CDI e CDB: entenda a diferença

CDI_e_CDB_entenda_a_diferença.jpg.jpeg

Se você está pensando em uma ova forma de fazer seu dinheiro render, investi-lo em CDI e CDB pode ser uma boa opção. Quanto mais você se informar sobre as opções de investimentos em geral, menores as chances de você optar por maus negócios.

O que são CDI e CDB, quais as diferenças e vantagens entre eles? Aprenda um pouco mais sobre investimentos de renda fixa e variável no nosso post de hoje!

O que são investimentos em renda fixa e variável?

Compreender estes conceitos é fundamental para o processo de escolha de um determinado investimento. Na renda fixa, você já saberá o percentual ou valor que terá como retorno do investimento, bem como a taxa a qual ele estará atrelado.

No caso da renda variável, este índice está atrelado a outras questões, o que pode fazer com que você tenha lucro ou prejuízo. As rendas variáveis estão relacionadas ao câmbio, às variações do mercado e à taxa básica de juros.

Qual é a diferença entre renda fixa pós-fixada e pré-fixada?

Mesmo investindo em um fundo de renda fixa, pode acontecer de você não saber quanto, de fato, receberá após um tempo. Isso acontece porque eles podem ser pré-fixados, sabendo exatamente a taxa aplicada, ou pós-fixados, em que você conhece apenas a taxa de cálculo.

O que é o CDB?

CDB significa Certificado de Depósito Bancário. Este é um tipo de investimento em que você empresta dinheiro ao banco. Quando você faz um CDB, ele pode ou não ser fixado, é preciso ler o contrato para verificar as condições propostas.

O que é o CDI?

Quando se opta por investir em CDB, é preciso conhecer outra sigla, o CDI (Certificado de Depósito Interbancário). Este CDI é o principal indexador que remunera os investimentos em CDB.

Quais são os três tipos de títulos públicos?

Pós-fixado

Um percentual fixo é definido antecipadamente e depende de fatores externos. Por exemplo, podemos falar de um investimento em 50% do CDI ou 80% do CDI.

Pré-fixado

Quando você assina o investimento, já saberá as taxas praticadas durante todo o período de vigência. Independente do que aconteça no mercado, sua rentabilidade será a mesma.

CDI indexado pela inflação

Neste caso, a rentabilidade do investimento tem uma taxa pré-fixada e outra ligada a um índice de inflação. Por exemplo, Selic ou IPCA.

CDI e CDB em grandes ou pequenos bancos?

Grandes redes bancárias oferecem um percentual de CDI para as CDBs menos interessante. Em contrapartida, são bancos tidos como mais seguros.

Os bancos menores oferecem melhores condições, exatamente por serem menos seguros e precisam atrair os clientes de alguma forma. Por isso oferecem taxas mais atrativas.

Como investir?

É preciso negociar com seu banco uma taxa interessante para atrelar aos CDI quando fizer um CDB. Especialistas em investimentos orientam que manter um CDB com menos de 90% do CDI é desvantagem.

É preciso considerar, ainda, o imposto de renda sobre os investimentos: a alíquota varia com o prazo da aplicação e quanto mais curta, maior o percentual a ser pago. Para um investimento em CDI e CDB, é preciso estar de olho nas variações que o mercado apresenta, além dos efeitos da inflação na economia.

Quer saber mais sobre CDB e CDI? Tem alguma dúvida?

Compartilhe-as nos comentários. Para ficar sempre bem informado sobre temas atuais do mundo dos negócios, assine nossa newsletter!

O Autor
Vice-presidente no Asaas
Gerar boleto

Esteja sempre bem informado sem pagar nada!

Cadastre-se e receba um e-mail semanal com as últimas novidades do blog.