O que é margem de lucro e como calcular?

por Gestão Financeira

Publicado em 2 de setembro, 2014 | Atualizado em 30 de janeiro, 2023

Conforme uma empresa cresce, aumenta a necessidade da gestão em avaliar indicadores de desempenho financeiro para entender a evolução do negócio. A partir dessas métricas, você pode definir quais os caminhos que sua empresa precisa tomar.

Entre todos os indicadores importantes para o sucesso de um negócio, a margem de lucro está entre os que precisam de mais atenção

Afinal, no Brasil, cerca de um terço dos negócios fecha em até dois anos. E a margem de lucro pode indicar se a empresa está conseguindo ser rentável, sem riscos de fechar ou ter prejuízos a curto, médio ou longo prazo..

Por isso, neste artigo vamos explicar o que é margem de lucro e como calcular esse indicador para otimizar os processos financeiros da sua empresa. Continue lendo!

Conteúdo

O que é margem de lucro?

A margem de lucro é um indicador que demonstra quanto dinheiro está sendo ganho com a venda de produtos ou serviços dentro da sua empresa. Ela expressa uma porcentagem que representa a relação entre lucro e receita total – descontando os investimentos, despesas etc.

Dessa forma, a margem de lucro é um dos maiores indicativos da saúde financeira do seu negócio. Além de nortear medidas como a precificação de produtos, estabelecimento de metas e realização de investimentos.

Porém, a margem de lucro também envolve outros indicadores que também precisam ser avaliados, conforme o desenvolvimento da sua gestão financeira. Confira:

Custo operacional

O custo operacional representa os valores investidos pela sua empresa na confecção ou compra dos produtos que são vendidos. Ele inclui todos os impostos, taxas, fretes e até mesmo os gastos internos da sua empresa que contribuem para a manutenção das atividades empresariais.

O mesmo cálculo vale para o serviços, considerando os investimentos que sua empresa possui para prestar os serviços ao consumidor final. 

Esse indicador afeta diferente a margem de lucro, já que precisa ser descontado do faturamento total.

Preços de venda

Ao definir a formação dos preços de venda dos seus produtos, você otimiza os processos de comercialização dentro da sua empresa. A partir dessa prática, você aumenta o controle sobre seus rendimentos no futuro da empresa.

Também é possível definir se haverá lucro no lançamento de novos produtos. O ideal para isso, é consultar seus clientes para entender o quanto estão dispostos a pagar por um produto, além de calcular os custos da compra ou produção.

Lucro

Por fim, o lucro empresarial é o percentual que você recebe em cima das vendas. Ou seja, é o retorno positivo de um investimento realizado. 

Vale ressaltar que o lucro não significa apenas o sucesso financeiro da empresa, mas também permite que o negócio continue evoluindo, contratando e escalando suas operações.

Qual a importância da margem de lucro?

Segundo o Sebrae, a maior parte das empresas aponta a falta de planejamento prévio como causa do seu fechamento. Desse montante, 42% das empresas não calcularam o nível de vendas para cobrir custos e gerar o lucro pretendido

Ou seja, não houve planejamento a partir da margem de lucro. Conforme mencionamos, a margem de lucro é importante para analisar o posicionamento da empresa dentro do mercado e como ela utiliza a renda obtida através das vendas. 

Além disso, ela permite que você possa avaliar como o processo de vendas está funcionando dentro do negócio. Desde a etapa de planejamento, até a precificação e estratégias de venda.

Assim, a margem de lucro é um indicador que influencia na sua tomada de decisão empresarial. A partir dela você poderá reavaliar suas estratégias, investimentos e até os custos e despesas do negócio – conforme essas práticas estejam reduzindo seu lucro.

Quanto maior a margem de lucro, mais as vendas estão se convertendo em resultados positivos, demonstrando capacidade do negócio em se sustentar e manter o crescimento.

Quais são os tipos de margem de lucro?

Vale ressaltar que existe mais de um modelo de margem de lucro que pode ser aplicado dentro do negócio. No geral, existem quatro modelos que, apesar de serem similares, possuem particularidades para serem utilizadas em diferentes aplicações.

Confira quais são os tipos de margem de lucro mais utilizados pelas empresas:

Margem de lucro ideal

Com uma diversidade tão grande de negócios e segmentos, é possível dizer que não existe uma margem de lucro ideal para todas essas empresas. Esse valor varia muito, de acordo com as necessidades do seu negócio e cenário do mercado.

