Aceleradoras brasileiras e suas especialidades

aceladoraNos últimos anos o Brasil presenciou um grande crescimento no número de empresas digitais, as startups. Aliado a isso, também cresceu o número de mentores, investidores, incentivos governamentais e, em um processo mais maduro, aceleradoras.

Para contextualizar, aceleradoras são empresas que se associam com startups em troca de uma pequena parcela do negócio, em geral 15%. Elas oferecem investimento, mentoria além de suporte contábil e jurídico por um período de seis meses a um ano. A intenção é desenvolver o produto ou serviço da startup e conseguir mais investimento na sua saída.

Seria impossível listar toda as aceleradoras que existem no Brasil. Dessa forma, listamos as quatro mais importantes e suas especialidades. Vale lembrar que todas as aceleradoras abaixo são participantes do programa Startup Brasil, que visa desenvolver empresas através de incentivo do Governo Federal.

21212 Digital

Sediada no Rio de Janeiro mas com um pé em Nova Iorque (21212 é a junção dos códigos telefônicas das duas cidades), a 21212 acelera hoje oito startups e está focada no mercado mobile brasileiro. Apesar do foco em mobile, a aceleradora procura por produtos e serviços que possam ser replicados em qualquer lugar do mundo. Com um vasto time de mentores, participa ativamente de todos os aspectos no desenvolvimento da empresa.

Wayra Brasil

Projeto de aceleração de empresas digitais capitaneado pela Telefônica em uma estratégia global, a Wayra Brasil está presente hoje em doze países além do Brasil, entre eles Argentina, Reino Unido, México e Espanha. Acelera cerca de 268 startups pelo mundo e já fez 22 chamadas bem-sucedidas.

Apenas no Brasil, já foram vinte projetos acelerados em três convocatórias, em um total de 518 projetos submetidos. Com trabalho focado em startups que possuam grande escalabilidade, oferece além de investimento, acesso a mentores de toda a rede da Telefônica, além de academias com toda a estrutura física que uma empresa nascente precisa.

Pipa

Outra iniciativa sediada no Rio de Janeiro, a Pipa é uma das mais recentes e inovadoras aceleradoras brasileiras. Procura por negócios que gerem algum tipo de impacto social, gerando valor financeiro, social e ambiental. Destaca-se, também, por proporcionar um ambiente de educação em empreendedorismo através de cursos de inovação, negócios de valor compartilhado, branding, design-thinking, lean startup, business model canvas, dentre outros.

Papaya

A Papaya Ventures utiliza um modelo um pouco diferente das outras aceleradoras: escolhe suas startups baseada em um tema definido por tendências tecnológicas, de negócios e de consumo. Isso significa que em cada período de aceleração apenas um modelo de empresa é escolhido. O tema de 2013 é mobile B2B. Isso faz dela a única aceleradora temática do Brasil.

Interessante ressaltar que a Papaya baseia suas escolhas em quatro princípios: experiência do usuário, mentoria, negócios para um mundo melhor e funcionalidade única.

Outras aceleradoras

Apenas no programa Startup Brasil ainda há mais cinco aceleradoras: 55415, Acelera Brasil, Acelera MGTI, Aceleratech e Start You Up. Todas com suas importâncias, especialidades e diferenças. Porém, com um objetivo em comum: criar, no Brasil, um ecossistema favorável a novas empresas digitais, buscando o desenvolvimento de modelos sustentável e lucrativo.

Você conhece outras aceleradoras? Aproveite os comentários abaixo e compartilhe sua opinião conosco.

banner_rodape

 

Gerar boleto

Esteja sempre bem informado sem pagar nada!

Cadastre-se e receba um e-mail semanal com as últimas novidades do blog.