Como gerar 2ª via de boleto do financiamento da moto

happy young business man on white

Financiamentos de moto são, em geral, menores do que os de carro, com valor e quantidade de parcelas reduzidos. Mas isso não significa que, em um momento ou em outro, você não vai se esquecer de realizar a quitação do boleto ou, ainda, que nunca vai ficar sem recursos para manter as prestações em dia, não é verdade?

Para não ter problemas de busca e apreensão com a instituição que está financiando a moto para você, evite atrasar os pagamentos emitindo a 2ª via do seu boleto sempre que necessário, com dados atualizados, pagando os juros e a multa acordados no contrato. Quer saber como?

Siga as dicas a seguir

É claro que cada instituição financeira define a melhor maneira de geração de boleto do respectivo financiamento da moto, mas, em geral, é possível obter esse documento diretamente no site do banco. Para isso, basta acessar sua área de cliente e buscar pelo menu que indica a emissão da 2ª via do boleto. Caso não encontre essa opção, entre em contato com a financeira ou o banco para que você possa quitar a dívida o mais breve possível.

Se você já estiver a caminho da terceira prestação em atraso, procure logo a instituição financeira para renegociar sua dívida, pois, após 90 dias de atraso, o banco tem todo o direito de apreender e leiloar sua moto para pagamento dos valores em aberto.

Atente-se para os gastos extras

Outra questão a ser verificada antes de adquirir o financiamento de uma moto são os custos embutidos, como o IPVA, o licenciamento e os gastos com combustível. Lembre-se de que não é apenas a prestação que você terá que pagar, por isso, planeje-se contando com essas despesas extras anualmente. Quando for possível, quite mais de uma parcela do financiamento da moto de uma vez, para reduzir o tempo do financiamento e o valor dos eventuais juros!

 

Esteja sempre bem informado sem pagar nada!

Cadastre-se e receba um e-mail semanal com as últimas novidades do blog.