5 dicas para se dedicar mais a seu negócio próprio

Fashion magazine editor in her office.

Se você é desses profissionais que, apesar de contratado por uma empresa, decide complementar a renda mensal por meio da realização de freelas, sabe que essa não é uma rotina fácil, não é mesmo? Na verdade, existem alguns cuidados básicos que devem ser tomados para garantir que, no futuro, continuará fazendo o que gosta, de forma autônoma e com mais benefícios. Dentre essas medidas estão a dedicação de mais horas por dia ao negócio próprio, o planejamento da hora mais apropriada para a saída do emprego fixo e a contante busca por dicas sobre como empreender no mercado em que pretende atuar. Pronto para começar a efetivamente planejar seu futuro? Então confira agora mesmo nossas recomendações:

Invista naquilo que realmente gosta de fazer

Um dos maiores erros de quem atua também como freelancer é não investir na atividade que realmente gosta de exercer. E para se dedicar de verdade ao empreendimento próprio é preciso gostar muito do que faz, não concorda? Afinal de contas, a rotina ficará bastante apertada com a conciliação de ambas as atividades. Assim, procure traçar seu caminho autônomo realizando o que realmente desperta seu interesse, apostando em atividades prazerosas e que sejam, ao mesmo tempo, desafiadoras.

Defina horários de dedicação ao empreendimento

Já que você ainda não tem condições de sair do emprego, que tal dedicar ao negócio próprio pelo menos algumas horinhas semanais? Essa é uma ótima forma de garantir que seus trabalhos sejam realizados dentro do prazo e com a devida qualidade, já que não poderá contar com o horário comercial para fazê-lo. Portanto, aproveite ao menos uma hora à noite por dia ou mesmo um horário maior aos finais de semana para dar atenção exclusiva a seu negócio.

Organize as tarefas pendentes

Como serão muitas atividades realizadas ao mesmo tempo, é imprescindível aperfeiçoar seu senso de organização. Faça, assim, uma lista de tarefas pendentes diárias, seja para o emprego ou para o freela. Enquanto você não puder sair do emprego, esse será seu guia para o cumprimento de prazos dos clientes e o não esquecimento de nenhum trabalho pendente.

Entenda que empreender também exige experiência

Uma das razões para as pessoas serem freelancers ao mesmo tempo em que trabalham para empresas é a falta de experiência no mercado. Por isso, antes mesmo de sair do seu emprego, é importante entrar em contato com uma variedade de clientes, testar as demandas do mercado e, se possível, dedicar ao empreendimento próprio uma atenção ainda maior, a fim de direcionar bem seu plano de negócios — finanças, estratégias de marketing, identidade visual, procedimentos de atendimento ao cliente e assim por diante. Com o passar do tempo, essa experiência será aproveitada em sua própria empresa.

Planeje o momento certo para sair do emprego

Encontrar o momento certo para sair do emprego e empreender talvez seja um dos maiores desafios para um freelancer, já que é necessário ter estabilidade financeira suficiente para contar apenas com essa fonte de renda. Além disso, é importante verificar que há uma regularidade de trabalhos em sua agenda, porque se a demanda por seus serviços for muito imprevisível você não terá como se dedicar ao negócio próprio por muito tempo.

Empreender não é mesmo tarefa fácil, exigindo muito comprometimento. Por isso, até conseguir sair do emprego em que se encontra atualmente, procure seguir essas recomendações e veja como um novo horizonte se abrirá!

E então, você tem se dedicado o suficiente ao negócio próprio para garantir o sucesso de seu empreendimento no futuro? Ainda tem dúvidas sobre esse tema? Deixe aqui seu comentário e participe da conversa!

 

Gerar boleto

Esteja sempre bem informado sem pagar nada!

Cadastre-se e receba um e-mail semanal com as últimas novidades do blog.