6 segredos de empreendedorismo para não fracassar!

6-segredos-de-empreendedorismo-para-nao-fracassar.jpeg

 

Todo empreendedor sonha em ver sua empresa alcançando o sucesso. A maioria dos que chegaram nesse ponto trabalharam várias horas por dia durante anos, reunindo recursos e traçando as melhores estratégias. O empreendedorismo recompensa aqueles que se esforçam, mas somente quando possuem a abordagem adequada diante dos seus planos.

Para empreendedores que estão começando e querem ver seus projetos alçarem novos voos, é possível aprender com alguns segredos de profissionais de sucesso da área. Basta levar esses ensinamentos para sua própria realidade e se adaptar a eles de maneira que a sua empresa ganhe fôlego para crescer e gerar os frutos desejados.

Confira, a seguir, 6 segredos de empreendedorismo para não fracassar:

1. Busque sempre o crescimento

Independentemente do estágio em que sua empresa estiver, você deve colocar o crescimento em primeiro lugar. Todos os focos têm que ser voltados para isso, já que ficar parado pode prejudicar as suas chances de sucesso. O empreendedorismo precisa estar sempre em contato com a inovação. A cada dia, surgem novas maneiras de pensar e trabalhar, e a sua empresa deve absorver o melhor dessas tendências para se manter competitiva.

Todo empreendedor necessita ter uma visão que norteia as suas decisões de negócios. Essa é a maneira que ele enxerga o seu projeto indo para a frente e de onde obtém doses saudáveis de otimismo e realismo. Faça análises constantes do cenário atual do mercado e adapte essas condições para as suas expectativas. Sempre que surgirem dúvidas em relação a qual caminho seguir, sua visão tem que indicar a decisão a ser tomada.

2. Desafie-se constantemente

Como encontrar motivação para seguir em frente todos os dias e acumular conhecimento suficiente para que a empresa siga pela rota certa? Basta desafiar você mesmo em toda oportunidade que surgir. Um empreendedor que se acomoda realizando as mesmas atividades e tendo as abordagens de sempre não está se desafiando o bastante.

Encare a sua vida profissional como um curso universitário, com diversas disciplinas e constantes provas de habilidades todos os dias. Para que tudo seja conduzido da melhor forma, crie o hábito de estudar e nunca fuja de um teste difícil. O empreendedorismo é repleto de desafios, portanto aproveite-os para se manter em pleno crescimento. Se você perceber que faz tempo desde a última vez que se sentiu verdadeiramente desafiado, isso significa que você está estagnado.

3. Orgulhe-se do seu negócio

Esse ponto pode parecer óbvio e desnecessário, mas existem muitos empreendedores que não se conectam emocionalmente aos seus empreendimentos e, por conta disso, acabam não crescendo o quanto deveriam. Você precisa crer no que está fazendo, ver a missão da sua empresa como algo que o mercado necessita e deseja. Afinal, se nem o empreendedor acreditar em um negócio, quais chances ele tem de sobreviver?

Para que isso seja possível, é essencial que você faça o que gosta. É bem difícil encontrar empreendedores plenamente felizes em seus projetos que não amem verdadeiramente aquele tipo de trabalho. Além disso, o seu entusiasmo precisa contagiar aqueles que estão ao seu redor, tanto funcionários como potenciais investidores e clientes. Isso dá mais credibilidade a você e ao seu negócio.

4. Contrate as pessoas certas

O sucesso não depende unicamente de você. Como líder, você também precisa ter a capacidade de contratar as pessoas adequadas para compor o seu time. No caso de muitas empresas recém-criadas e startups, é comum ver empreendedores que caem no erro de se cercar de amigos, não necessariamente bons profissionais. Por melhor que seja o clima do ambiente, pode ficar difícil atingir os objetivos.

Tenha em mente o modelo de funcionário que a sua empresa necessita, levando em consideração características e qualificações. Ao contratar, lembre-se de ficar de olho nesses requisitos, já que o profissional errado pode gerar muitos custos desagradáveis a um negócio. O empreendedorismo é feito de decisões certas em diversos âmbitos: tanto nos rumos da empresa como na administração do seu pessoal.

5. Aprenda com seus erros

Todos erramos, e empreendedores não estão livres disso. Em vez de concentrarem esforços para nunca errar, é muito mais produtivo encontrar maneiras de aprender com essas situações. Uma estratégia ou julgamento equivocados podem servir de aprendizado para futuras negociações e iniciativas, transformando-se em conhecimento valioso que você não teria se não tivesse passado por isso antes.

No entanto, insistir nos mesmos erros é um problema grave que precisa ser remediado o quanto antes. Mantenha registros das suas ações e estratégias, criando precedentes para diversas situações para se certificar de que possua um plano para a maioria dos cenários. Aos poucos, isso vai se tornar um resumo de toda a sua experiência e um verdadeiro amuleto contra erros na condução da sua empresa.

6. Adapte-se com facilidade

Algumas horas são mais do que necessárias para tudo mudar no cenário do seu mercado e representar a salvação ou a ruína do seu negócio. Portanto, um empreendedor precisa ser capaz de se adaptar muito bem e rapidamente a mudanças. Isso significa saber ser flexível em alguns casos e também manter a sua postura rígida em outras questões, conforme a situação pedir.

O mundo possui variáveis demais e poucas delas estão sob o seu controle e documentadas nas suas planilhas. Saiba encontrar os momentos em que a sua intuição pode servir de guia, seja por conhecer muito bem o mercado seja por sua experiência no empreendedorismo. Ao mesmo tempo, é necessário reconhecer as ocasiões em que suas posições precisam ser reavaliadas diante de alguma mudança no cenário. Achar um equilíbrio nunca é fácil, mas é recompensador.

Não importa quais sejam os seus planos como empreendedor: ao seguir esses ensinamentos, você será capaz de trazer o sucesso desejado para a sua empresa e acertar em suas iniciativas. Adapte esses segredos para a sua rotina e lembre-se de sempre reavaliar a sua própria performance. Assim, você consegue ter consciência se está progredindo ou se seu crescimento estagnou. Considere-se um profissional em constante avaliação por seu superior: você mesmo.

Gostou do post? Então compartilhe-o nas redes sociais para que mais empreendedores possam atingir o sucesso!

O Autor
Vice-presidente no Asaas
Gerar boleto

Esteja sempre bem informado sem pagar nada!

Cadastre-se e receba um e-mail semanal com as últimas novidades do blog.