Como profissionais autônomos podem pegar empréstimo?

Como profissionais autônomos podem pegar empréstimo (1)

Por mais que não seja a situação ideal nem mesmo a mais recomendada, um empréstimo pode ajudar a resolver problemas diversos, desde a necessidade de dinheiro para resolver pendências pessoais, como a compra de um imóvel ou a quitação de alguma dívida, até a vontade de impulsionar seu negócio, investindo em seu crescimento. Mas você é um profissional autônomo e não sabe como pode pegar empréstimos? Então acompanhe nosso post de hoje e descubra:

Dificuldades

Hoje em dia é relativamente fácil conseguir um empréstimo pessoal, mas obviamente existem certas condições. Os empréstimos são feitos, preferencialmente, para aposentados e funcionários públicos, que possuem renda fixa de comprovação super simples. Para essas pessoas, o empréstimo consignado se apresenta como mais uma alternativa, por meio do qual a dedução das parcelas se dá diretamente na folha de pagamento. Exatamente pela maior complexidade na comprovação da renda e pela impossibilidade de contar com a opção do consignado é que os autônomos talvez encontrem mais dificuldades para conseguir um empréstimo.

Exigências

De maneira geral, as instituições que oferecem empréstimos sempre consultam os serviços de proteção ao crédito — SPC, Serasa, BACEN — para confirmar se há ou não qualquer tipo de inadimplência no mercado. Por isso, para começo de análise, as obrigações devem estar em dia. Normalmente também é preciso apresentar a declaração de renda feita por um contador, que pode ser DECORE ou Pró-Labore, especificando os ganhos mensais ou anuais do autônomo. Dependendo da renda, o valor do empréstimo poderá ser proporcionalmente maior ou menor. No caso desses profissionais, talvez seja necessário também mostrar a última declaração de renda ou o extrato bancário dos seis últimos meses.

Possibilidades

As empresas credenciadas trabalham, na maioria das vezes, com depósitos na conta do titular, fazendo o empréstimo, como garantia, com cheques pré-datados. Menos comum, mas ainda possível, é o empréstimo via boleto bancário ou carnê. Algumas instituições podem oferecer, à semelhança do empréstimo consignado, a dedução das parcelas diretamente na conta corrente ou até no cartão de crédito do devedor — o que só acontece em casos mais raros.

Bancos

Uma forma mais prática de obter empréstimos é no próprio banco em que o autônomo possui conta, conforme seu limite de crédito pré-aprovado ou do cheque especial. Mas por mais que a concessão seja mais fácil, o banco acaba por cobrar taxas mais elevadas. Então converse com seu gerente e tente obter descontos! Muitos bancos oferecem representação externa para empréstimos pessoais, mas geralmente são consignados. Assim, para obter um empréstimo para autônomo, vá diretamente ao banco em seu horário de funcionamento.

Simulações

Para o autônomo que está interessado em conseguir um empréstimo, é possível fazer uso da web para obter informações úteis ou até efetivar a transação em si. Muitos sites dispõem de simuladores que mostram as opções de pagamento e as taxas de juros conforme o valor solicitado e a instituição escolhida. Certo é que, quanto maior for o número de parcelas e quanto mais salgados forem os juros, mais elevado será o total pago ao final. E para já aproveitar o momento e entender mais sobre bancos e empresas, acesseeste artigo!

Então pesquise as melhores ofertas, a fim de comparar parcelas, taxas de juros e limites de crédito! E emende com a leitura dessas dicas para empresários que trabalham por conta própria! Pense bem antes de tomar uma decisão definitiva, não se esquecendo de comentar aqui para nos contar sobre suas experiências em relação a esse assunto!

Gerar boleto

Esteja sempre bem informado sem pagar nada!

Cadastre-se e receba um e-mail semanal com as últimas novidades do blog.