Empreendedorismo sustentável: por que investir nessa corrente?

Por Redação Asaas
Publicado em 11 de agosto, 2015 | Atualizado em 18 de janeiro, 2022

Nos últimos tempos, tem-se usado bastante o termo sustentabilidade para indicar que determinados produtos, serviços ou mesmo os empreendimentos não agridem o meio ambiente, usando materiais recicláveis ou se preocupando com seus resíduos. No entanto, será que sustentabilidade se resume somente a isso? O que realmente faz com que um negócio seja considerado sustentável?

O fato de não existir um conceito bem delimitado faz com que as empresas usem esse rótulo sem muita clareza, o que pode confundir o consumidor. Pois, para evitar mal-entendidos, explicaremos neste post o que é empreendedorismo sustentável e por que empresários devem se preocupar com ele. Acompanhe a seguir.

Conteúdo

Afinal, o que é o empreendedorismo sustentável?

Embora o termo empreendedorismo sustentável seja comumente relacionado a negócios ambientalmente amigáveis, ele na verdade é muito mais amplo que isso. Quando uma empresa se autodenomina sustentável, ela está dizendo ao público que sua atividade gera bons resultados tanto no âmbito financeiro, como no ambiental e no social.

A Organização das Nações Unidas definiu desenvolvimento sustentável como a capacidade de satisfazer as necessidades da nossa geração sem comprometer as gerações futuras. Isso quer dizer que os empreendimentos sustentáveis devem se preocupar em atender, com responsabilidade social e ambiental, a demanda de seus clientes.

Além disso, essas companhias também assumem o compromisso de não explorar fornecedores e colaboradores, mantendo uma política transparente e adequada às exigências da lei.

Por que se preocupar com o conceito de sustentabilidade?

Organizações que adotam responsabilidade pela sociedade e pelo meio ambiente têm muito mais chances de sobreviver e competir no mercado do que aqueles empreendimentos que só se preocupam com o retorno financeiro, independentemente do que for preciso para alcançar o lucro.

A verdade é que as pessoas estão cada vez mais interessadas nos processos das empresas, considerando o tipo de material usado nos produtos, a forma como as companhias tratam seus funcionários e como elas impactam a comunidade local — se geram empregos para moradores da região, se minam os pequenos negócios e assim por diante.

Assim, a vantagem competitiva de empreendimentos sustentáveis está cada vez mais clara, uma vez que segue crescendo a demanda por produtos econômica, ambiental e socialmente amigáveis.

Como ter um empreendimento sustentável?

Depois de entender melhor o conceito de sustentabilidade, os empresários devem se perguntar sobre que tipo de realidade gostariam de deixar para seus filhos e netos, além de como a companhia se encaixa nessa realidade. A partir daí, eles devem adotar práticas para reduzir o impacto negativo de seu negócio, tais como:

  • diminuir o consumo de água e luz na empresa e extinguir o consumo de copos plásticos — com cada funcionário tendo sua própria caneca, por exemplo;
  • firmar parcerias com instituições que promovam, de alguma maneira, o bem-estar social de grupos de pessoas;
  • zelar pela qualidade de vida de seus funcionários e colaboradores;
  • trocar máquinas antigas por equipamentos recentes, que gastem menos energia;
  • diminuir o volume de embalagens ou trocá-las por materiais recicláveis ou que causem menos impacto ao meio ambiente.

Quais as maiores vantagens de empreender de forma sustentável?

Agora que você já entendeu um pouco melhor o conceito de empreendedorismo sustentável e viu como essa escolha pode ser interessante para o funcionamento do seu negócio, vamos trazer mais clareza e elencar as vantagens de empreender dessa maneira. Continue lendo o post e veja algumas formas pelas quais você poderá até aumentar os lucros ao optar pela sustentabilidade!

Aumento das oportunidades

Uma das grandes vantagens de empreender de forma sustentável é que isso, nos dias de hoje, gera um grande aumento de oportunidades de negócio. Afinal, esse é um tema que está em voga e boa parte das marcas, fornecedores e clientes preferem uma negociação com quem está em melhor sintonia com esse conceito e com o meio ambiente.

A relevância dessas medidas perante a sociedade tende a despertar um olhar interessado de potenciais investidores. Dessa maneira, você terá chances reais de expansão em outros mercados, sendo esse um efeito totalmente natural, já que os modelos de negócios pautados na sustentabilidade costumam ser muito promissores.

Aprimoramento da imagem

Outra vantagem de empreender de forma sustentável é que isso melhora a imagem da empresa diante do mercado, dos clientes e até da concorrência. Independentemente do ramo no qual o seu negócio está inserido, esse é um tremendo diferencial competitivo, que pode impactar positivamente em curto, médio e longo prazo.

Não é novidade para ninguém que as pessoas estão cada vez mais críticas e atentas aos processos produtivos e, por isso mesmo, você terá muito mais chances de se destacar de forma positiva ao adotar ações voltadas para o meio ambiente.

