Guia completo de como aumentar as vendas no varejo

por Comercial e Vendas

Publicado em 6 de outubro, 2014 | Atualizado em 20 de dezembro, 2023

Diversas pesquisas recentes sobre o mercado de varejo demonstram que os consumidores estão cada vez mais exigentes. Desde o momento do atendimento, à qualidade e variedade dos produtos e outros fatores que têm impactado cada vez mais na decisão de compra dos clientes.

Por isso, para se destacar no mercado, sua empresa precisa criar estratégias robustas e que foquem em oferecer soluções únicas aos clientes.

Neste artigo, trazemos para você um guia completo de como aumentar as vendas no varejo e impulsionar sua empresa para atingir metas e conquistar resultados relevantes. Continue lendo!

Quais os principais aspectos das vendas no varejo?

Diferente de outros segmentos, as vendas no varejo possuem algumas particularidades. Nesse setor, é mais importante entender as necessidades do público – justamente para compor ofertas que sejam assertivas e entreguem soluções.

Além disso, a competição no varejo é acirrada, sendo que a capacidade de gerenciar produtos, estoques, lojas físicas, loja online e outras demandas exige uma gestão estratégica e competente.

Nesse cenário, as pequenas diferenças são fundamentais para manter o consumidor fidelizado e continuar expandindo as operações, mantendo a competitividade. Confira alguns aspectos de destaque das vendas no varejo:

Qualidade do atendimento

A qualidade do atendimento é um pilar fundamental para todas as empresas. Afinal, o consumidor é quem torna tudo possível e conquistá-lo é o primeiro passo para ser bem sucedido.

Porém, muitos negócios negligenciam a experiência do consumidor. Por isso, sua empresa precisa focar em times bem treinados e estratégias que deixem o consumidor confortável, respeitado e fisgado pela sua loja – seja no ambiente virtual ou presencial.

Organização da loja

Manter um ambiente organizado também está relacionado a tornar a experiência do cliente mais agradável. Afinal, sua loja é uma vitrine da sua marca e ela precisa se conectar diretamente com os desejos dos consumidores.

Por isso, você precisa que o ambiente tenha disposições claras e permita que o cliente se encontre, podendo explorar produtos e adquirir aquilo que precisa.

Nível de satisfação do consumidor

Mais uma vez é válido reforçar que o cliente está no centro do sucesso da sua loja varejista. Por isso, a satisfação do cliente precisa ser medida e usada como critério no momento de tomadas de decisão.

Ou seja, para tirar um produto de linha, reformular a marca ou criar uma nova estratégia você precisa levar em conta como seu cliente será impactado no processo.

Nível de personalização dos produtos

Um dos maiores desafios dentro do varejo é a competição, já que existem muitas empresas que podem vender os mesmos produtos que os seus. Porém, para combater isso você pode aumentar o nível de personalização das mercadorias.

Existem muitas formas de fazer esse processo, desde vender produtos exclusivos a partir de parcerias com outras marcas, como criando combos de produtos com estratégias de cross-selling.

Possibilidade de se utilizar diferentes canais para as compras

Existe um velho ditado que diz: “quem não é visto, não é lembrado”. No século da internet e redes sociais isso é mais verdade do que nunca. Por isso, sua empresa precisa estar em todos os canais viáveis para se conectar com o público.

Não tenha medo da exposição e busque utilizar do ambiente online como uma extensão da sua loja física. Essa recomendação vale para os e-commerces, lojas virtuais, canais de comunicação (como Whatsapp) e redes sociais.

Métodos de pagamento

Por fim, o momento do pagamento é a etapa decisiva para converter seus clientes. Então, nada pior que encantar o cliente mas perder a venda, por não oferecer um método de pagamento compatível com sua realidade.

Seu varejo precisa dispor dos principais meios de pagamento disponíveis no mercado, abrangendo uma parcela maior de consumidores e dando autonomia para os clientes converterem.

Qual fator mais afeta negativamente as vendas no varejo?

Mas se o varejo é um dos segmentos mais comuns, ele deve ser fácil de gerenciar, certo? Errado! Há quem diga que o varejo pode ser o segmento mais difícil para se obter sucesso – considerando fatores como competitividade e o relacionamento constante com o público.

Aliás, é nesse ponto que muitos varejistas acabam encontrando bloqueios para crescer seu negócio: o público. Afinal, não identificar e acompanhar as mudanças de comportamento dos consumidores é fatal para um varejo.

