Software como serviço: Como tudo começou

software como serviçoPode ser que você já tenha visto a sigla SaaS, mas não tenha tido a menor idéia do que isto significa. A sigla vem do inglês Software as a Service (SaaS), que no Brasil ganhou a tradução literal de Software como Serviço.

O software como serviço é um programa que somente é utilizado através da internet, ou seja, você não precisa ter ele instalado em seu computador para usá-lo.


Hoje em dia, muitas empresas de TI desenvolvem aplicativos e oferecem seus serviços através da internet. O famoso site Paypal é um software como serviço, pois você não precisa ter um programa em seu computador para operar suas compras, você pode fazer as transações pelo site e pagar pequenas taxas por isso.

Mas você já se perguntou como surgiu o software como serviço? Então fique ligado para aprender um pouco de história:

Da insatisfação ao SaaS

Antes dos anos 90 e da popularização da internet, toda empresa que precisava de um software especifico para uma determinada função, seja controle de estoque, pagamento, emissão de nota fiscal, entre outros, ela precisava comprar um software para ser instalado em seus computadores. A empresa precisava também obter a licença para usar as funcionalidades deste software e devia criar servidores próprios para interligar os computadores que iriam usá-lo.

As empresas estavam ficando insatisfeitas com os altos custos para manter um software, que consistia em:

  • Comprar o software;

  • Pagar altas taxas de licenciamento para acessar recursos e funcionalidades do software;

  • Dispor de hardware necessário para suportar o software;

  • Montar um servidor próprio para interligar os computadores que fossem utilizar o software;

  • Pagar taxas de manutenção e atualizações.

As empresas começaram a exigir das empresas de TI um modelo mais viável para a compra e utilização dos programas.

Chega a internet

Com a popularização da internet no inicio da década de 90, as empresas de TI inventaram um meio de hospedar o software na rede para oferecer os serviços do aplicativo de forma online. Com isso, o cliente não precisaria mais gastar com hardware e nem com licenças, somente iria pagar para utilizar os serviços prestados pelo software.

Antes do SaaS, veio o ASP

O modelo SaaS não surgiu logo de cara com a chegada da internet, primeiro veio o modelo ASP.

O ASP (Application Service Provider) consiste em oferecer o software pela internet, do mesmo modo que o SaaS, só que o ASP apresenta inúmeras soluções para atender a todas as demandas que um cliente possa ter. Desta forma, o software acaba ficando pesado e o cliente acaba pagando o mesmo valor que gastaria caso tivesse comprado o software para instalar em seu computador.

Com isso, o SaaS foi criado para solucionar o problema de escalabilidade que o ASP apresenta. Em vez de oferecer softwares com muitas funcionalidades especificas, o modelo SaaS trabalha com soluções universais e oferece apenas um tipo de aplicativo (que não pode ser customizado) para todos os clientes. E quando há uma mudança de funcionalidade, a atualização ocorre no aplicativo de maneira geral.

Cloud Computing, o alicerce do SaaS

O software como serviço não poderia existir se não fosse pela Cloud Computing (Computação em nuvem), uma tecnologia que oferece espaço para armazenagem de dados na rede virtual da internet. Daí o significado do nome, uma vez que o espaço de armazenagem não é físico, e sim, um espaço que fica online.

Todo software como serviço precisa de um conjunto de servidores compartilhados para oferecer ao cliente um armazém de dados que ele possa acessar de qualquer computador, bastando apenas estar conectado à internet.

O Google Docs é um exemplo de software como serviço que utiliza a tecnologia Cloud Computing.

Desafios do SaaS

O SaaS foi divisor de águas no mundo dos negócios, algumas empresas logo abraçaram a idéia, enquanto outras se mantiveram com o pé atrás. Afinal, que segurança a internet pode oferecer para dados sigilosos de uma empresa?

Mesmo sendo um modelo viável em termos de soluções de TI, o SaaS ainda enfrenta muitos desafios no que toca a questão de confiabilidade e segurança.

Muitas empresas não gostam da idéia de compartilhar dados secretos através da internet, pois acham que não há segurança alguma na rede virtual. Aqui está o maior desafio do modelo SaaS, demonstrar ao cliente que os mecanismos de hospedagem do aplicativo oferecem toda a segurança na proteção de seus dados.

Talvez este seja o maior objetivo de um fornecedor de SaaS: ganhar confiabilidade junto aos clientes.

banner_rodape

 

Gerar boleto

Esteja sempre bem informado sem pagar nada!

Cadastre-se e receba um e-mail semanal com as últimas novidades do blog.