Perfil empreendedor: Bel Pesce

Perfil empreendedor Bel Pesce

Ela é conhecida como a “menina do Vale” e representa todas as meninas e meninos, homens e mulheres brasileiros cheios de ideias e com muita coragem para enfrentar os desafios para obter sucesso nos negócios. No post de hoje, conheça Bel Pesce e suas lições de empreendedorismo.

O MIT

O Massachusetts Institute of Technology (MIT) é um dos centros de estudos mais importantes do mundo, por onde passaram algumas das mentes mais brilhantes dos últimos tempos. Bel descobriu o MIT quando se preparava para o vestibular em outra grande instituição, o ITA, aqui no Brasil, e logo decidiu que estudaria no MIT. No entanto, ela já havia perdido algumas etapas que fazem parte do processo seletivo da instituição,  dentre elas, a inscrição para a prova e uma entrevista que deveria ser feita por um ex-aluno. Bel conta que decidiu arriscar e transformar o problema em oportunidades e que, apesar das chances mínimas da tentativa dar certo, valia a pena tentar.

Uma lição de perseverança e um pouco de sorte

Foi então que ela acabou encontrando um ex-aluno da instituição que vivia em São Paulo e foi procurá-lo. Sem entender como funcionava essa entrevista, Bel preparou uma caixa de papelão e nela colocou tudo o que havia feito na vida até então: lembranças dos trabalhos voluntários e em empresas, livros que escreveu quando ainda era criança, entre outras coisas. Com toda coragem, pediu ao ex-aluno que a entrevistasse mesmo passado o prazo. Ele concordou.

Faltava a prova. Bel foi ao local de aplicação e pediu para fazer o exame, mas a organização do MIT informou que as provas vinham contadas para o Brasil. Como última tentativa, Bel pediu para aguardar e ver se haveria alguma desistência e conseguiu prestar a prova. No ano de 2006, Bel Pesce foi aceita no MIT. Ela saiu da instituição com 4 diplomas: administração, ciências da computação, economia e matemática.

O Vale do Silício

Em 2009, ainda no MIT, por conta de um projeto do mestrado profissional, Bel trabalhou para o Google, na sede da empresa. Ela atuava na área de desenvolvimento do famoso Google Translate, mas acabou trancando o curso para investir no próprio negócio. Bel trabalhou também na Microsoft, em uma startup interna. Além disso teve a oportunidade de conhecer Bill Gates e visitar sua casa.

A descoberta do empreendedorismo

Mesmo com uma carreira que poderia torná-la uma funcionária de alto escalão das gigantes Google e Microsoft, o perfil empreendedor de Bel falou mais alto. A primeira empreitada foi integrar a startup Ooyala, criada por ex-colaboradores da Google e que trabalhava com serviço de vídeos online. Bel conta que a experiência a ajudou a aprender como administrar e fazer crescer uma empresa. Foi então que, em 2011, ela e mais dois sócios criaram a Lemon Wallet, um serviço que transforma o telefone em uma carteira digital. Três meses depois, o produto já possuía mais de 1 milhão de usuários.

A menina do Vale

Em 2012, Bel resolveu colocar a sua história de sucesso nos negócios em um livro e, assim, inspirar o perfil empreendedor de outras pessoas. Para ela, empreender é fazer a diferença na vida das pessoas e “A Menina do Vale” acaba servindo como um manual que ajuda a entender o que é e como trabalhar com empreendedorismo. O melhor de tudo é que o livro pode ser baixado gratuitamente aqui.

Além de empreender, Bel queria também educar. Desse sonho nasceu, em 2013, a FazINOVA, que oferece cursos online e presenciais sobre empreendedorismo. A plataforma conta com cursos e séries gratuitas.

E então, ficou inspirado pela carreira de Bel Pesce? Compartilhe sua opinião nos comentários!

Gerar boleto

Esteja sempre bem informado sem pagar nada!

Cadastre-se e receba um e-mail semanal com as últimas novidades do blog.