4 maneiras de reduzir o retorno negativo do seu SaaS

 

Diariamente, empreendedores de software se deparam com inúmeros desafios e precisam estar antenados ao impacto das influências do mercado concorrente no crescimento do seu negócio. Várias perguntas são monitoradas por gestores das empresas SaaS, para continuarem no páreo com a concorrência e criarem resultados positivos, não apenas para os clientes, mas para a sua marca.

Entre as grandes preocupações de muitas empresas SaaS está a rotatividade dos clientes, ou seja, quando o índice de novos consumidores é menor do que aqueles que estão abandonando os serviços — popularmente conhecido como churn negativo. Via de regra, se essa taxa de rotatividade é elevada, o crescimento do negócio pode estar sendo comprometido.

Quantos clientes deixaram de usar seu negócio como base? O que isso representou no seu faturamento? Qual é o valor de tempo de vida do seu consumidor?

Quanto custa adquirir um novo cliente? Quanto custa mantê-lo? Confira 4 dicas de como um empreendedor pode reduzir o churn negativo do seu SaaS para alavancar seu negócio!

1- Satisfazendo as expectativas do cliente

Conhecer o que o cliente procura e espera encontrar pode ser uma excelente estratégia de retenção de consumidores. Se você não define as estratégias de vendas, você se coloca numa situação bastante arriscada, já que pode não cumprir as promessas que agrega ao serviço!

Quando a empresa consegue atender ao que foi proposto, está sendo construído um relacionamento de lealdade com o cliente e, consequentemente, sua fidelização. Isso gera uma maior satisfação e uma redução da rotatividade. Lembre-se que: manter um cliente antigo custa bem mais barato que captar novos consumidores.

2- Vendendo a marca

O melhor produto do mundo não significa necessariamente o melhor negócio. Ter um produto/serviço bom é meio caminho andado.

Seu negócio pode ter o melhor produto/serviço, o melhor suporte ao consumidor e o melhor preço, mas se não tiver mercado você estará perdendo dinheiro e clientes. Venda a sua marca e se diferencie dos seus concorrentes!

Tente fazer as seguintes perguntas: O que seu negócio está fazendo de diferente? O que seus consumidores perdem quando migram para um concorrente? Apesar de perguntas simples, você tem que parar e se perguntar.

Qual é sua vantagem competitiva?

A vantagem competitiva é o ponto de diferenciação — o cliente tem que se sentir atraído por algo que você faz de diferente do seu concorrente. A dica aqui não é apenas por meio de preços mais atrativos, mas também de preços mais elevados e que tragam alguns benefícios para justificar a incrementada no valor!

3- Fidelizando o cliente

Problemas sempre acontecerão: um sistema fora do ar ou uma forma de pagamento que não é aceita. Mas se o cliente é fiel a sua marca, ele não estará propenso a sair. Melhor; eles sempre estarão susceptíveis a lhe dar outra chance.

Por outro lado, se sua empresa não consegue criar um laço de lealdade com o cliente e mantê-lo fiel, não espere nada mais do que uma migração para a concorrência e não hesitarão na primeira oportunidade que algo der errado. Por isso, conquistar o cliente é um dos passos para reduzir a rotatividade e alavancar os negócios!

Tente ser lembrado. Invista em e-mail marketing, crie promoções, oferte benefícios, incremente os serviços já prestados. Num mercado competitivo, ações estratégias valem mais que ouro.

4- Adicionando valor ao produto/serviço

Para reduzir a taxa de rotatividade, é fundamental que você melhore o valor do que está oferecendo. Não estamos falando de apenas colocar novas funcionalidades ou serviços, mas tentando rever aquilo que já é proposto e melhorá-los.

Tente incrementar o que você já oferece. Seja com um novo produto ou serviço. É preciso que o cliente sinta que as ofertas estão sendo repaginadas e ajustadas as suas necessidades.

Deseja receber todos os nossos feeds diários? Siga-nos na sua rede social, esperamos por você!

O Autor
Vice-presidente no Asaas
Gerar boleto

Esteja sempre bem informado sem pagar nada!

Cadastre-se e receba um e-mail semanal com as últimas novidades do blog.