Aprenda dicas de empreendedorismo para impulsionar seu negócio

por Gestão de Negócios

Que tal receber algumas dicas de empreendedorismo? Infelizmente, esse tipo de assunto não é abordado nas escolas e nem nas faculdades. Como resultado, vemos pessoas que têm potencial e desejo de empreender, mas não estão preparadas para tal.

Na hora de começar a sua própria empresa, não basta apenas ter uma grande ideia de negócio e espírito empreendedor. É preciso entender que, para o empreendimento ter sucesso, algumas habilidades específicas são necessárias, assim como uma atenção especial para alguns pontos do negócio.

Como nós sabemos disso, separamos neste post 15 dicas de empreendedorismo que você precisa saber antes de começar sua empresa. Confira!

1. Mantenha sua cabeça no lugar

Uma das maiores armadilhas do empreendedorismo é aquela que diz que a vida de um empreendedor é mais tranquila, pois você não tem um chefe para cobrar o trabalho e o resultado. Diferentemente disso, é preciso entender que além da automotivação para trabalhar diariamente, à medida que a empresa cresce o empreendedor passa a ter diversos outros “chefes” cobrando resultados, como clientes, investidores, parceiros e funcionários.

Além disso, a concorrência do mercado oferece uma certa pressão pelos resultados, visto que se você não se esforçar, perderá clientes para outras empresas. Portanto, é uma tremenda ilusão entrar para o mundo do empreendedorismo acreditando que, quando você for seu próprio chefe, não terá mais preocupações, cobranças, dificuldades e percalços no meio do caminho.

Na verdade, esses problemas costumam ser aumentados para o empreendedor. Ele tem o risco total do negócio e deverá arcar com todos esses encargos. Entretanto, uma coisa é verdade e precisamos afirmar: com o passar do tempo, você vai pegando o jeito e a gestão do seu negócio passará a funcionar de forma mais otimizada, possibilitando que você tenha mais tranquilidade no dia a dia da empresa.

Assim, é possível até tirar uns dias de férias fora de época para viajar com a família.

Porém, isso demandará tempo e, enquanto esse nível não chega, você terá que se manter firme ao propósito de construir o seu empreendimento e fazer com que ele se desenvolva.

2. Esteja pronto para qualquer cenário

Estar pronto para todo e qualquer cenário é uma das principais dicas de empreendedorismo que você receberá neste artigo. Normalmente, quando alguém começa um negócio próprio, sua visão está sempre focada no sucesso e em um futuro promissor. No entanto, todos nós sabemos que, nesse caminho, imprevistos acontecem e que sempre há o risco de as coisas não darem certo. Por isso, esteja preparado para aqueles momentos em que as coisas dão errado.

Obviamente, existem muitos negócios que conseguem prosperar sem passar por situações difíceis no início e quando essas situações acontecem, a empresa já está bem estruturada e pronta para superar qualquer cenário de dificuldade.

Entretanto, o que precisa ficar bem claro nesse ponto é que o sucesso do seu empreendimento será medido pela sua capacidade de superar momentos de instabilidades, crises ou dificuldades.

Acredite, o empreendedor que conseguir vencer essas dificuldades terá em suas mãos um negócio extremamente sólido, que dificilmente será castigado pelas intempéries do mercado ou demais fatores alheios a sua vontade.

3. Conheça seu mercado

Entender o mercado de atuação para abrir uma empresa é o mesmo que estudar um mapa antes de viajar a um local desconhecido. Afinal, sem ele é bem provável que você se perca, atrasando sua viagem e fazendo você ter mais custos. Podemos trazer esse cenário hipotético para o mundo do empreendedorismo, especialmente, no que se refere ao conhecimento de mercado.

É preciso conhecer bem qual é o contexto em que você vai atuar, quem são as pessoas que já estão presentes ali e de que forma elas enfrentam o dia a dia para conseguirem prosperar. Dessa maneira você já chega muito mais preparado para aquilo que vai encontrar.

