Apostar nas entregas a domicilio traz vantagens ao pequeno comércio. Veja nossas dicas!

entregas a domicilio

A logística da vida diária nas cidades brasileiras, sejam elas grandes ou médias, é cada vez mais complicada. Muitos carros, pouco estacionamento e ruas estreitas em municípios que crescem sem nenhum planejamento são fatores que deixam o trânsito bastante estressante. Adicione a correria das jornadas de trabalho, o cansaço da rotina e tantas outras atividades e pronto: temos um terreno fértil para o crescimento de serviços de entrega de todos os tipos.

Sendo assim, se você tem um pequeno comércio, é interessante avaliar se um serviço de entregas a domicílio traria aumento de vendas ao seu negócio. Há vários segmentos que se beneficiam de um serviço de delivery – mercadinhos, frutarias, pet shops, padarias, farmácias – , principalmente se você agregar diferenciais a esse serviço.

Será que vale a pena?

Há demanda para esse tipo de serviço? Responder a esta pergunta é essencial para saber se vale a pena entregar a encomenda dos consumidores em casa. Converse com seus clientes habituais para saber se eles usariam o delivery ou preferem buscar o produto na loja. Observe também os concorrentes, para saber se já oferecem o serviço.

Agregando valor ao delivery

O serviço de entrega em casa tem que facilitar a rotina do cliente em vez de complicar. É importante, então, criar mecanismos que permitam aos consumidores fazer as suas escolhas sem medo de levar para casa o produto errado ou algum que não atenda às suas necessidades. Para minimizar isso, disponibilize as fotos dos produtos comercializados em site na internet e treine atendentes para que sejam capazes de orientar os clientes adequadamente.

Além disso, agregue valor ao seu produto: se trabalha com frutas e legumes, por exemplo, você pode criar uma cesta semanal que é entregue na casa do cliente, em determinado dia da semana, mediante um pagamento mensal. Ou entregar pães e bolos quentinhos pela manhã na casa do consumidor. Traga praticidade para o dia a dia de seus clientes – eles voltarão sempre!

Frota própria ou terceirizada?

Se o seu negócio atende uma região restrita e bem definida, pode ser interessante investir na frota própria. Basta que você se lembre que adicionará aos custos do negócio o valor da aquisição dos veículos e os salários dos entregadores.

Já se a sua empresa pretende entregar em uma região mais ampla, passa a ser interessante terceirizar o sistema de entregas, deixando o serviço nas mãos de uma empresa que tenha uma frota e um sistema mais robustos, de forma a não perder clientes por conta de demora no atendimento. Outra vantagem da terceirização é a redução dos custos (em relação à frota própria), principalmente no caso do investimento inicial, que é bem menor.

Softwares de gerenciamento de rota

Não adianta oferecer um serviço de delivery demorado, que entrega o produto em condições insatisfatórias (comida fria, bebida quente e demais problemas). Por isso, se for investir na rota própria, é interessante pensar em um sistema de gerenciamento de rotas, principalmente se o seu negócio “tem horários de pico” como é o caso de lanchonetes, restaurantes e padarias, por exemplo.

Agora, se no seu comércio as ligações não se concentram em determinados horários, dá para organizar as entregas por meio de planilhas, com a ajuda do Google Maps. Mas lembre-se que os principais motivos de o seu cliente solicitar o delivery são a comodidade e a agilidade. Não dá para deixar de entregar isso a ele!

Plano de assinaturas e cobranças recorrentes

Quando você oferece mais de um tipo de entrega, ou seja, kits maiores, menores, especifícos para um grupo de pessoas, é importante precificá-los de forma diferente um do outro. Assim, há mais chances de atender pessoas com gostos distintos. Para fidelizar de vez a clientela, uma grande ideia é criar planos de assinaturas para que o pagamento seja feito mensalmente. Você pode emitir boletos, liberar o pagamento via débito em conta ou até mesmo por cartões. O importante é gerenciar bem os valores que chegam.

Para aumentar sua segurança, é essencial cobrar os  clientes por e-mail ou sms, através de cobranças recorrentes diretas, eficientes e impessoais. Assim, você evita a inadimplência!

Divulgação

Um site bem montado, com cardápio ou catálogo de produtos para facilitar a escolha do cliente, é fundamental. A possibilidade de encomendar via internet agrega valor ao serviço. A presença nas redes sociais também é recomendada. Ter uma página no Facebook, publicar fotos, divulgar promoções já é um bom começo!

Outra boa alternativa de divulgação são os guias online, que existem na maioria das cidades. Se a sua área de atuação é restrita, o velho e bom panfleto não deve ser desconsiderado, assim como o anúncio em jornal local. Lembre-se da velha máxima: propaganda é a alma do negócio!

E então, animado para implementar um sistema de entregas em seu negócio? Ainda tem alguma dúvida? Deixe o seu comentário!

banner_rodape

 

Gerar boleto

Esteja sempre bem informado sem pagar nada!

Cadastre-se e receba um e-mail semanal com as últimas novidades do blog.