Segundo uma pesquisa de tendências do atendimento ao cliente, da Zendesk, o engajamento dos consumidores com suas marcas favoritas aumentou 14%. Porém, 61% do público recorreria a um concorrente após terem apenas uma experiência com a marca favorita.

E mais: esse número aumenta para 76% após duas experiências ruins – independe da marca. Portanto, independente do tamanho da sua empresa, identificar as necessidades do seu público é fundamental para manter seu negócio em movimento e evitar prejuízos.

Quais são as vantagens de vender no varejo?

Independente dos desafios, vender no varejo pode ser a solução perfeita para sua empresa e você não deve se intimidar. Qualquer empresa vai encarar desafios, independente do tempo de existência, segmento ou tamanho.

Além disso, o varejo apresenta inúmeras oportunidades de crescimento, permitindo que você atinja metas e escale seu negócio. Seja no ambiente físico ou virtual, sua marca pode encontrar um potencial maior de consumidores que precisam ser atendidos através do varejo.

Por isso, confira algumas vantagens que separamos sobre vender no varejo tanto no online, quanto no presencial:

Vantagens de vender no varejo online

O século XXI é marcado pela dominação da internet em relação a outros meios de comunicação e distribuição. Por isso, a vantagem inicial de vender no varejo online está em utilizar o meio mais eficiente e popular que conhecemos hoje.

Além disso, ao estabelecer sua marca no cenário online, você estará onde seu cliente também está. Isso já aumenta suas chances de conquistar novos consumidores e consolidar seu negócio.

Porém, as vantagens não param por aí! Existem inúmeros pontos positivos a serem conquistados no meio online:

Autonomia para vender

Dentro da internet você tem mais liberdade para vender produtos que seriam inviáveis no meio online. Um exemplo, são as plataformas de e-commerce que permitem à sua empresa vender dentro de um site – sem a loja física.

Assim, você precisa apenas cuidar do estoque e da entrega, sem se preocupar com o processo de vitrine e distribuição. Você também pode optar por possuir uma loja virtual própria, mais personalizada, ou mesmo vendendo através das redes sociais.

Sendo assim, a autonomia é gigante, permitindo que você estabeleça a melhor estratégia que potencialize seu negócio.

Horários flexíveis ao fazer vendas online

Podemos dizer que não existe um horário comercial na internet. Sendo assim, seu público pode entrar em contato com sua loja independente do horário.

Muitos clientes possuem hábitos noturnos e preferem comprar à noite, no conforto de suas casas. Com um site ou presença nos e-commerce, você pode vender de forma passiva – estabelecendo um fluxo maior de renda.

Maior número de potenciais clientes

O potencial de clientes talvez seja a maior vantagem da internet. Afinal, o mundo está conectado e não existem muitas barreiras que limitem seu negócio a atingir todo o país

Com uma loja presencial, muitos varejistas ficam restritos ao público do bairro – que pode variar muito de um dia para outro. Com a internet, você pode alcançar pessoas de todo o país e atrair elas através de campanhas de marketing e outras estratégias.

Não só o público é maior, mas também as ferramentas para atraí-lo ao seu negócio.

Custo mais baixo

O custo de vender online também é menor que o das vendas presenciais. Afinal, você precisa de menos funcionários, reduz custos de despesas básicas como aluguel, luz e água e ainda pode se adaptar melhor a diferentes cenários e produtos.

Maior conversões de venda

Além disso, o universo online também facilita as conversões. Afinal, através da jornada de compra, você consegue manter um relacionamento direto com seu consumidor antes mesmo da compra acontecer.

Assim, você pode nutrir seu cliente potencial para entender suas necessidades e oferecer soluções, aumentando as chances que ele converta no final do processo.

Vantagens de vender no varejo presencial

Porém, qualquer um que diga que o varejo presencial está morto, se engana muito. A internet trouxe novas opções, além de oportunidades infinitas para sua empresa crescer e atingir novos públicos.

Porém, uma loja física ainda consegue atingir segmentos específicos e suprir necessidades que os clientes possuem, e que não são atendidas pelo varejo online. Confira as principais vantagens de vender no varejo presencial:

Oferece uma experiência diferente

Os clientes muitas vezes não buscam apenas um produto ou serviço, eles desejam uma experiência. Esse bordão se tornou muito comum nos últimos anos, e exemplifica muito da força que as lojas presenciais ainda possuem.

Os clientes querem conhecer seus produtos, tocar, sentir cheiros, conferir texturas, avaliar tamanhos, etc: tudo o que não pode ser feito dentro do cenário online.