Retorno para a sociedade

Uma preocupação muito comum para os empresários dos dias de hoje é oferecer um retorno para a sociedade. Essa é, sem dúvidas, outra grande vantagem de empreender de forma sustentável. Em outras palavras, trata-se de fazer com que o negócio promova a preservação e a manutenção do meio no qual ele está inserido.

O conceito de que a nossa própria qualidade de vida depende do estado do ambiente em que vivemos já está fixado na mente dos consumidores, e os empreendimentos que compreendem esse papel estão ganhando destaque. Isso é sinônimo de investir em meios de produção menos poluentes, por exemplo.

Economia a longo prazo

Pouca gente pensa por esse lado, mas investir em práticas sustentáveis pode significar uma boa economia, especialmente em médio e longo prazo. Ser sustentável não é, obrigatoriamente, ter que apostar em processos mais caros e, dependendo da área e das mudanças propostas, isso pode significar reduzir os custos.

Um exemplo bem prático é a utilização de copos descartáveis. Em um primeiro momento, a sua aquisição é menos dispendiosa do que os modelos de vidro. No entanto, a durabilidade cobra o seu preço e, mais à frente, os números se invertem. Da mesma forma, o uso de lâmpadas de LED exige um investimento maior no início, mas em longo prazo é muito mais rentável do que lâmpadas fluorescentes devido ao menor consumo de energia.

Quais as dicas para implementar o empreendedorismo sustentável?

Se você chegou até aqui, é bem provável que já esteja cogitando a adoção de medidas de sustentabilidade no seu empreendimento. Por isso, vamos dar agora algumas das principais dicas para implementar o empreendedorismo sustentável. Confira abaixo quais são e como você pode fazer isso!

Estabeleça sua missão e foque nela

Se a sua empresa não tem uma missão definida, é hora de mudar essa realidade e, de preferência, incluir o conceito de sustentabilidade na sua elaboração. Podemos definir a missão como uma espécie de “razão de ser” da instituição, o propósito pelo qual a gestão e os demais funcionários devem trabalhar e batalhar a cada dia.

Logicamente, isso tem a ver com o segmento no qual o negócio está inserido e como ele deseja ser reconhecido e compreendido pelos seus clientes, fornecedores e parceiros. Esse não deixa de ser um exercício de aprendizado e auto avaliação, que devem estar alinhados ao desejo de implementar o empreendedorismo sustentável.

Incentive a consciência coletiva

Pouco adianta adotar medidas de empreendedorismo sustentável se os seus colaboradores, que são o maior ativo da sua empresa, não comprarem essa ideia. Isso pode ser mais difícil do que parece e, por este motivo, você deve investir na conscientização e ressaltar de maneira constante a relevância dessas ações.

Seja claro e apresente os objetivos que a organização pretende alcançar ao adotar as práticas sustentáveis, mostrando que esse é um diferencial competitivo no mercado. Outra boa ideia é oferecer treinamentos específicos, para que toda a equipe vá criando a mentalidade necessária para questões sociais e ambientais.

Busque fortalecer essa ideia

O dia a dia é o grande desafio para a implementação de qualquer ideia nova por parte dos gestores, mas as ações propostas tendem a se enraizar com o passar do tempo. No entanto, isso não quer dizer que você deve esperar isso de forma passiva, uma vez que, para mais chances de sucesso, é preciso manter o diálogo e reafirmar a importância da nova realidade.

Além dos treinamentos, como dissemos, você deve sempre analisar e avaliar os processos, com a finalidade de reduzir os impactos negativos ao meio ambiente. Outra estratégia bacana é, sempre que possível, investir em novos equipamentos e maquinários que sejam menos poluentes, gastem menos energia e assim por diante.

Inspire-se em cases de sucesso 

Por fim, uma das melhores dicas para implementar o empreendedorismo sustentável é se inspirar em cases de sucesso. Felizmente, como essa é uma grande preocupação na sociedade atual, não faltam bons exemplos, muitos deles aqui no Brasil. É uma forma de adquirir ideias, conceitos e, especialmente, de perceber como isso é vantajoso.

Um modelo a ser seguido é a Natura, uma fabricante reconhecida pela sua grande preocupação socioambiental, que passa essa percepção de valor para os clientes em todas suas ações de marketing. Já a Unilever é uma multinacional, mas também não abre mão desse conceito, sendo uma líder mundial quando o assunto é sustentabilidade.

Por mais que o empreendedorismo sustentável ainda não seja um conceito muito bem definido para boa parte dos empresários, essa realidade está mudando e é preciso entender, desde já, que as vantagens que podem ser obtidas ao se adotar atitudes que contribuam com o planeta vão bem além de meros cuidados com o meio ambiente.

Você já pratica alguma atitude sustentável na sua empresa que gostaria de compartilhar conosco? Escreva nos comentários! Aproveite para ler mais sobre temas relacionados com a gestão de seu negócio, conferindo o nosso outro post que traz excelentes dicas sobre administração!

No Asaas você tem cobrança por ligação telefônica