Porém, a margem de lucro ideal serve como uma referência de acordo com o setor de atuação da sua empresa. Dos principais segmentos, os valores percentuais da margem de lucro ideal são:

  • comércio: entre 15% e 20%
  • indústria: entre 8% e 12%
  • serviços: entre 20% e 30%

Porém, vale deixar claro que sua empresa pode não estar dentro desses percentuais e mesmo assim refletir uma margem de lucro satisfatória. Por isso, o cálculo da margem de lucro precisa ser constante e abrangente.

Margem de lucro operacional

A margem de lucro operacional, por outro lado, demonstra o quanto das receitas operacionais da sua empresa se transformam em lucro após as deduções de custo. Ou seja, o quanto de caixa foi gerado a partir da sua atividade principal.

Esse valor demonstra muito da eficiência operacional do negócio, indicando o momento situacional da sua organização. 

Por exemplo, a partir desse cálculo, você pode compreender se os custos para sua empresa funcionar estão muito altos – permitindo que sua gestão mude a rota ou forma de atuação.

Fórmula para calcular a margem de lucro operacional

A fórmula para esse cálculo pode ser definida como: 

  • Lucro operacional = receita total – despesas comerciais

Por isso, para o cálculo da margem de lucro operacional você precisa considerar os valores de amortização, depreciação, despesas administrativas, despesas de rotina, custo de bens, etc – deduzidos da receita total.

Margem de lucro bruto

A margem de lucro bruta está relacionada aos custos de produção, ou seja, ela considera o faturamento total deduzido dos custos dos produtos vendidos. 

Apesar de ser muito simples, essa métrica também é importante para avaliar como suas vendas estão desempenho a partir das despesas e diretamente ligada a precificação

Fórmula para calcular a margem de lucro bruto

A fórmula utilizada para descobrir a margem de lucro bruto pode ser resumida em: 

  • Lucro bruto = receita de venda de produtos – custo das produtos

Margem de lucro líquido

Por fim, o lucro líquido é o resultado obtido após os descontos de impostos, encargos e outros custos. Ela mostra uma visão mais clara e objetiva da rentabilidade do seu negócio, e precisa ser avaliada com cuidado.

Afinal, essa métrica é calculada considerando a receita total e subtraindo despesas operacionais, impostos, juros, custos de produção, pagamento de dívidas e até encargos rotineiros como contas de luz, salários, aluguel, etc.

Após calcular a margem de lucro líquido, você terá o rendimento real do seu negócio após todas as despesas. Ou seja, ele permite uma visão objetiva para você entender onde está escoando seu dinheiro e como você pode reduzir custos para aumentar seu lucro.

Como calcular margem de lucro?

Após entender o que é a margem de lucro e como ela se aplica na resolução de problemas do seu negócio, você precisa definir como calcular a margem

Vale ressaltar que você precisa definir um período de cálculo para tornar a análise desse indicador mais precisa e poder comparar com períodos anteriores

Conforme comentamos, a margem de lucro demonstra quanto sua empresa recebeu após descontar as despesas do faturamento total. Por isso, a fórmula para calcular a margem de lucro é bastante simples:

  • Margem de lucro = lucro bruto / receitas totais.

Como manter uma boa margem de lucro?

É preciso uma boa gestão centralizada para manter uma boa margem de lucro. Não existe uma estimativa indicada para todas as empresas, por isso o cálculo precisa ser feito de acordo com a atividade exercida pelo seu negócio.

Só assim você poderá determinar se a margem de lucro está sendo eficiente para sua empresa. Porém, existem algumas práticas que você pode tomar para manter sua margem de lucro adequada. Confira:

Compare os seus preços aos da concorrência

Comparar com sua concorrência também ajuda para que você entenda qual a margem de lucro do seu segmento. Manter os seus valores de produto ou serviços na média do mercado ajuda a manter sua margem adequada.

Precifique de forma adequada

A precificação é um processo complexo, que precisa considerar o valor de mercado dos produtos e os custos que sua empresa possui ao adquiri-lo. Não defina a margem de lucro a partir do quanto você deseja ganhar.

Você deve considerar a média do mercado e conhecer seu público, para entender o quanto seus clientes estão dispostos a pagar.