Além disso, o conhecimento de mercado faz com que você evite custos desnecessários, como, por exemplo, publicidade para pessoas que não têm interesse em seu negócio.

Suponhamos que você tenha uma loja de roupas para surfistas. Se você conhece bem o seu público, direcionará toda a sua estratégia de marketing para os seus clientes em potencial. Poderá colocar anúncios em quiosques próximos a praias, propagandas em páginas relacionadas em redes sociais, entre outras ações de marketing.

Dessa forma, você atinge diretamente o público que deseja. Entretanto, se você fizer uma ação de marketing para essa mesma loja em frente ao fórum de sua cidade, onde frequentam advogados, juízes, desembargadores, será que o trabalho teria o mesmo efeito?

Por isso é importante que você conheça bem o seu público-alvo. Dessa forma, toda a sua comunicação será feita diretamente para as pessoas que têm interesse em adquirir os seus produtos e serviços. Consequentemente, seu empreendimento venderá mais e você terá mais retorno sobre os investimentos (ROI).

4. Invista nas pessoas certas

Montar uma equipe com profissionais de qualidade é fundamental para que sua empresa consiga atingir bons resultados e uma base de clientes que mantenha o negócio em operação. Muitas listas com dicas para empreendedores falam sobre investir em pessoas, mas poucas atentam para a necessidade de investir nas pessoas certas. Saber escolher quem são aqueles que vão trabalhar ao seu lado é o que vai fazer o seu sucesso acontecer.

Um velho hábito dos empresários brasileiros é contratar um colaborador muito rapidamente e demorar muito para demitir. Isso significa que, a maioria das seleções de pessoal é feita sem o devido cuidado, pulando a etapa das entrevistas, período de testes, entre outras.

Além disso, demora-se tempo demais esperando que o colaborador se adapte à empresa, o que, muitas vezes, não ocorre. Enquanto isso, o negócio vai sofrendo com profissionais de baixa qualidade até que o empresário tome uma atitude.

O correto deveria ser o caminho inverso. Você precisa perder tempo estudando, pesquisando e entendendo o perfil de cada candidato e, quando ele for contratado, avaliar rapidamente o seu desempenho, verificar o que não está correto e oferecer oportunidades para que ele melhore. Contudo, se isso não ocorrer, infelizmente a demissão é o caminho correto a seguir.

Fazendo isso, você conseguirá montar uma equipe de colaboradores engajada e verdadeiramente comprometida com o crescimento do negócio. A partir desse ponto, será necessário investir nessas pessoas, possibilitando que elas cresçam como profissionais.

5. Aprenda noções de marketing

Todo empreendedor, antes de qualquer coisa, precisa saber vender sua ideia, sua empresa, seu produto ou ainda seus serviços. Estender esse conhecimento, de maneira que seja possível aplicar no marketing, é outra dica essencial para empreendedores que buscam o sucesso.

Afinal de contas, o que é fazer marketing se não vender alguma coisa para alguém? Estude as plataformas disponíveis, em especial no marketing digital, e veja como é possível unir vendas e marketing para aumentar seus resultados. Use e abuse, por exemplo, dos benefícios das redes sociais e do alcance que esse tipo de mídia proporciona.

Conhecer um pouco de marketing também é importante para saber atingir em cheio o seu público-alvo. Atualmente, existem inúmeras opções para isso, entre elas, optar por ações no meio digital, que demandam menos capital e podem ser aplicadas em redes sociais, blogs e sites, e também ações em canais off-line (rádio, TV, outdoors, feiras). A escolha dos canais onde você vai estar depende do seu orçamento e de onde seu público está.

6. Mensure a performance para melhorar sempre

Administrar uma empresa sem olhar para indicadores de desempenho é o mesmo que pilotar um carro sem o painel de controle do veículo. Na busca por resultados, trabalhar com métricas e indicadores é essencial, pois são esses os números que vão mostrar se você está mais perto ou mais longe da meta estabelecida.