Sua marca também pode personalizar um meio de atender aos clientes oferecendo uma experiência diferenciada. Isso pode acontecer desde o conforto do ambiente, a composição de luzes, cheiros ou da forma como eles são atendidos.

Entrega imediata dos produtos

Um fator que ainda reforçou o potencial dos varejos presenciais é a capacidade de entrega, mais rápida e mais prática. Além do varejo online cobrar frete para entregar produtos, ele também depende de um tempo de espera.

Especialmente em datas de sobrecarga de vendas no cenário online, como Natal e Black Friday, as lojas físicas são mais procuradas porque os clientes têm a garantia de que seus itens estarão disponíveis de imediato.

Além disso, muitas pessoas realizam compras em cima da hora para essas datas – precisando apelar para o mercado tradicional, já que o online tende a demorar para entregar.

Possibilita a negociação direta

Negociar também é importante para muitos consumidores. E isso é bom para sua empresa também!

Afinal, para converter um cliente, você pode oferecer um desconto personalizado na hora da venda. Isso é algo que não acontece dentro do cenário online, e pode ser fundamental para aumentar sua taxa de conversão e ainda fidelizar o cliente a longo prazo.

Possibilita a compra pela localização

Apesar dos milhões de sites que existem na internet, a maioria dos consumidores frequenta os mesmos sites diariamente. Ou seja, é muito difícil que esbarrem em uma loja ao menos que tenham uma necessidade específica ou sejam impactados por um anúncio.

Porém, uma loja presencial pode ser encontrada por um consumidor passivo, que está apenas passeando no shopping, centro da cidade ou andando pelo bairro. Sendo assim, seu comércio presencial também consegue fisgar clientes pela localização.

Crie vínculo e fidelização do público

Conforme já mencionamos, o contato direto e personalizado de uma loja presencial permite que sua marca crie um vínculo com o público e aumente a taxa de fidelização

Afinal, se seus clientes sempre encontram o que precisam na sua loja, recebem descontos e bom atendimento, eles não vão querer te abandonar!

Como aumentar as vendas no varejo na sua loja física?

Agora que falamos sobre as vantagens de vender na sua loja física, podemos citar algumas boas práticas que podem potencializar sua capacidade de converter clientes e expandir suas operações.

Vender no varejo não é moleza, por isso toda a ajuda é bem vinda, certo? Confira algumas dicas de como aumentar suas vendas no varejo presencial:

1. Ofereça soluções além dos produtos

Mais do que meros produtos, os usuários buscam cada vez mais por soluções. Qualquer empresa pode vender uma mercadoria – mas só as grandes marcas encontram formas de resolver dores dos seus consumidores.

Por isso, você precisa conhecer seus clientes. Todo o funil de compra existe para aproximar sua marca do consumidor, e isso é uma via de mão dupla. Afinal, você também ganha a oportunidade de compreender melhor sua necessidade.

Invista nisso e desenvolva ofertas de produtos atrelados a soluções e experiências para seus clientes.

2. Defina metas de vendas

Todo sucesso empresarial começa com planejamento. Por isso, logo no início do processo, você deve estabelecer metas no seu plano de negócio.

Através delas, você saberá como direcionar seus recursos e onde você deve investir para tornar seu processo de vendas mais eficiente, baseado nas necessidades e capacidades da sua loja física.

3. Garanta um atendimento de qualidade

Mencionamos inúmeras vezes a necessidade de investir na experiência do consumidor. Essa etapa passa muito pela garantia de um atendimento ao cliente de qualidade e que se atente para o perfil do consumidor.

Através de uma equipe treinada, você pode compreender melhor seu público, observar oportunidades e direcionar as ofertas para ele.

4. Crie programas de fidelidade

Outra forma de potencializar o sucesso da sua loja presencial é investir em ferramentas e estratégias de vendas. Uma metodologia muito eficiente para manter seus consumidores é criando programas de fidelidade.

Existem diversas formas de estabelecer um programa de fidelização eficiente e funcional, que traga benefícios a curto, médio e longo prazo para seu negócio. Pode parecer até uma sugestão simples, mas é bastante eficiente para diversos segmentos do mercado.

5. Faça upsell e cross sell

Outra técnica muito utilizada para fidelizar consumidores e aumentar sua taxa de conversão, é o cross selling e up selling.

O cross selling, também chamado de “venda cruzada”, acontece quando sua empresa monta combos e kits de produtos semelhantes que podem ser oferecidos para os clientes como uma vantagem. 