Foque a margem de lucro ideal

Um dos principais erros é se atentar apenas ao lucro bruto. Esse indicador é menos importante do que a lucratividade mensal. Afinal, a lucratividade indica a eficiência dos ganhos gerados sobre todo o trabalho desenvolvido pelo seu negócio.

Ou seja, entender e focar em melhorar a margem de lucro ajuda a tornar sua empresa mais eficiente durante suas atividades.

Planeje custos e despesas

Você precisa realizar um bom planejamento para gerenciar seus ganhos, custos e despesas. Um plano de negócios eficiente permite que suas finanças fiquem sob controle e seu fluxo de caixa possua uma margem eficiente.

Assim você evita prejuízos, antecipando períodos de imprevisibilidade financeira e outras baixas de vendas e gastos inesperados.

Faça a projeção de caixa

Controlar suas finanças é fundamental para manter uma boa saúde financeira da sua empresa. Por isso, você precisa projetar seu caixa para entender a previsão de recursos durante um período.

Assim você pode criar um planejamento estratégico que permita à sua empresa ter recursos financeiros para contornar momentos de crise, realizar investimentos ou escalar seu negócio no momento certo.

Negocie o pagamento de dívidas

Pagar dívidas também precisa ser uma prioridade, até mesmo quando falamos sobre margem de lucro. Afinal, as dívidas são despesas que consomem sua margem de faturamento.

Por isso, quanto antes for possível quitar essa modalidade de despesa, mais liquidez você terá para seu caixa.

Faça uma reestruturação de gastos

Embora não seja uma prática bem-vinda, muitas vezes é necessário realizar uma reestruturação de gastos no seu negócio. Em algumas situações, isso significa realizar cortes de efetivo, redução de despesas e negociação com fornecedores.

Porém, mesmo que indiquem uma dificuldade a curto prazo, numa visão mais ampla essas medidas podem levar sua empresa a ter mais rentabilidade.

Quais ferramentas ajudam a manter uma boa margem de lucro?

Existem muitas ferramentas que podem ajudar sua empresa a manter uma boa margem de lucro. Porém, é preciso realizar uma pesquisa para entender qual delas será mais eficiente e trará mais recursos para sua rotina financeira.

Entre as principais ferramentas, os sistemas de gestão financeira e automação estão entre os principais e que mais podem oferecer ferramentas para ajudar sua empresa a manter uma boa margem, vender mais e continuar crescendo.

Sistema de gestão financeira

Um bom sistema de gestão financeira pode permitir que sua empresa cresça e consiga gerenciar o fluxo de caixa. Através dele você ganha diversos recursos para melhorar a gestão da sua empresa e tornar processos mais eficientes.

O Asaas é um sistema de gestão financeira e automação, com soluções completas para empresas de todos os segmentos. Além disso, como uma conta digital, o Asaas ajuda sua empresa a controlar melhor as finanças, criar cobranças e gerenciar gastos.

Confira as principais vantagens de um sistema de gestão financeira e automação:

Controle de fluxo de caixa

O fluxo de caixa é o coração da sua gestão financeira. Por isso, quanto melhor for seu controle do fluxo de caixa, mais preparado sua empresa estará para crises financeiras. 

Além disso, você ganha dinamismo para tomar decisões sobre o futuro do seu negócio – como expandir, investir no lançamento de produtos etc.

Capital de Giro

Outro elemento que pode ser otimizado por um software de gestão é seu capital de giro. Essa solução é a diferença entre os recursos disponíveis em caixa e a soma das suas despesas e contas a pagar.

Quanto melhor for seu capital de giro, mais flexibilidade sua empresa terá para gerenciar as contas e direcionar o negócio para atingir as metas.

Contas a pagar e receber

Um bom sistema de gestão também permite que você tenha mais controle de recebíveis. Ou seja, suas contas a receber podem ser melhor administradas aumentando a sua arrecadação de recursos, diminuindo a inadimplência e melhorando seu lucro total.

Além disso, você também pode administrar melhor suas contas a pagar – permitindo maior agilidade para quitar despesas, negociar com fornecedores e controlar seu estoque.

Agora que você entendeu como sua empresa pode gerenciar melhor a margem de lucro, é hora de definir estratégias para aumentar seu lucro empresarial. Não deixe de conferir este artigo do Asaas!

No Asaas você tem cobrança por ligação telefônica

1 Comentário

  1. extinto de pescador

    ola boa noite eu gostaria de saber o percentual de lucro sobre o valor da peça

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content