Guia completo sobre linhas de crédito empresarial para o seu negócio

por Antecipação de recebíveis

Publicado em 21 de novembro, 2014 | Atualizado em 30 de janeiro, 2024

Em qualquer empresa chega um momento em que os negócios não conseguem crescer sozinhos. A partir desse ponto, é necessário buscar inovar e procurar opções no mercado para solucionar problemas e evitar a estagnação.

É para isso mesmo que existem as linhas de crédito empresarial. Essa modalidade de investimento existe para que sua empresa tenha retorno financeiro, sem manter o dinheiro do lucro parado.

Dessa forma, nos momentos de crise, existe mais um lugar para buscar recursos para manter as atividades em dia. Por isso, nesse artigo vamos falar sobre as melhores linhas de crédito empresarial para o seu negócio. Continue lendo!

O que é linha de crédito empresarial?

Linha de crédito empresarial nada mais é que uma modalidade de empréstimo na qual uma empresa solicita recursos para um banco ou instituição financeira. Geralmente, essa solicitação visa fins de investimento ou cobertura das necessidades financeiras temporárias. 

Normalmente, é concedido para as empresas um limite de crédito para que ela possa sacar o dinheiro necessário, conforme suas necessidades, pagando juros apenas sobre o montante usado. 

Ou seja, isso torna a linha de crédito empresarial uma opção flexível e rápida para negócios que precisam otimizar sua gestão financeira ou que desejam investir em novos projetos. Porém, sem a necessidade de se comprometer com longos prazos de pagamento.

Qual a diferença entre crédito empresarial e empréstimo?

Embora sejam modalidades parecidas, o crédito empresarial e o empréstimo têm diferenças sutis. Ambas as práticas são termos usados para financiamento de empresas e que podem ser importantes para seu negócio.

Por exemplo, o crédito empresarial é uma linha na qual uma empresa pode usar como uma fonte de financiamento. Ou seja, o crédito pode ser usado como e quando precisar, pagando juros apenas sobre o valor utilizado. 

Por outro lado, um empréstimo empresarial  é uma quantidade específica de dinheiro que uma empresa recebe de um banco ou outra instituição financeira. Nesse caso, ela possui a obrigação de pagar de volta, somando juros e em um período de tempo definido.

Linhas de crédito para aprovação de empréstimo

Vale mencionar que muitas vezes essas modalidades podem se complementar, permitindo que sua empresa alcance os objetivos com maior eficiência. A partir das linhas de crédito, e uma gestão centralizada, seu negócio pode facilitar a aprovação de empréstimos.

Essa opção torna muitas possibilidades viáveis, quando feita da maneira correta. Afinal, é fundamental se capitalizar para obter empréstimos com juros mais baixos e adequados à sua realidade.

Como lidar com a burocracia dos empréstimos

Os empréstimos geram muita burocracia para a maior parte das empresas, por isso, são opções evitadas pela maior parte dos empreendedores. Além disso, eles também geram juros altos e a responsabilidade de uma dívida a longo prazo.

Para lidar com a burocracia dos empréstimos, é fundamental que sua empresa mantenha uma gestão firme e coerente. Além disso, a estabilidade do seu fluxo de caixa precisa ser uma prioridade – visando os prós e contras dessa ação a longo prazo.

Quais as principais linhas de crédito para empresas?

Existem muitas opções que podem ser viáveis para sua empresa, dependendo da situação financeira do seu negócio. Vale ressaltar a necessidade de realizar uma pesquisa de mercado abrangente, entendo as possíveis variáveis.

Dessa forma, você poderá observar qual solução de crédito pode ser mais interessante para sua empresa. Confira algumas das principais linhas de crédito empresarial disponíveis:

1. Empréstimo com garantia

O empréstimo com garantia acontece quando o interessado apresenta um bem para a instituição financeira, para assegurar o pagamento das parcelas. Entre as modalidades mais comuns, um veículo ou imóvel é usado como garantia.

Isso acontece para diminuir as chances de inadimplência, gerando mais segurança para a instituição que oferece o empréstimo. Isso também garante juros mais baixos que outras modalidades, gerando mais liquidez.

2. Financiamentos

Diferente de um empréstimo, um financiamento é uma forma de crédito cedido com finalidade específica com prazo definido em contrato. Ou seja, ele funciona muito bem para a compra de um imóvel, veículo ou equipamentos.

As condições costumam variar de acordo com o agente financeiro – mas é possível financiar entre 80% e 100% do bem em questão. Além disso, o parcelamento pode chegar em até 60 meses – por isso a necessidade de um longo do seu planejamento de orçamento.

3. Crédito para capital de giro

Esse tipo de linha de crédito visa atender diversas necessidades relacionadas ao fluxo de caixa das empresas – como pagamento de fornecedores, aluguel, salários etc.

A grande vantagem desse tipo de crédito, é não necessitar de uma justificativa específica como finalidade da solicitação. Ela também pode ser paga por bimestre ou semestre, ou mesmo ao final do contrato de forma integral.

Porém, esse tipo de crédito é indicado para empresas com necessidades de curto prazo, afinal o prazo médio costuma ser de 12 meses.