Os combos de fast food são exemplos clássicos dessas práticas. Da mesma forma, quando uma atendente oferece uma melhora no seu com por um pequeno acréscimo (como: “batata grande por apenas um real a mais”) ela está utilizando o up selling.

Afinal, o upsell é um upgrade oferecido pela marca em determinado produto. Você oferece mais, cobrando mais, mas sempre criando um cenário vantajoso para o consumidor – como no caso da batata grande dos fast foods.

6. Treine sua equipe

Sua equipe precisa estar motivada e bem treinada, especialmente quando falamos em time de vendedores com contato presencial com clientes. Um time que entende os objetivos do negócio e deseja crescer com a empresa pode aumentar sua conversão de vendas.

Afinal, eles são os representantes da sua marca e são fundamentais para atingir os objetivos do negócio.

7. Realize uma boa gestão e controle de estoque

Anteriormente comentamos sobre a vantagem das lojas físicas em entregar os produtos imediatamente para os clientes. Porém, isso só acontece se sua empresa realizar um bom controle de estoque.

Você precisa entender quais são os produtos necessários para ter em excesso, além das mercadorias com baixa saída. Assim, é possível definir promoções e criar combos de cross sell, incentivando as vendas e manejando o estoque com inteligência.

8. Invista em meios de pagamento

Por fim, é inegável que o momento de pagamento é fundamental para a conversão. Nessa hora, seu cliente já decidiu que deseja seu produto e entende que a sua marca pode solucionar uma dor particular.

Porém, se ele não encontrar o método de pagamento vantajoso para ele, existe uma grande tendência de incômodo – quem sabe até de desistência da compra. Por isso, sua empresa precisa oferecer os principais métodos de pagamento:

Pix

O Pix é o meio de pagamento mais utilizado no Brasil desde 2022. Ou seja, além de prática e seguro, esse método é muito popular. 

Por isso, seu negócio precisa oferecer o Pix como uma opção aos clientes – já que ele permite pagamentos instantâneos e gera uma enorme praticidade para seu fluxo de caixa

Cartão de crédito

Além do Pix, o cartão de crédito segue como um meio de pagamento muito popular e importante para o cenário econômico brasiliero.

Ele também permite que você realize vendas a prazo, oferecendo ainda mais autonomia para os consumidores e abrangendo um público maior. Além disso, hoje é possível vender no cartão sem maquininha, através do aplicativo do Asaas (Android e IOS).

Essa dica serve tanto para oferecer pagamento via cartão de crédito quanto para o Pix. Afinal, com a função do Cobrar Agora, ferramenta exclusiva do Asaas, seus vendedores podem utilizar o aplicativo para realizar essa cobrança.

Basta gerar um QR Code Pix com a ferramenta e permitir que o cliente escaneie com seu app bancário, ou cadastrando os dados de cartão do consumidor dentro da plataforma. E pronto! A cobrança é feita instantaneamente, com praticidade e segurança.

Como aumentar as vendas no varejo pela internet?

O varejo online é um ambiente propício para crescer seu negócio e potencializar suas vendas. Porém, existem algumas práticas que podem ajudar sua empresa a chegar mais longe.

No cenário online, você lida diretamente com diferentes etapas do fluxo de vendas de um consumidor. Por isso, existem muitas oportunidades para criar táticas que fisgam os consumidores e permitem que você venda mais e melhor. Confira:

1. Trabalhe com diferentes canais de vendas

Uma das grandes vantagens oferecidas pela internet é poder trabalhar com diversos canais e alcançar públicos específicos em cada um deles.

Além disso, você pode definir um planejamento estratégico que amplia suas capacidades de atingir clientes de acordo com suas necessidades. Confira quais os principais canais que você pode utilizar para vender:

Através de Loja virtual própria

Você pode optar por vender através da sua loja virtual própria. Nesse ambiente, você ganha mais controle para elencar produtos, criar promoções e fazer a precificação de acordo com as necessidades da sua empresa.

Através de Marketplaces

Por outro lado, os marketplaces acabam por agregar muito valor ao trazer um fluxo maior de clientes para sua loja. Afinal, aqui os consumidores se relacionam mais com os produtos, procurando pelas necessidades.

Através de sistemas como o split de pagamento um consumidor pode até mesmo comprar da sua loja em conjunto com o concorrente, com o sistema dividindo os valores devidos automaticamente.

Através de Redes sociais

Você também pode vender através das redes sociais. Nesse ambiente, é necessário criar uma conexão com seu consumidor através da criação de conteúdo e negociações de vendas.

