Plataforma de pagamentos White label: quando vale a pena adotar esse modelo?

Por Joás Garcia
Publicado em 27 de janeiro, 2022 | Atualizado em 3 de maio, 2022

Você sabia que, ao usar uma plataforma de pagamentos white label, a sua empresa pode oferecer subcontas para os seus clientes? 

Quando a plataforma possui esse recurso, significa que a sua empresa pode emitir cobranças em seu próprio nome e ter uma gestão individualizada sobre todos os pagamentos.

Quer entender melhor como funciona o white label de pagamentos e se ele é uma boa opção para a sua empresa? Neste artigo, listamos algumas situações em que a solução é indicada, mostrando os benefícios de usá-lo em cada caso. Continue a leitura para ficar por dentro!

Conteúdo

O que é uma plataforma White label de pagamentos?

O white label de pagamentos é um recurso que permite que a empresa use a estrutura de uma plataforma como se fosse dela para realizar pagamentos, entre outras funcionalidades financeiras.

Ou seja, por meio de uma plataforma de pagamentos white label, uma empresa que não é classificada como meio de pagamento tem a possibilidade de ofertar aos seus clientes produtos e serviços financeiros.

Para isso, comercializa produtos e serviços desenvolvidos por uma empresa especializada, mas sem que apareça a marca dessa empresa. As soluções são ofertadas como se tivessem sido desenvolvidas por quem revende.

Com a possibilidade dessa personalização, usando sua própria marca, a empresa não precisa investir em alta tecnologia, já que a estrutura já está pronta para ser usada.

Como funciona a plataforma de pagamentos white label?

Para você entender melhor como funciona a plataforma white label de pagamentos, vamos a um exemplo prático.

Por exemplo, se a sua empresa usa o Asaas, plataforma que possui uma solução completa de APIs e permite habilitar white label de pagamentos, é possível criar subcontas para os seus clientes usando a sua marca. Ou seja, eles não recebem nenhuma notificação do Asaas.

Isso significa que o cliente abre a página de pagamentos, onde terá contato apenas com sua marca, realiza a operação e não tem nenhum contato com o Asaas, que foi o responsável pelo desenvolvimento da plataforma.

Você poderá desenvolver todas as ferramentas de controle e gestão no seu próprio site ou aplicativo usando a API do Asaas. O seu cliente não terá acesso em nenhum momento à conta do Asaas para gestão ou acompanhamento das informações.

Geralmente, esse recurso é utilizado por grandes empresas, estabelecendo que todas as ações feitas pelo Asaas sejam realizadas diretamente no sistema integrado. Ou seja, o dono da conta nunca entrará na conta Asaas, mas em uma conta que aparece com a marca da sua empresa.

Quando vale a pena adotar uma plataforma de pagamentos white label?

Como você já pôde notar, uma plataforma de pagamentos white label pode ser bastante interessante em diversas situações para a empresa.

Listamos a seguir 4 exemplos de como pode ser útil a adoção do white label de pagamentos. Se a sua empresa possui algum desses objetivos, essa pode ser uma decisão que vai trazer grandes vantagens para manter seu negócio escalável.

1. Quando a empresa deseja controlar cobranças dentro do próprio site

Se a sua empresa busca oferecer aos seus clientes a possibilidade de realizar pagamentos, enquanto você controla as cobranças dentro do seu site ou aplicativo, isso é possível por meio da integração white label. 

Com o white label de pagamentos, o seu cliente não precisa sair da sua plataforma em nenhum momento e também não enxerga a marca do Asaas, apenas a sua.

Ou seja, o uso e o controle são realizados integralmente dentro do seu site ou aplicativo, sem que o seu cliente precise sair do seu ambiente para acessar o Asaas para nenhuma funcionalidade.

2. Quando a empresa quer oferecer contas para os clientes

O white label de pagamentos é o recurso ideal para empresas que desejam oferecer subcontas para os seus clientes.

Conforme explicamos, o Asaas é uma plataforma que permite essa possibilidade, garantindo que cada um dos clientes da sua empresa tenha sua própria conta fornecida por você.

E isso ainda com a vantagem de ser uma conta personalizada com a sua marca, sem que o cliente saiba que existe a tecnologia do Asaas por trás.

3. Quando é necessário reduzir custos e agregar valor aos serviços oferecidos

Outra vantagem do white label de pagamentos é que ele permite que a empresa reduza custos, uma vez que não precisa investir em tecnologia própria para oferecer produtos e serviços financeiros aos seus clientes.

Além disso, é uma forma de agregar valor aos serviços que oferece sem que, para isso, tenha todo o trabalho de desenvolver uma plataforma. Por meio de API, consegue fazer tudo usando recursos terceirizados e ainda de maneira personalizada com a sua marca.

4. Quando o objetivo é melhorar a experiência do usuário

Se a sua empresa busca melhorar a experiência do usuário, a plataforma de pagamentos white label é, sem dúvidas, uma opção que vale a pena.

Hoje, a experiência é bastante valorizada pelos clientes. De acordo com uma pesquisa da PwC, 73% dos entrevistados apontaram a experiência do cliente como um fator importante em suas decisões de compra. No Brasil, esse índice alcançou 89%, o mais alto da pesquisa.

Considerando que uma plataforma de pagamentos como essa permite que a sua empresa ofereça aos usuários uma conta com a sua marca, além de produtos e serviços financeiros de forma direta, é uma ótima maneira de proporcionar uma melhor experiência aos clientes.

Além de white label de pagamentos, o Asaas também funciona como gateway de pagamentos. Quer saber como funciona e o que isso agrega para a sua empresa? Confira este conteúdo: Gateway de pagamentos: entenda como o Asaas pode ajudar sua empresa

Simplifique o recebimento de cobranças com o Asaas