Perfil empreendedor: Zica e Leila Velez, do Beleza Natural

African descent child

Você por acaso já sabia que Zica e Leila Velez, essas grandes empreendedoras do segmento da beleza, começaram suas carreiras respectivamente como empregada doméstica e atendente do McDonald’s? É isso mesmo! Com histórias tão ricas e inspiradoras para contar, o perfil empreendedor de hoje não poderia ser sobre ninguém mais. Então se prepare para conhecer Heloísa Assis (Zica) e Leila Velez, do Beleza Natural. Essas empresárias são o exemplo vivo de que, com bastante determinação e criatividade, é possível, sim, atingir o tão esperado sucesso nos negócios! Acompanhe agora suas trajetórias:

O Instituto Beleza Natural hoje

O Instituto Beleza Natural atualmente está presente em quatro Estados do Brasil, com 20 estabelecimentos e mais de 2 mil funcionários em suas equipes. Isso sem contar que o faturamento anual dadas sociedade ultrapassa os 150 milhões de reais. A empresa conta também com uma fábrica própria, que chega a produzir 270 toneladas de produtos para cabelo a cada mês. Até 2018, as sócias pretendem ter 120 filiais abertas pelo país afora. É absolutamente inegável o sucesso dessas mulheres empreendedoras, não é verdade?

O começo de tudo

Mas como elas chegaram lá? A história do Beleza Natural começa com as experiências pessoais das sócias, que sentiam falta de produtos para seu tipo de cabelo no mercado. Assim, elas procuraram suprir essa carência de oferta por meio do desenvolvimento de um creme próprio para cabelos crespos e ondulados.

EA foi exatamente a falta de produtos especializados naquela época — além, claro, da qualidade da fórmula desenvolvida — que fez com que o retorno financeiro viesse muito rapidamente. Essas mulheres empreendedoras souberam aproveitar bem o patenteamento de sua solução e a propaganda boca a boca. Da Tijuca, no Rio de Janeiro, expandiram seus negócios para outros bairros e, eventualmente, para outros Estados.

Os desafios do empreendimento

Um dos principais desafios que Zica e Leila logo tiveram que enfrentar foi o levante do investimento inicial para a abertura do negócio. Ainda que o projeto tenha começado na própria residência das empresárias, obviamente foi necessário comprar matérias-primas e investir minimamente na adequação da infraestrutura. Aí entraram os maridos, que apostaram na ideia e decidiram investir todas as suas economias na abertura do primeiro Instituto Beleza Natural, em 1993.

A criatividade produtiva do Beleza Natural

A partir de sua experiência como atendente do McDonald’s, Leila ajudou a organizar o processo produtivo do instituto em diferentes etapas, o que reduziu custos e otimizou a prestação de serviços. O objetivo era atender o máximo possível de clientes, com altíssima qualidade e aumentando cada vez mais a escala ofertada ao mercado.

Assim, as habilidades do perfil empreendedor das sócias foram devidamente aproveitados e aplicados no próprio crescimento do negócio, o que só evidenciou um incrível senso de oportunidade, aliando a necessidade da maioria da população brasileira — que tem cabelos crespos ou ondulados — ao aumento de renda das classes média e alta no país. Nesse cenário, o sucesso nos negócios e a expansão dos rendimentos precisavam apenas de tempo.

Agora, devidamente inspirado para tirar suas próprias ideias do papel e transformá-las em realidade, comente aqui e divida conosco suas impressões! Participe!

 

Gerar boleto

Esteja sempre bem informado sem pagar nada!

Cadastre-se e receba um e-mail semanal com as últimas novidades do blog.