Essa dica está diretamente ligada ao investimento em pessoas. Ao mensurar e medir o desempenho dos processos relacionados a cada colaborador, você terá a clara noção da performance de cada pessoa e poderá oferecer oportunidades de melhoria, dar benefícios e recompensas para colaboradores mais eficientes e até dispensar aqueles que não estão atendendo às necessidades da empresa.

7. Saiba liderar sua equipe

Saber liderar um time de trabalho é um dos principais atributos para quem quer ser um empreendedor e estar à frente de uma empresa. O líder é aquele que direciona e motiva o trabalho de todos, pois dessa maneira as pessoas ficam felizes, motivadas e os objetivos da organização tem maiores chances de serem atingidos.

É a postura do líder que vai refletir diretamente na produtividade da equipe, que só vai se comprometer se o líder for comprometido. Os seus colaboradores serão um espelho do seu líder.

Isso significa que, se você não souber como agir com os seus funcionários e, principalmente, não der o devido exemplo, eles certamente não terão cuidado em realizar um trabalho eficiente para o seu empreendimento.

Portanto, além de saber liderar e, acima de tudo, respeitar cada um dos seus colaboradores, é necessário mostrar para eles que você é um líder comprometido e preocupado com os funcionários e com o crescimento da empresa.

Isso pode ser feito com ações simples como: chegar mais cedo, estar presente em todos os setores e dedicar um tempo para auxiliar e ouvir as dúvidas dos seus liderados.

Assim, eles verão em você não apenas um chefe, mas um líder capaz de solucionar problemas e entender a individualidade dos colaboradores. Assim, seus liderados se sentirão mais motivados para executar as suas atividades diárias.

8. Desenvolva um bom plano de negócios

Desenvolver um bom plano de negócios é uma das melhores dicas de empreendedorismo que você pode receber. Essa estratégia, também chamada de planejamento empresarial, nada mais é do que uma espécie de documento, no qual você colocará alguns detalhes relacionados com o seu empreendimento, o segmento e os processos internos.

Em outras palavras, trata-se de uma espécie de projeto que coloca, em linguagem escrita, como sua empresa funcionará. Você pode colocar nesse plano o propósito da sua empresa, os investimentos mais importantes, as fontes de receita e as principais despesas, algumas metas e o tempo estipulado para alcançá-las, as ações de marketing, o público-alvo pretendido, e assim por diante. Isso ajuda na tomada de decisões e no realinhamento de estratégias.

9. Tenha um bom planejamento financeiro

Não adianta muito ter um bom plano de negócios se você não tiver um bom planejamento financeiro. Essa é, portanto, mais uma das dicas de empreendedorismo para você e sua empresa. Como o próprio nome já diz, essa é uma ferramenta que busca esclarecer e fornecer elementos importantes da saúde econômica do seu negócio.

É preciso compreender o capital de giro dentro do seu orçamento, as principais despesas, os custos constantes, as melhores fontes de renda, os impostos a serem pagos, os prazos para isso, o pagamento de salários, o volume do estoque e assim por diante. Mais uma vez, colocar tudo no papel ajuda a visualizar melhor o empreendimento como um todo.

10. Aprenda técnicas de negociação

Não é nada recomendável empreender sem conhecer algumas técnicas de negociação, pois elas ajudam a lidar com clientes, fornecedores, parceiros ou mesmo funcionários. Essa é uma das melhores dicas de empreendedorismo para você, pois a arte de negociar está presente no dia a dia de negócios sediados em qualquer área do mercado.

Ao contrário do que algumas pessoas pensam, isso nada tem a ver com manipular ou obter vantagens indevidas. Na verdade, a ideia é chegar a um entendimento positivo, o que exige que o empresário inteligente e estratégico conheça os caminhos do diálogo. Por isso, leia sobre o tema e invista em treinamentos de capacitação.

