5 dificuldades em usar sua casa como escritório

Home Office

Fazer da sua casa seu ambiente de trabalho é o sonho de muita gente. Só de pensar em não ter que acordar tão cedo, em esquecer que engarrafamentos e hora do rush sequer existem e em dar uma pausa na pressão do relógio já dá até um alívio, não é mesmo?

Essa independência toda, na maioria das vezes, é uma boa opção para quem está começando uma nova empresa e não tem recursos financeiros para providenciar uma sede adequada ou para os profissionais freelancers, que decidiram pelo trabalho de demandas avulsas.

Assim, quando menos se espera, o quarto, a sala ou até mesmo a garagem são transformados em escritório improvisado. Além de se adaptar o espaço, porém, o dia a dia também precisa ser devidamente alterado para que seja realmente produtivo.

Embora pareça melhor na teoria, o home office, na prática, pode se tornar uma grande dor de cabeça se não se tiver um mínimo de disciplina. A desorganização pode atrapalhar muito a produtividade quando se opta pelo trabalho em casa. Quer saber quais são essas dificuldades para que consiga evitá-las? Então confira agora mesmo nosso post e se previna:

Distrações mil

O ambiente doméstico é extremamente diferente de um escritório em uma empresa. E isso porque, em casa, a possibilidade de se distrair com qualquer movimento diferente — seja pela presença de algum familiar, pelo barulho dos vizinhos ou até pela aparição surpresa de amigos, por exemplo — é muito maior. E essas distrações podem se transformar em verdadeiras armadilhas para a qualidade do trabalho desenvolvido. Pode-se acabar descumprindo prazos, perdendo-se constantemente a linha de raciocínio, diminuindo a produtividade e, assim, perdendo ou prejudicando o relacionamento com os clientes. E isso tudo resulta em perda de receita.

Roteiro matinal

O fato de trabalhar em casa e não precisar se preparar como se estivesse indo ao escritório leva muita gente a acreditar que pode dormir até bem mais tarde. Acaba-se pulando direto da cama para o computador, com aquela cara amassada e nenhum ânimo. E é aí que mora o problema: a falta de rotina leva à postergação de atividades que, muitas vezes, não devem ser adiadas.

Comida self-service

A geladeira e o armário recheados de guloseimas podem ser ótimos atrativos para o estômago, mas podem ser verdadeiros transtornos para o trabalho. Os aperitivos se transformam em distrações, já que, a cada minuto, você pode se levantar e ir buscar algo para mastigar, mesmo que a fome ainda não tenha batido.

Sem chefia

Não ter ninguém por perto para lembrá-lo das atividades que precisam ser desenvolvidas ou até mesmo oferecendo um feedback sobre o que foi feito é uma das maiores dificuldades. Muitas pessoas precisam desse suporte para conseguirem criar, escrever ou produzir o que lhes foi pedido com uma maior agilidade. E como não há a figura do chefe por perto, as chances de se acomodar e pensar que pode fazer o que quiser, como quiser, são muito maiores.

Disciplina como chave

É preciso determinar horário para tudo, criando, assim, uma rotina. Hora para trabalhar, almoçar, descansar e encerrar o expediente. Só dessa maneira será possível ter controle sobre seu tempo, sem deixar que o ambiente doméstico atrapalhe o bom andamento das tarefas.

Você é um adepto do home office? Quais suas maiores dificuldades para manter a organização do ambiente e do trabalho? Comente aqui e acrescente suas próprias experiências! Participe!

 

Gerar boleto

Esteja sempre bem informado sem pagar nada!

Cadastre-se e receba um e-mail semanal com as últimas novidades do blog.