Porém, as redes sociais também trazem as vantagens relacionadas ao uso de campanhas de marketing que conseguem buscar o público, mesmo que eles ainda não conheçam sua empresa.

Através de WhatsApp Business

Além disso, o WhatsApp Bussiness também permite que você venda com facilidade. Nesse caso, um dos principais fatores é a capacidade de negociação. Por isso, você precisa de uma equipe ágil e que conheça o público que está atendendo.

Porém, o ideal é que você possa utilizar todas as ferramentas, complementando cada ambiente com a estratégia certa e definindo quais públicos sua empresa precisa atingir.

2. Otimize o ambiente da sua loja virtual

Conforme comentamos, os ambientes da sua loja online são fundamentais para impactar seus clientes em diferentes momentos do funil de vendas. Afinal, cada ambiente tem um propósito e consegue guiar o cliente até o checkout.

Por isso, otimizar cada ambiente é necessário para que os consumidores encontrem seu site e entendem ele como uma vitrine da sua marca.

Plataforma white label

Uma ferramenta importante para otimizar o ambiente da sua loja virtual é aplicar uma plataforma white label. Essa solução trata de uma plataforma externa completa para o processo de vendas, na qual você consegue personalizar para ter a identidade visual da sua marca.

Assim, seu cliente tem à disposição os principais recursos para converter a venda, utilizando uma plataforma com a credibilidade da sua marca.

3. Ofereça descontos e promoções sazonais

Outro fator de impacto que pode auxiliar seu varejo online, é a possibilidade de oferecer descontos e promoções sazonais. Em períodos festivos ou datas comemorativas, os clientes inundam a internet à procura dos melhores preços.

É nesse momento que sua loja pode se destacar. Faça uma campanha antecipada para criar gatilhos e realize uma análise de concorrência, identificando oportunidades para oferecer valor aos seus consumidores.

4. Descubra como enviar seus produtos

Apesar das diversas vantagens do varejo virtual, uma dificuldade recorrente é encontrar o frete correto. Afinal, os clientes tendem a rejeitar produtos com valor alto de frete – além do tempo de espera para os produtos chegarem.

Sendo assim, existe uma necessidade de negociar com seus fornecedores para entregar o melhor serviço de frete, diminuindo o tempo de espera dos clientes.

5. Simplifique os processos de compra

Como comentamos anteriormente, sua empresa precisa focar no cliente. Além disso, também falamos sobre como o checkout é uma etapa fundamental para a conversão. Por isso, você precisa simplificar os processos de compra.

Uma API de pagamentos é uma ótima solução para utilizar dentro da sua plataforma online. Com ela você ganha diversos recursos para permitir que seu cliente tenha acesso aos melhores produtos e converta com facilidade.

Link de pagamento

Outra ferramenta que te permite aumentar suas vendas e simplificar os processos de compras. Essa ferramenta é o link de pagamento.

Através dele, você pode enviar um link para que os consumidores acessem e possam iniciar a fase de checkout. O link pode ser compartilhado através das redes sociais ou WhatsApp, além de permitir que o cliente escolha o meio de pagamento e até parcelas.

6. Acompanhe suas métricas

Você também precisa acompanhar suas métricas com frequência. Para isso, é preciso definir os indicadores de desempenho financeiro que sua empresa irá acompanhar dentro de um planejamento amplo.

Assim, você poderá entender quais são as estratégias que estão funcionando e como você pode ampliar seus esforços para ter sucesso.

7. Disponibilize os principais meios de pagamento

Os meios de pagamento são tão importantes para o varejo online, quanto para o varejo presencial. Porém, aqui algumas estratégias podem ser diferentes e mais amplas.

Por exemplo, você pode oferecer o boleto bancário como um meio de pagamento. Da mesma forma, o Pix e cartão de crédito também são opções fortes para vendas digitais. 

No cartão, existe também a possibilidade de compras parceladas, que aumentam o tempo de contato com o consumidor com sua empresa e permitem mais autonomia ao cliente.

8. Utilize sistemas de automação

A melhor maneira de tornar seu negócio sustentável dentro do ambiente online é através de plataforma de automação

Com elas sua empresa pode automatizar processos, reduzindo a burocracia e otimizando diversas funções para entregar o melhor desempenho ao seu negócio. 

Quais ferramentas ajudam a vender online?

Vender online pode trazer diversos desafios para sua empresa. Para enfrentá-los, você pode contar com diversas ferramentas que permitem otimizar seu ambiente de vendas e otimizar suas atividades.