11. Não tenha medo do crescimento

Por incrível que pareça, muitos empresários têm um certo receio do crescimento, uma vez que isso pode aumentar os riscos do negócio e tornar a gestão mais difícil. No entanto, isso é um erro, tendo em vista que, independentemente do estágio em que sua organização está, você deve botar o desenvolvimento em primeiro plano.

Volte o seu foco para isso e não fique parado, sob pena de ser engolido pela concorrência. O empreendedorismo inteligente deve, sempre que possível, ficar em contato com o que há de novo do ramo, buscando novas maneiras de otimizar os processos internos, melhorar as condições de trabalho e conseguir melhores preços, por exemplo.

12. Tenha uma comunicação interna eficiente

Nenhuma empresa funciona bem quando os líderes, colaboradores e os fornecedores não falam a mesma língua. Por isso, melhorar a comunicação interna é mais uma das dicas de empreendedorismo que separamos para você. Essa conquista facilitará a administração do negócio e diminuirá as chances de erros, entre outras coisas.

Com o advento da tecnologia e a popularização da internet, ganhamos novas ferramentas para isso. Embora as reuniões e treinamentos presenciais ainda sejam imprescindíveis e devam constar na agenda da instituição, não menospreze o valor das mensagens de e-mail, redes sociais, aplicativos de conversa, SMS e qualquer outro tipo de interação virtual com a sua marca ou algum representante dela.

13. Invista em atualizações constantes

O empreendedor inteligente também é aquele que aposta em atualizações constantes, tanto para si mesmo quanto para seus colaboradores. Isso deve ser encarado não como uma despesa, mas sim como um bom investimento, que tende a trazer benefícios competitivos e internos, sobretudo a médio e longo prazo.

Mais uma vez, a tecnologia pode ser uma poderosa aliada, uma vez que, nos dias de hoje, temos inúmeros cursos sediados no ambiente digital, que tendem a ser mais baratos que os presenciais. Isso não quer dizer que você deva abrir mão de palestras, congressos e aprimoramentos ao vivo, pois todos têm o seu valor.

14. Pense sempre no seu cliente

Um dos grandes desafios do empreendedor moderno é a compreensão adequada do seu público-alvo, de forma que a sua empresa possa, cada vez mais, oferecer os produtos e serviços em melhor sintonia com os anseios, demandas, expectativas e necessidades do seu consumidor padrão, que é responsável por boa parte dos lucros do negócio.

Essa é, portanto, mais uma das dicas de empreendedorismo que temos para você. Busque conhecer e pensar como o seu cliente, colocar-se no lugar dele, pois isso trará informações valiosas para as suas decisões, investimentos e estratégias de marketing. Além disso, você ganha um bom embasamento de como anda sua imagem no mercado.

15. Automatize o que pode ser automatizado

Hoje em dia, existe uma infinidade de programas e softwares voltados para atividades próprias da administração. Quase tudo pode ser automatizado.

Você não precisa mais perder tempo com o controle de estoque ou recursos com um sistema de cobrança desorganizado. Várias outras atividades podem ser automatizadas, como a emissão de notas fiscais e de boletos e a cobrança de clientes inadimplentes.

A automação também pode ser uma aliada importante das vendas. Favorece o acompanhamento de pedidos, devoluções, trocas e a integração com o estoque, permitindo que o vendedor tenha informação em tempo real sobre disponibilidade de produtos.

Essas foram as melhores dicas de empreendedorismo que separamos para ajudar você a ter mais sucesso em sua empreitada. Agora, o próximo passo é seu: sempre que possível, releia esse conteúdo, fixe as informações, aproveite cada uma delas e verifique como aplicá-las no contexto do seu negócio!

Gostou do artigo de hoje? Quer ficar por dentro de todas as nossas publicações? Então, não deixe de curtir a nossa página no Facebook agora mesmo. Assim, você ficará por dentro das novidades e poderá dar uma olhada sempre que publicarmos novos conteúdos valiosos como este!

No Asaas você tem dinheiro antecipado