4. Peer to peer

Peer to peer (P2P) é uma linha de crédito conhecida por conectar empresas que precisam de crédito com investidores, através de plataformas digitais.

Assim, é possível que investidores de todos os tipos – sejam pessoas físicas ou jurídicas – possam emprestar dinheiro diretamente para sua empresa sem depender de um agente financeiro.

5. Cooperativas de crédito

As cooperativas de crédito oferecem produtos semelhantes a um agente financeiro comum, como cartões de crédito, opções de financiamento e empréstimos para capital de giro

Porém, elas possuem o propósito de promover o desenvolvimento regional e para o interesse da comunidade.

Elas possuem a isenção de alguns tributos, como o CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido), PIS (Programa de Integração Social) e Cofins – já que são uma instituição sem fins lucrativos.

Por isso, eles podem garantir o crédito a partir da compra de uma cota, fazendo parte da cooperativa.

6. Microcrédito

O microcrédito também é uma modalidade de empréstimo viável, voltado especialmente para microempreendedores. A modalidade é destinada para empresas formais, favorecendo a gestão financeira de MEIs e pessoas jurídicas.

Nesse cenário, é possível captar até 20 mil reais e essa opção tem vantagens como taxas de juros reduzidas, isenção de IOF e facilidade de aprovação. 

7. Crédito para empresas BNDES

O crédito do BNDES possui produtos exclusivos para crédito a micro e pequenas empresas. Elas são vinculadas a agentes financeiros credenciados e oferecem o máximo de 500 mil reais por cliente a cada 12 meses.

A taxa média de juros chega a 1,3% ao mês e inclui a remuneração do BNDES e do agente financeiro envolvido na operação. Além disso, também é possível receber um cartão de crédito exclusivo para compra de equipamentos diretamente de fornecedores credenciados.

8. Investidores-anjo

Para quem busca investimentos para começar um negócio, uma das opções mais recorrentes são os investidores-anjo. Eles são pessoas físicas que investem em empresas com alto potencial de crescimento.

Além disso, os investidores-anjo também podem contribuir compartilhando experiências e contatos estratégicos, ajudando na expansão do negócio.

9. Financiamento coletivo

Embora funcione melhor para negócios pequenos ou fins específicos, utilizar o financiamento coletivo pode ser uma ferramenta para impulsionar sua empresa. No Brasil, existem diversas plataformas que oferecem esse tipo de serviço.

Você pode cadastrar um projeto dentro do site e criar uma campanha para arrecadar fundos de acordo com seu objetivo.

10. Antecipação de recebíveis

Por fim, a antecipação de recebíveis pode ser a melhor maneira de conseguir crédito para seu negócio, mantendo as atividades da sua empresa em funcionamento ou para realizar investimentos.

Afinal, essa modalidade permite que você antecipe os valores de vendas feitas a prazo sem depender de recursos externos. Assim você evita contrair dívidas, melhorando sua estabilidade e organização financeira.

O que considerar para escolher as melhores soluções de crédito para empresas?

Antes de realizar uma solicitação de crédito, é importante considerar alguns fatores para que sua empresa não tenha um novo problema. Afinal, um empréstimo ou financiamento pode comprometer seus negócios a longo prazo.

Por isso, sua gestão precisa estabelecer metas e elaborar um plano de negócios, entendendo quais são as prioridades, vantagens e desvantagens de cada opção.

Faça um planejamento financeiro

O primeiro passo, contudo, é estabelecer suas metas. Porém, isso só pode ser feito a partir de um bom planejamento financeiro – que considere todo o valor que sua empresa precisa e qual o melhor custo-benefício para obtê-lo.

Assim, será possível identificar qual opção de crédito é mais adequada, além de criar processos financeiros eficientes para pagar o débito e manter as atividades em dia.

Pesquise e faça simulações

Cada instituição financeira possui alguma exigência para concessão de crédito. Por isso, você precisa realizar uma ampla pesquisa – considerando os fatores de restrição, taxas, encargos, prazos e limites que podem impactar no contrato.

Também é importante realizar simulações de crédito com intuito de identificar se aquela solução realmente funciona para sua necessidade. Assim, você terá maior poder de negociação com as instituições.

Fique atento ao CET

O Custo Efetivo Total (CET) é a principal referência para comparar as taxas administrativas e custos entre os bancos. Dessa forma você poderá compreender quanto terá que pagar em cada parcela, assim como os acréscimos.

Você também pode usar o cálculo para focar em reduzir o custo total das suas operações. Assim, o acréscimo do custo dos juros e parcelas não irá impactar nas suas operações recorrentes.

Avalie as taxas de juros inclusas

Falar em empréstimos e financiamentos sempre envolve conversar sobre juros e taxas. Afinal, toda modalidade de financiamento impõe algum tipo de acréscimo sobre as parcelas ou montante total daquilo que foi emprestado.

Por isso, além de considerar o valor que você necessita, também é necessário calcular como as taxas irão impactar nos seus pagamentos mensais, assim como na sua liquidez financeira.