Separamos algumas das principais que podem ajudar seu negócio a expandir, melhorar sua saúde financeira e atingir um novo patamar de vendas. Confira:

Gateway de pagamentos para integração de plataformas

O gateway de pagamentos é uma ferramenta fundamental para vendas online. Essa ferramenta funciona como uma máquina de cartão de crédito – intermediando os dados do cartão de crédito com os bancos.

Além disso, ela possibilita algumas soluções antifraude, evitando que exista algum tipo de quebra de sigilo dos dados ou fraudes.

API de pagamentos para otimizar a jornada do cliente

A API de pagamentos também é essencial para otimizar os ambientes em que os clientes têm contato com seu ambiente virtual. De modo geral, a API é fundamental para oferecer as melhores experiências aos consumidores dentro do seu negócio.

Confira as principais ferramentas que podem ser utilizadas para otimizar a jornada do cliente dentro do seu negócio:

Checkout transparente

Segunda a pesquisa da Opinion Box muitos clientes desistem das compras por conta de um checkout muito demorado. Esse hábito atinge cerca de 78% dos consumidores.

Para combater isso, a função do checkout transparente pode ser aplicada dentro da sua plataforma digital. Essa função agiliza o processo de checkout e permite que seu usuário realize seu pagamento na mesma página – evitando redirecionamentos.

One click buy

Outra ferramenta essencial é o one click buy. Através dele, seu cliente efetua as compras e converte por um único clique – evitando longos processos de checkout e diminuindo a taxa de abandono de carrinho.

Meios de pagamento para captar mais clientes

Oferecer as principais formas de pagamento é muito importante para fidelizar os consumidores e evitar problemas na etapa de checkout. Afinal, no momento da conversão, os consumidores precisam ter facilidade para definir e pagar.

No momento de pagamento é onde os clientes possuem maior temor em sofrer golpes, afinal eles irão depositar no site informações sensíveis.

Por isso, você precisa tornar essa etapa mais ágil e prática. Além disso, oferecer os principais meios também ajuda a oferecer autonomia para o consumidor comprar com segurança. Confira quais os principais meios que você precisa oferecer:

  • Pix: receber pelo pix é um dos métodos mais populares do Brasil e permite transações instantâneas. Através dele, seus clientes podem pagar com agilidade e você pode oferecer descontos para aumentar a quantidade de pagamentos à vista.
  • Cartão de crédito: Sendo o segundo meio mais popular do país, vender pelo cartão de crédito atrai muitos clientes que não possuem os valores para pagamento à vista. Além disso, ele também abre a possibilidade de parcelamento – oferecendo mais possibilidade de conversão.
  • Boleto bancário: o boleto bancário abrange pessoas desbancarizadas, que atingem cerca de 38% dos adultos no país. Ou seja, ele é um meio ainda muito importante e também permite pagamentos a prazo, através do boleto parcelado (carnê).

Aplicativo para controle das vendas

Possuir um aplicativo para vendas também pode ser um diferencial para seu varejo. Além dessa ferramenta tornar possível efetuar as conversões no varejo presencial, substituindo a máquina, com um aplicativo você também garante uma gestão centralizada.

Com um aplicativo você pode controlar vendas, cadastrar clientes, realizar pagamentos e estabelecer processos como consultar crédito e fazer negativações.

Sistema de notificação

Uma das grandes vantagens de um aplicativo de conta digital para empresas é estabelecer uma régua de cobranças. Com ela, você define padrões para cobrar clientes e reduzir taxas de inadimplência. 

Uma das formas de efetuar essa cobrança é através de um sistema de notificações – enviando mensagens por WhatsApp e SMS de forma automática em momentos chaves para seus clientes.

ERP para melhorar a gestão financeira

Por fim, para melhorar suas vendas no varejo online é fundamental cuidar da gestão financeira do seu negócio. Afinal, é a partir desse setor – o coração da sua empresa – que as decisões e estratégias podem ser tomadas com maior eficiência.

Além disso, para otimizar a gestão financeira você pode optar por um sistema ERP – essa ferramenta é um software de automação que permite a sua empresa a realizar processos de forma mais ágil e eficiente.

Com o ERP SaaS do Asaas, você aumenta a segurança nas informações, possibilita a escalabilidade do negócio e ainda ajuda na redução de custos e burocracias.

Confira neste artigo todas as vantagens que uma ferramenta ERP pode trazer para seu negócio!

Simplifique o recebimento de cobranças com o Asaas

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.