosso guia a seguir:

Escolha o tipo de carteira

Antes de entrar em contato com os bancos, é importante saber como funcionam as modalidades de cobrança oferecidas: registradas e não registradas.

A registrada exige uma notificação ao banco sobre cada boleto gerado, por meio de um documento chamado Arquivo de Remessa. Nessa modalidade, o banco cobra uma taxa sobre cada boleto gerado, mesmo que ele não seja quitado por seu cliente. Esse tipo de boleto, ainda que tenha taxas um pouco mais caras, traz serviços agregados como protesto em caso de inadimplência, a possibilidade de antecipação do valor a receber e, ainda, o uso do crédito pendente como garantia de empréstimo.

Já as carteiras não registradas possuem taxas inferiores e não exigem um registro de cada boleto gerado por sua empresa. O pagamento ao banco só ocorre quando o boleto é pago pelo cliente. Apesar de mais econômica, essa opção deixa a responsabilidade pela cobrança em caso de inadimplência para a sua empresa e os boletos não podem ser antecipados e nem usados como garantias de empréstimos.

Verifique a comodidade oferecida

Muitas empresas emitem um elevado número de boletos e, por isso, precisam de sistemas eficientes para controlá-los. Caso essa seja a realidade do seu negócio, avalie se o banco oferece uma plataforma sem custos de utilização e que possa ser integrada ao seu sistema de faturamento e pagamento, reduzindo os esforços.

Outro fator a ser avaliado é a qualidade das funcionalidades da aplicação, como geração de arquivos em PDF e relatório, armazenamento de dados dos clientes, impressão, entre outras.

Defina as formas de boleto para o cliente

As modalidades de entrega do boleto ao cliente também podem influenciar sua decisão. Levando em conta o perfil de seus clientes e seus procedimentos de contas a pagar, é possível avaliar qual a opção que irá oferecer maior comodidade à tarefa.

Apesar dos boletos impressos ainda serem amplamente utilizados, o Débito Direto Autorizado (DDA), também chamado de boleto eletrônico, permite o recebimento do boleto e o pagamento de forma digital, seja pela internet, caixa eletrônico ou telefone.

O DDA difere do débito automático, pois exige uma autorização do sacado (seu cliente), assim como um cadastro prévio no sistema do banco. Além disso, essa opção não possui código de barras, impedindo sua impressão para pagamento em um banco.

Conheça as taxas praticadas pelo banco

Com essas informações em mãos, entre em contato com o gerente responsável pela conta de sua empresa no banco para expor as necessidades de seu negócio, como a quantidade de boletos e os produtos e serviços adicionais a serem contratados.

As taxas cobradas nas carteiras registradas e não registradas variam em função do número de boletos que sua empresa irá emitir. Negocie com o gerente do banco para reduzir os valores com base na quantidade e no relacionamento com a instituição.

Além disso, faça uma ampla pesquisa em outros bancos para verificar quais deles oferecem as melhores opções para a sua empresa.

Já sabe qual banco utilizar para gerar boletos? Conte como você fez essa escolha!

banner_rodape

Gerar boleto

Esteja sempre bem informado sem pagar nada!

Cadastre-se e receba um e-mail semanal com as últimas novidades do blog.