Tudo que um professor particular deve saber sobre marketing

Tudo que um professor particular deve saber sobre marketing

Professores particulares sabem bem como é difícil manter um fluxo constante de alunos durante o ano todo, não é mesmo? Pois foi exatamente pensando nessa dificuldade que resolvemos trazer, neste artigo, algumas táticas de marketing que certamente darão um gás ao seu negócio. E tudo começa com um famoso quarteto de Ps: produto, preço, praça e promoção. Pronto para entender melhor esse contexto? Preste atenção nas nossas dicas e comece a atrair mais clientes hoje mesmo:

Produto

O produto que você está vendendo nada mais é que seu conhecimento e sua experiência, no formato de aulas particulares, certo? Então pense em quais são as áreas que você domina e que podem diferenciá-lo da competição. Você pode ser um professor particular de matemática, com ênfase em geometria ou álgebra, por exemplo, ou uma professora de português que sabe absolutamente tudo sobre o novo acordo ortográfico.

Essa é a hora de revisar suas estratégias de ensino e sua didática, que são seu maior trunfo. Mas não se esqueça dos outros atributos que dão o tom de profissionalismo que um novo negócio precisa, viu? Aí entram a pontualidade, o atendimento, o bom relacionamento com seus alunos, a preocupação com o resultado e o atendimento pós-venda, super importante para fidelizar clientes.

Preço

Uma das dúvidas mais comuns de um professor particular diz respeito a quanto ele deve cobrar por sua hora. A verdade é que se você estipula um preço baixo, atrai muitos clientes, mas pode passar uma impressão de serviço de pouca qualidade e se desgastar tentando atender a todos. Já se você estipula um preço mais alto, passa a impressão de serviço exclusivo e de qualidade, mas o número de alunos pode ser reduzido.

Assim, para determinar um bom preço, preste atenção ao mercado e leve em conta sua experiência, nunca desvalorizando seu trabalho. Se você oferece um serviço de qualidade e com resultados comprovados, as pessoas ficarão felizes em pagar preços justos. A região em que você atua também importa. Não adianta cobrar muito caro se seu bairro é de classe baixa, pois simplesmente não aparecerão interessados. Dessa forma, pesquise os preços de outros professores e escolas particulares da sua área, para ter uma ideia dos valores cobrados.

Além disso, para tornar a vida de seus clientes mais fácil e evitar os calotes, ofereça a opção de pagamento por meio de boletos bancários! Hoje em dia há plataformas on-line geradoras boletos que enviam as cobranças por e-mail, SMS ou pelo tradicional correio. Esse é mais um degrau subido rumo à fidelização!

Praça

Determine sua área de atuação e onde suas aulas se darão. Você atenderá os alunos em sua própria casa ou vai fazer visitas domiciliares? Em casa, você fica mais confortável, por um lado, mas seu público se restringe a moradores de uma determinada região. Com as visitas, você pode atingir mais pessoas, mas tem que passar pelo incômodo de ficar se deslocando pela cidade. A decisão vem com o peso dos prós e dos contras, lembrando-se sempre de que a decisão certamente afetará o preço final de suas aulas.

Promoção

Esse P trata da divulgação de seus serviços como professor particular. E você ficaria espantado ao perceber a eficiência da divulgação boca a boca! Um aluno conta para um colega, que conta para outro e, eventualmente, você terá muitos novos clientes. Mas para não ficar de braços cruzados esperando isso acontecer, invista em outras estratégias de marketing.

Você pode, por exemplo, criar anúncios no jornal da região ou colar panfletos informando sobre suas aulas em locais públicos e de grande circulação em seu bairro. Conversar com os diretores de algumas escolas e conseguir permissão para distribuir cartões de visita nas salas de aula ou deixar cartazes afixados em murais de notícias também é uma boa tática. Se você tem desenvoltura no meio on-line, pode tentar criar um blog ou uma página nas redes sociais para manter seus clientes atualizados sobre promoções, descontos ou conteúdos relevantes ao mundo escolar. Interagir com seu público é ótimo para fidelizar alunos antigos e atingir novas pessoas.

Agora que você já tem a base, está na hora de colocar a mão na massa e usar o marketing para impulsionar seu nome e seus serviços, conseguindo muitos clientes independentemente da época do ano! E então, sabe por onde pretende começar? Deixe um comentário dividindo seus planos e suas opiniões conosco!

Gerar boleto

Esteja sempre bem informado sem pagar nada!

Cadastre-se e receba um e-mail semanal com as últimas novidades do blog.