Casos de sucesso SaaS: Salesforce

saasSe existe uma empresa que realmente merece o título de pioneira do software como serviço (SaaS), esta só pode ser a norte-americana Salesforce. Inaugurada em 1999, ela praticamente criou este segmento e também a computação em nuvem ao oferecer como produto um sistema de CRM (Customer Relationship Management) para empresas de pequeno porte. Atualmente, a Salesforce é a companhia mais inovadora do mundo, segundo a revista Forbes.

Um de seus fundadores, Marc Benioff, comanda a companhia até hoje. Ao lado de Parker Harris, Dave Moellenhoff e Frank Dominguez, Marc, um veterano da indústria do software que trabalhava para a Oracle, teve a ideia de um novo negócio ao observar a insatisfação dos usuários com o Siebel, software de CRM que dominava o mercado na época. A partir de seu concorrente, os 4 fundadores começaram a desenvolver um novo modelo tanto de funcionamento quanto de compra e venda do seu serviço.

NO software para inovar

O maior desafio que a Salesforce enfrentou no início de sua vida foi quebrar os paradigmas de um mercado que estava praticamente engessado pela venda de licenças de softwares. Empresas como Microsoft, Adobe e a própria Siebel faturavam milhões com o seu modelo de negócio. A resistência era tanta que Benioff e seus companheiros chegaram a ser ridicularizados pelas grandes do setor, que desacreditaram o modelo de vendas.

Mas a Salesforce não se intimidou e ganhou a atenção do mercado com um produto simples, fácil de usar e que se adaptava às necessidades de cada cliente. E o grande diferencial: tudo funcionava através da internet. A tecnologia em nuvem cortava boa parte dos custos para as empresas, que agora não dependiam mais de um servidor local para armazenamento de banco de dados.

A estratégia inovadora de Benioff foi acompanhada por uma campanha de marketing ousada que decretava o “fim do software”. Um dos slogans do produto, que chegou ao mercado no ano 2000, era “No Software”.

E o começo não poderia ter sido melhor. Já no primeiro ano, a Salesforce conquistou 1.500 clientes e mais de 30.000 assinantes. Não demorou muito para ela se tornar uma multinacional, com operações em vários continentes.

Expandindo para agregar valor

A Salesforce sempre foi uma empresa inquieta, antecipando desejos e necessidades do mercado. Sem abrir mão de seu DNA inicial, diversificou sua gama de produtos com soluções para marketing, comunicação interna, gerenciamento de projetos e criação de sites e aplicativos. Todos eles funcionando em cloud computing e customizáveis às necessidades de cada cliente.

Com uma estratégia agressiva de aquisições, incorporou empresas e startups inovadoras, agregando ainda mais valor aos seus produtos. Foram mais de 25 aquisições até agora, incluindo a compra da Exact Target, anunciada neste ano pela quantia de US$ 2,5 bilhões.

Dreamforce para otimizar o mercado

Mas não basta apenas ser a empresa mais inovadora, a Salesforce faz questão de compartilhar o que sabe através de seu evento anual, o Dreamforce. A cada edição, ele reúne especialistas em diversas áreas para debater e encontrar soluções que melhorem o mercado, tanto para empresas quanto para consumidores. Marc Benioff mantém ainda a Salesforce Foundation, uma organização que atua em todas as comunidades onde a empresa está presente, buscando melhorias sociais.

Diante de toda essa história de sucesso, não é de se estranhar que a Salesforce tenha hoje um faturamento de mais de US$ 3 bilhões. São 100 mil clientes em mais de 23 países, entre eles, gigantes como Avon, Kimberly-Klark, Burberry, GE, Facebook, Ford e no Brasil,  a Petrobras, Embratel e Embraer também fazem uso da plataforma.

E a sua empresa, faz uso de alguma das plataformas da Salesforce? Compartilhe sua experiência com a gente através dos comentários.

banner_rodape

Gerar boleto

Esteja sempre bem informado sem pagar nada!

Cadastre-se e receba um e-mail semanal com as últimas novidades do blog.