Como definir descontos e juros para o pagamento dos boletos?

02I21427Oferecer o boleto bancário nos métodos de pagamento de seu negócio é uma ótima estratégia para atrair mais clientes. Contudo, esse não é um método de pagamento automático e está sujeito a atrasos. É preciso ficar atento pois taxas altas de inadimplência certamente irão prejudicar o fluxo de caixa do seu empreendimento. Mas para ter maior segurança com relação aos seus recebíveis através de boleto, a dica é simples: é necessário definir uma política que estimule o pagamento em dia.

Incentivar o pagamento até a data limite pode ser feito de duas maneiras: dando descontos para quem paga antes ou cobrando juros e multa de quem não paga em dia. Hoje vamos explicar como realizar esses cálculos para gerar os pagamentos em boleto.

Calculando os descontos

A política de descontos está muito relacionada à estratégia de preços do seu negócio. Cada empreendedor pode definir práticas específicas para seus produtos, de acordo com os objetivos que pretende atingir. Se quiser saber mais sobre como definir as margens de preços do seu negócio, leia também esse post do nosso blog.

O cálculo para o desconto antes do vencimento é uma porcentagem simples. Se o cliente possui um boleto no valor de R$ 500,00 e o desconto para pagamento antecipado for de 10%, basta uma regra de três para achar o valor a ser cobrado.

R$ 500,00 corresponde a 100%

X corresponde a 10%

Portanto:

R$ 500,00 * 10% / 100% * X

X = 500 * 0,1 / 1

X = R$ 50,00

O valor final a ser pago pelo cliente será o valor inicial subtraído do desconto. Ou seja, R$ 500,00 menos R$ 50,00, totalizando R$ 450,00.

Como calcular a multa?

O Código de Defesa do Consumidor (CDC) estabelece limites para a cobrança de multas e juros em boleto bancário. É importante estar atento a esses valores para não ter problemas judiciais com sua clientela. O Procon recebe muitas denúncias de cobranças abusivas todos os anos. Mantenha a boa reputação do seu negócio, obedecendo os limites estabelecidos na lei.

Segundo o CDC, a multa por atraso não pode exceder 2% o valor do boleto. Essa cobrança está relacionada ao valor do contrato e não ao tempo em que o cliente atrasou. Portanto, não importa se ele atrasou o pagamento do boleto em 10 dias ou em 1 ano. O valor da multa não poderá ultrapassar 2% do valor cobrado inicialmente.

Como cobrar os juros?

Os juros também possuem um teto de cobrança estabelecido no CDC. Ao contrário do que acontece com a multa, a cobrança dos juros está condicionada ao tempo em que o cliente ficou sem pagar o que devia.

O valor dessa taxa não pode ultrapassar 1% do valor do boleto ao mês. Além disso, ela deve ser cobrada proporcionalmente aos dias em que o cliente atrasou. Isso significa que se o atraso foi de 30 dias, a cobrança será o teto de 1%. Contudo, se o atraso foi de 20 dias, quanto deverá ser aplicado de juros?

Para achar a resposta, basta multiplicar 0,033% pelo número de dias em atraso. No nosso caso, 0,033% * 20 dias. O resultado é 0,66%.

Mantenha-se atento aos valores estabelecidos no CDC e continue ligado aqui para saber mais sobre cobranças, boletos, maneiras de ampliar e melhorar os negócios!

Caso tenha algum assunto de seu interesse que ainda não publicamos, é só deixar um comentário!

banner_rodape

Gerar boleto

Esteja sempre bem informado sem pagar nada!

Cadastre-se e receba um e-mail semanal com as últimas novidades do blog.