Entenda por que as dores do cliente devem ser o foco de sua startup!

entenda-por-que-as-dores-do-cliente-devem-ser-o-foco-de-sua-startup.jpeg

 

Definidas quais são as necessidades que levam as pessoas a pesquisar por produtos e serviços, as dores do cliente são as principais responsáveis pelo desencadeamento de processos de compra e de fidelização. Elas devem, portanto, ser entendidas como a razão pela qual o negócio existe.

Uma análise mais aprofundada, com o objetivo sanar essas dores e fornecer exatamente aquilo que o público quer é a chance perfeita do mundo dos negócios, e se destaca por promover a “resolução dos problemas” da vida do cliente. Em resumo, oferecer aquilo (o produto ou o serviço) que o seu cliente realmente precisa e quer é essencial!

Justamente devido à importância que têm, as dores do cliente merecem ser estudadas e conhecidas mais a fundo, visto que correspondem a uma das principais oportunidades para as empresas — principalmente para as startups.

Neste artigo, falaremos sobre como desvendar essas necessidades do seu público-alvo, transformando-as em uma potencial ferramenta na hora de ditar planos estratégicos. Confira!

O que são as dores do cliente?

Cada público possui suas próprias necessidades. Por isso, é de vital importância que a startup conheça seus clientes mais a fundo para satisfazê-los.

As dores do cliente, que também são conhecidas pelo termo americano “client pain”, determinam suas maiores vontades e os motivos que o leva a comprar a sua mercadoria ou a fechar uma contratação de serviços, por exemplo.

Quer saber do que o seu cliente precisa? Pergunte a ele! Não se satisfaça, porém, com respostas incompletas. Pergunte os motivos e busque profundidade nas respostas. Veja um exemplo na área de marketing de conteúdo:

  • Por que você precisa ter conteúdo envolvente?
    Para atrair mais clientes com potencial.
  • Por que você precisa atrair mais clientes potenciais?
    Para aumentar as vendas e ter um maior retorno financeiro.
  • Por que você precisa aumentar as vendas e ter um maior retorno financeiro?
    Para que a empresa cresça e se torne bem-sucedida.
  • Por que você precisa que a empresa cresça e seja vista como bem-sucedida?
    Para que eu possa ter mais tempo livre e de qualidade com minha família.
  • Por que você precisa ter mais tempo livre com sua família?
    Para que eu possa fazer as coisas que realmente me satisfazem e me fazem feliz, enquanto presto serviços significativos e de qualidade.

Qual é o verdadeiro ponto de dor do cliente exemplificado acima? É possível perceber que seu incômodo é não ter alcançado êxito a ponto de se dedicar ao que o deixa feliz enquanto contribui com um serviço significativo e de qualidade aos seus próprios clientes.

Repare que, se o interlocutor não insistisse em buscar por uma maior profundidade, jamais seria possível entender a necessidade dessa pessoa. Isso tornaria impossível trabalhar na resolução dos seus problemas.

Tamanho conhecimento, portanto, oferece um suporte mais preciso e com mais chances de sucesso. Uma vez que tem seu público eficientemente atendido, sanando suas mais distintas dores, a startup ganha espaço e se solidifica ainda mais no mercado.

Como descobrir as dores do cliente?

As dores do cliente são observadas, principalmente, na fase de elaboração de estratégias, sejam para lançamentos de mercadorias, para campanhas de marketing ou para projetos que visem à expansão da empresa, já que se configuram como um norte para as tomadas de decisão.

Descobrir o que as pessoas estão procurando é um dos modos mais eficazes de alavancar o negócio. Afinal, ao conhecer os problemas que precisam ser resolvidos, torna-se mais fácil direcionar produtos e serviços para solucioná-los, conquistando potenciais clientes e fidelizando aqueles habituais.

Veja 3 dicas para descobrir as dores do seu cliente:

1. Pergunte a quem já é seu cliente

Um dos modos mais simples e diretos de se descobrir quais são as dores do cliente é perguntando diretamente a ele. Para tanto, o mais indicado é começar por aqueles que já fazem parte da sua cartela, pois são mais facilmente alcançados.

Além de oferecer uma importante base para as necessidades do público, questionar as dores de quem já é seu cliente possibilitará a sua fidelização, por meio do suprimento de desejos que, em momentos anteriores, podem ter passado despercebido.

Você pode conseguir essas respostas solicitando que seus clientes respondam formulários — até mesmo on-line — e disponibilizando algum tipo de vantagem pela participação na pesquisa, como descontos ou brindes.

2. Use as dores dos já existentes para conquistar clientes em potencial

É claro que é sempre vantajoso conhecer as necessidades do seu cliente, mas lembre-se: esse não pode ser o seu único foco! É importante usar as dores avaliadas na dica anterior para conquistar novos clientes também.

Por isso, use os pontos em comum destacados nessa primeira pesquisa e aplique estratégias que visem obter novos consumidores.

Procure envolver seu público-alvo em discussões que demonstrem a real capacidade da empresa em solucionar os problemas ligados às necessidades mais evidentes.

Aqui também há espaço para muita pesquisa! O que seus potenciais clientes têm lido ou pesquisado nos mecanismos de busca e nas redes sociais? As respostas a essas questões podem ditar formas eficientes de ganhar mais espaço no mercado e, por isso, merecem muita atenção.

3. Analise os pontos que seus concorrentes estão explorando

Por fim, vale citar que a velha máxima de “manter os inimigos perto” é uma excelente estratégia para movimentar os negócios da startup. Quais são os seus principais concorrentes? Quem disputa os clientes diretamente com você? Quais dores eles já estão tratando?

Saber analisar o que de melhor seus concorrentes estão fazendo para sanar as dores do cliente pode servir como base para o desenvolvimento de novas estratégias dentro do seu negócio.

Você pode observar, inclusive, o que está sendo feito de errado na concorrência e oferecer opções melhores dentro da sua startup!

Quer que sua startup tenha sucesso? Invista em relações que potencializam as chances de ganho para ambos os lados.

Tratar das dores dos clientes é um dos meios de ter um bom rendimento enquanto contribui individualmente com cada um dos seus consumidores. Invista já nessa estratégia!

Gostou do conteúdo deste artigo? Tem interesse de abrir uma startup ou quer expandir seus negócios? Deixe seu comentário abaixo!

O Autor
Vice-presidente no Asaas
Gerar boleto

Esteja sempre bem informado sem pagar nada!

Cadastre-se e receba um e-mail semanal com as últimas novidades do blog.