4 vantagens e desvantagens do scrum para negócios focados em SaaS

 

Se você está pensando em adotar uma metodologia de gestão rápida e focada na qualidade do seu projeto de Software com Serviço (SaaS, da sigla Software as a Service), pode ser que a scrum seja a solução ideal para os seus problemas. A proposta dele é dividir o projeto em ciclos, chamados de Sprints.

Cada um deles é representado por uma Time Box, dentro da qual se encontra um conjunto de atividades a ser executado. Entretanto, antes de tomar a sua decisão, esteja preparado para o outro lado da moeda.

Quais as consequências de se seguir um método de gestão com essas características? Confira a seguir 4 vantagens e o mesmo número de desvantagens apontadas no uso da metodologia scrum para gerir projetos SaaS!

Vantagens do scrum

1- Realização

A conclusão por etapas é extremamente motivadora para a equipe. A sensação de realização e de conclusão do trabalho é antecipada para cada etapa. Isso ajuda a manter a animação.

2- Transparência

A metodologia prevê que o projeto seja observado e acompanhado por todos que fazem parte dele ou que fazem parte da organização. Algo que não é previsto em outras propostas de gestão.

3- Redução das falhas

O foco da metodologia na qualidade faz com que haja uma redução dramática na quantidade de bugs nos softwares produzidos sob essa gestão.

4- Reordenação

A segmentação do projeto torna possível inverter prioridades, de acordo com o andamento de cada etapa, e concentrando esforços para finalizar etapas que ainda não foram terminadas, por exemplo.

Desvantagens do scrum

1- Visão segmentada

A segmentação e a tentativa de ser ágil pode levar a equipe a perder a perspectiva do projeto como um todo. Causando falhas na hora de encaixar as partes e concluir o programa.

2- Falhas de documentação

O fato da gestão do projeto ser dividida em caixas faz com que, muitas vezes, apenas as etapas estejam documentadas. Dessa forma, o projeto não tem um acompanhamento passa a passo como um todo.

3- Problemas com prazos

O foco na qualidade de cada uma das etapas pode levar a atrasos. Gerando, dessa forma, desgastes com os clientes na negociação de novos prazos.

4- Referências difíceis

Não se trata da única metodologia ágil disponível no mercado e, muitas vezes, é difícil encontrar bons scrum masters para adotar como referência no projeto. Agora que você já conhece os prós e contras do scrum na hora de gerir projetos SaaS, está mais apto para tomar a sua decisão.

A metodologia promete entregas rápidas, contínuas e frequentes de programas funcionais, a partir da cooperação entre a equipe de trabalho e de negócio. Os objetivos são excelência técnica e simplicidade.

Mas nem sempre consegue cumprir seu principal objetivo, que é reduzir dificuldades como a falta de planejamento, mudança frequente de requisitos, escopo sem definição adequada, ausência de envolvimento do cliente e problemas de comunicação. Se quiser se preparar ainda mais antes de optar pelo método de gestão, informe-se também sobre Xtreme Programing, DSDM e Feature Driven Development e outras metodologias ágeis.

​Gostaria de receber mais dicas voltadas para a gestão do seu negócio? Siga a AsaaS no Facebook!

 

O Autor
Vice-presidente no Asaas
Gerar boleto

Esteja sempre bem informado sem pagar nada!

Cadastre-se e receba um e-mail semanal com as últimas novidades do blog.