5 métricas para ficar de olho no seu negócio

métricas

Tomar decisões apropriadas nem sempre é uma tarefa fácil dentro de uma organização. Na maioria dos casos, para aplicar recursos em um investimento, apostar em um ou outro modelo de negócios ou até mesmo melhorar a estrutura do empreendimento, é preciso reunir um vasto conhecimento sobre o mercado e sobre a própria empresa. Não há, portanto, gestão de qualidade ou planejamento eficaz que não conte com esse elemento tão fundamental: a informação.

Uma das formas de se obter informações relevantes acerca de um empreendimento é através do estabelecimento de métricas-chave. Esses indicadores funcionam, basicamente, como veículos de comunicação, pois medem o desempenho dos processos de uma organização para que seus objetivos e metas sejam compreendidos por todos, desde os colaboradores até a própria gestão. Em outras palavras, as métricas-chave têm uma importância estratégica para o desenvolvimento de uma empresa.

Por esse motivo, nossa equipe resolveu trazer nesse post as 5 principais métricas-chave que você deve adotar agora mesmo. Confira!

Taxa de rotatividade

Não há como negar que uma elevada taxa de rotatividade dentro de uma empresa é um péssimo sinal. Além dos custos com demissões e treinamento de novos colaboradores, a empresa terá impactos negativos no seu progresso. Investir nos profissionais certamente é o primeiro passo para o sucesso. Portanto, caso a taxa de rotatividade esteja alta, repense questões como o clima organizacional e os salários dos colaboradores.

Taxa de retorno

Podemos entender essa métrica de duas maneiras diferentes. A primeira delas seria em relação ao e-commerce, ou seja, quantas vezes os usuários costumam retornar ao seu site para realizar compras. A segunda, embora de mensuração mais complexa, abrange também esse retorno, mas nas lojas físicas. Essa é uma métrica-chave fundamental para testar a fidelização da sua clientela. Apostar em campanhas com esse intuito, como os clubes de vantagens, por exemplo, certamente fará com que os números desse indicador se tornem maiores.

Taxa de conversão

Se a sua empresa investe em marketing ou publicidade, não há como abrir mão dessa métrica-chave. As taxas de conversão irão medir a eficácia das suas estratégias nessas áreas, dentro dos objetivos determinados pela gestão. É possível descobrir, por exemplo, quantos leads foram gerados com uma determinada iniciativa e, destes leads, quantos deles foram até o final do funil, ou seja, realmente convertidos em vendas.

ROI (Return on Investment)

Outra métrica importante para os empreendimentos que apostam na área de marketing ou publicidade, o Return on Investment — ou, em português, Retorno sobre Investimento — mede o quanto de retorno financeiro uma estratégia realmente trouxe para o seu empreendimento. Diferentemente das taxas de conversão, analisa-se aqui o quanto foi ganho contra o quanto foi gasto com uma determinada ação.

Participação no mercado

Pode parecer uma métrica-chave exclusiva das grandes empresas, mas isso não é verdade. Um empreendedor com visão utiliza esse tipo de indicador para descobrir exatamente a sua colocação no seu segmento de mercado. É uma análise fundamental para que sejam definidas metas de vendas ou, ainda, para conhecer um pouco mais a concorrência, descobrindo o que os líderes do mercado estão oferecendo para ganhar a fatia maior, e qual poderá ser o seu diferencial nesse contexto.

E então, você já utiliza alguma dessas métricas no seu negócio? Está pronto para mensurar seus resultados ou ainda ficou com alguma dúvida? Deixe o seu comentário!

banner-rodape-post-blog

 

Gerar boleto

Esteja sempre bem informado sem pagar nada!

Cadastre-se e receba um e-mail semanal com as últimas novidades do blog.