Retorno sobre Investimento: o que a startup precisa saber sobre ROI

retorno-sobre-investimento-o-que-a-startup-precisa-saber-sobre-roi.jpeg

 

Para ter uma startup de sucesso, é preciso mais que uma boa ideia na cabeça e dinheiro para investir. Conhecimentos básicos em empreendedorismo e administração é o que fazem a empresa decolar. E os indicadores financeiros, como o retorno sobre investimento, são boas ferramentas para ajudar nessa missão.

Antes de qualquer coisa, vamos entender o que é o retorno sobre investimento, também chamado de ROI. Ele é um cálculo que descobre a taxa de lucratividade dos investimentos em um projeto. Ou seja, é uma forma de saber quanto dinheiro a empresa ganha ou perde para cada real aplicado.

Por isso, a longo prazo, é uma excelente ferramenta para ajudar na tomada de decisões e saber onde alocar os recursos da startup para conseguir melhores resultados. Com base no ROI, você pode não só impulsionar investimentos que trazem mais retorno como também modificar aqueles que estão ficando abaixo do esperado.

Como calcular o ROI

Um dos principais benefícios de usar o retorno sobre investimento como indicador financeiro é que não é difícil fazer esse cálculo. Basicamente, você precisa saber dois números: o valor do investimento e o lucro obtido. Então, faça a seguinte conta:

ROI = (lucro do investimento – investimento ) / investimento

Não deixe a estrutura assustar você, a conta é mais fácil do que parece. Veja um exemplo para entender como funciona na prática: se a sua empresa investiu R$ 1.000 em uma estratégia de divulgação e obteve um lucro de R$ 5.000 como resultado, a conta fica da seguinte forma:

ROI = (5.000 – 1.000) / 1.000

ROI = 4

Ou seja, a startup lucrou 4 vezes mais do que o investido. Se quiser saber o ROI em porcentagem, basta multiplicar esse resultado por 100. 400% de retorno no investimento. Prático, não?

Porém, não se esqueça de utilizar o lucro líquido (ou prejuízo, dependendo da situação) do investimento para fazer a conta, pois os valores podem ficar muito alterados se o número usado for relativo ao faturamento completo. O número pode até ficar mais atraente, mas não vai mostrar o indicador que você precisa.

Benefícios de usar o retorno sobre investimento como indicador

Cada indicador financeiro oferece um tipo de informação para a sua empresa, que ajuda a enxergar pontos específicos do negócio. Ou seja, as vantagens de utilizar o ROI são diferentes de saber o payback, por exemplo. Por isso, conheça alguns pontos positivos e específicos sobre o uso do ROI:

  1. Criar metas atingíveis
  2. Identificar quais são as ações mais lucrativas da empresa
  3. Checar a eficiência dos canais de comunicação com os clientes
  4. Descobrir o prazo de retorno de um investimento específico
  5. Saber se uma estratégia de marketing é eficiente para o seu negócio

Erros comuns ao utilizar o ROI

Em uma startup, é comum que os sócios tenham bastante tempo para realizar seus projetos. É também comum que eles se esqueçam de contabilizar o preço dessa mão de obra e descontar do faturamento antes de chegar no lucro final para calcular o ROI.

Esse processo não está necessariamente errado, mas pode resultar em um número que não corresponde à realidade do projeto, maquiando os ganhos do empreendimento. Criar um número que não corresponde à realidade conquistada não melhora seus resultados – só causa ilusão.

ROI x Tempo

Outra observação que merece ser feita é: de quanto em quanto tempo o empresário deve calcular o retorno dos investimentos? Não existe uma só resposta correta. O importante é que esse espaço de tempo seja capaz de ajudar a empresa na compreensão dos seus negócios de uma forma completa.

Todavia, um espaço de tempo muito curto, como um mês, pode fazer com que os resultados dos investimentos ainda não sejam visíveis. Da mesma forma, um intervalo muito longo pode atrapalhar correções de rota e fazer com que a empresa perca dinheiro. Ou seja, a decisão do tempo a ser considerado deve ser tomada com parcimônia.

Esse número também pode ser afetado pela sazonalidade, como épocas de alta nos negócios como o fim do ano e promoções realizadas. O melhor, em todos os casos, é manter uma análise constante dos resultados, para poder agir com rapidez em períodos de queda.

Métricas confiáveis

É claro que só o ROI não é suficiente para acompanhar a realidade completa do seu negócio, mas ele faz parte dos parâmetros que são utilizados em empresas de sucesso para acompanhar os investimentos, porque mostram números confiáveis para medir o crescimento do empreendimento.

Se a empresa utilizar as chamadas métricas de vaidade, como curtidas nas redes sociais ou visualizações da página, pode achar que está ganhando espaço no mercado. O problema é que elas não mostram as conversões, ou seja, quantos clientes ela está conquistando efetivamente, o que realmente importa.

Esse é um bom exemplo para demonstrar que é preciso utilizar os indicadores certos para seu negócio, que conseguem demonstrar o crescimento e o fortalecimento da startup e manter o negócio forte e seguro.

Boas estratégias de negócios

Conhecer o retorno sobre o investimento é ótimo, mas se o empresário não souber o que fazer com essa informação, ela vai se transformar em um número vazio.

Calcular seus resultados é essencial para ter uma startup de sucesso. Com números sólidos e confiáveis é mais fácil atrair investidores, saber a lucratividade do seu negócio e criar estratégias que utilizem o capital da sua empresa da melhor forma possível.

Utilizar o ROI também evita que você gaste o patrimônio de forma desnecessária, investindo em áreas com pouco retorno. Isso resulta em aumento nos lucros, traz resultados positivos duradouros e, de quebra, fortalece a cultura de resultados na startup e motiva a equipe a trabalhar mais e melhor.

O retorno sobre investimento é uma métrica confiável, útil e fácil de utilizar no dia a dia da sua empresa, por isso, merece uma chance na sua análise financeira, especialmente quando combinada com outros indicadores importantes. Experimente, confira o resultado e descubra o segredo dos empreendedores de sucesso.

Gostou deste texto e está pronto para utilizar o retorno sobre investimento na sua startup? Então compartilhe este post nas suas redes sociais e ajude outros empreendedores a obterem melhores resultados nos negócios!

O Autor
Vice-presidente no Asaas
Gerar boleto

Esteja sempre bem informado sem pagar nada!

Cadastre-se e receba um e-mail semanal com as últimas novidades do blog.