Verifique prazos para pagamento

Prazos são fundamentais quanto o assunto é linhas de crédito para empresas. Perder um prazo significa aumento dos juros ou mesmo na inadimplência – o que pode complicar as obrigações fiscais do seu negócio.

Por isso, uma gestão centralizada precisa controlar os prazos e valores devidos para manter um controle eficiente da dívida.

Quais são as dificuldades empresariais para conseguir crédito?

Embora muitas empresas se preparem e precisem conseguir crédito, muitos negócios enfrentam dificuldades para aprovação. Isso pode ocorrer por diversos fatores, então sua gestão precisa considerar cada um deles.

Da mesma forma, conhecer o problema não é suficiente, sendo necessário considerar soluções viáveis para evitar que esses fatores não se tornem impedimentos no momento de conquistar o crédito e restabelecer sua saúde financeira.

Confira quais são as dificuldades empresariais para sua empresa conseguir crédito:

Baixa movimentação financeira

Empresas menores costumam apresentar um faturamento abaixo do padrão do mercado. Muitas vezes, isso também acontece com flutuações – já que as vendas ainda estão se estabilizando.

Algumas linhas de crédito, no entanto, exigem um faturamento mínimo superior ao que pequenas empresas ou negócios iniciantes produzem. Por isso, o crédito pode ser negado caso essa exigência não seja atendida.

Irregularidade nos documentos

A gestão fiscal da sua empresa precisa estar em dia no momento de solicitar uma linha de crédito financeira. Afinal, durante a formulação do contrato sempre são exigidos documentos fundamentais.

Alvará de funcionamento, CNPJ atualizado, balanço contábil e previsão de faturamento estão entre os documentos mais importantes que devem ser apresentados. Porém, vale ressaltar que cada instituição financeira pode solicitar diferentes documentos.

Falta de informação

Antes de aderir a uma linha de crédito, sua empresa também precisa estar ciente de todas as condições oferecidas pelo agente financeiro. A falta de informação pode ser um problema grave no futuro do negócio e impactar sua rentabilidade.

Por isso, pesquise bastante todas as condições oferecidas pelo negócio e como sua empresa pode se beneficiar daquela opção.

Altos juros

O risco de emprestar para pequenas empresas costuma ser maior para os agentes financeiros. Segundo a Associação Nacional dos Executivos de Finanças (Anefac), em 2013, as empresas pagaram juros médios de 43,7% ao ano.

Esse índice é bastante elevado e torna a contratação de empréstimos complexa e delicada. Por isso, embora possa parecer atraente, aceitar ofertas com juros altos pode levar seu negócio a prejuízos e gastos desnecessários.

Pouco planejamento

Por fim, é importante ressaltar a importância do planejamento dentro da etapa inicial para contratação das linhas de crédito. Afinal, receber recursos externos sem entender como sua empresa irá seguir, pode ser algo fatal para sua atividade financeira.

Nesse caso, o planejamento é a chave para controlar os juros e utilizar os recursos captados para otimizar seus processos e escalar seu negócio.

Como conseguir crédito para empresa?

A melhor maneira de conseguir crédito para sua empresa é entender quais são as necessidades reais do seu negócio. Após esse passo, sua empresa pode definir os próximos passos e estabelecer um planejamento estratégico para as operações.

Quanto melhor estabelecido for seu negócio e melhor o seu fluxo de caixa, mais fácil será adquirir uma linha de crédito externa. Afinal, é preciso passar segurança para que a instituição financeira acredite no seu negócio.

Tenha uma conta digital completa

Uma boa prática para otimizar suas chances de conseguir crédito, é optar por uma conta digital completa que permita organizar suas finanças de forma coerente e eficiente.

O Asaas, por exemplo, é uma conta digital completa em recursos e ferramentas – voltada a diminuir as burocracias da sua rotina financeira e oferecer soluções completas para o negócio.

Além de possibilitar mais dinamismo para seu dia-a-dia, o Asaas permite manter o controle de contas em dia, facilitando suas obrigações fiscais, reduzindo a inadimplência e aumentando a credibilidade da sua empresa.

Realize antecipação de recebíveis no Asaas

Além disso, o Asaas também oferece uma solução muito prática que permite ao seu negócio manter as finanças em ordem e realizar investimentos, sem necessitar de capital externo.

Com a antecipação de recebíveis, você consegue receber os valores devidos das suas vendas a prazo – sem precisar de linhas de crédito ou empréstimos – e mantendo as atividades da empresa em funcionamento. Confira o vídeo abaixo para entender como essa ferramenta funciona.

Não deixe de conferir todas as vantagens que o Asaas oferece para seu negócio através da antecipação de recebíveis!

O banner tem a imagem de moedas e um calendário e nele está escrito: Melhore seu fluxo de caixa. Ganhe mais liquidez ao antecipar recebíveis de boleto e cartão de crédito com as melhores taxas! Clique e saiba mais.
O banner tem a imagem de uma mulher e nele está escrito: Venda a prazo e receba à vista! Com a antecipação de recebíveis você ganha mais liquidez na venda parcelada. Clique e saiba mais.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.