4 dicas para reduzir a inadimplência do seu negócio

4-dicas-para-reduzir-a-inadimplencia-do-seu-negocio.jpeg

 

A inadimplência é um fantasma que persegue constantemente os empresários. O atraso ou a falta de pagamento prejudica toda a cadeia financeira de uma instituição, porque dificulta o pagamento de contas, funcionários e fornecedores. Inclusive, casos recorrentes de inadimplência podem levar um negócio à falência!

Mas fazer com que os consumidores arquem com as suas obrigações em dia é um desafio constante para as corporações. Adotar algumas técnicas e práticas pode contribuir para a redução no número de clientes devedores e estimular o pagamento em dia das cobranças mensais.

Além disso, garante o melhor controle e gestão do negócio, pois assegura que os recursos entrem na empresa, evitando o desequilíbrio financeiro que pode colocar em xeque o seu negócio. Para isso, é necessário adotar uma política para lidar com os pagamentos atrasados ou que não foram feitos.

Mas como reduzir a inadimplência do seu negócio? Confira os próximos parágrafos e adote as melhores estratégias para a sua empresa!

1- Crie mecanismos para gerar informações

A melhor forma de reduzir a inadimplência é sabendo por qual motivo ela está acontecendo. Crie mecanismos para gerar informações sobre os pagamentos da sua empresa: os que foram efetuados, os que não o foram, quais os clientes têm a prática de atrasar os pagamentos, quem são os devedores e qual o índice de inadimplência. Sabendo esses dados, fica mais fácil lidar com a falta de pagamento e criar formas de negociação, afinal, cada caso é um caso.

2- Lembre o cliente sobre a data de pagamento

Alguns clientes atrasam pagamentos simplesmente porque não se lembram de quitar o boleto. Mas é muito fácil contornar essa situação!

Envie uma SMS ou um e-mail para lembrar os seus clientes de que a data para o pagamento está chegando, essa atitude o ajudará a se programar. Colocar termos como “lembrete”, “não se esqueça” ou “se programe” é uma forma de lembrar a necessidade do pagamento, sem parecer que é uma cobrança.

3- Ofereça alternativas de pagamento

Ninguém gosta de contrair dívidas, mas estamos todos sujeitos a essa situação, por diversos motivos. Por isso, na hora de negociar o pagamento atrasado com um cliente, é importante oferecer alternativas para estimulá-lo a por fim no seu débito. Parcelamento, desconto à vista, pagamento em cheque ou cartão são algumas possibilidades que tornam a negociação mais fácil.

4- Crie estratégia para suspender o serviço

Se a inadimplência persistir, será necessário suspender ou cancelar o serviço prestado, afinal, continuar atendendo um cliente que não cumpre com a suas obrigações gera prejuízos para a empresa. Então crie uma estratégia para quando esses casos acontecerem.

Por exemplo, pode-se interromper o serviço por um prazo de tempo ou até que a dívida seja quitada. Além de reduzir o prejuízo, essa estratégia ainda estimula que o consumidor quite a sua dívida.

Já lidou com algum caso de falta de pagamento? Como você fez para reduzir a inadimplência do seu negócio? Restou alguma dúvida ou gostaria de dar uma sugestão? Compartilhe nos comentários as suas experiências e até o próximo post!

Gerar boleto

Esteja sempre bem informado sem pagar nada!

Cadastre-se e receba um e-mail semanal com as últimas novidades do blog.