Trabalho remoto para equipe: quando é uma boa opção?

02F06911

As relações de trabalho têm mudado muito nos últimos anos, principalmente com o surgimento da internet e a evolução dos meios de comunicação. Antes disso, as empresas seguiam um modelo muito rígido de contratação e cumprimento de carga horária, rejeitando colaboradores que não pudessem estar fisicamente em seus critérios.

Porém, esse contexto ganhou outra cara. Atualmente, o trabalho remoto já é aceito mesmo em empresas mais tradicionais, não apenas naquelas de tecnologia, onde surgiu tal ideia. Mas criar um ambiente onde o trabalho possa evoluir sem a presença física é uma tarefa complicada, que nem sempre é uma boa opção. Abaixo iremos nos aprofundar em situações onde o trabalho remoto pode ser uma opção tão boa ou melhor  quanto o local. Confira:

Para empresas sem local físico

A falta de um local físico não impede a criação de uma empresa e, se não for realmente necessário ter um ambiente compartilhado entre funcionários, pode ser uma ótima ideia contar com o trabalho remoto. E não ter um local físico não significa que sua empresa não possa ter sucesso! Na verdade, com o aumento dos aluguéis e a dificuldade de encontrar boas salas, essa economia pode ser uma aliada na hora de formatar os preços dos seus serviços.

Se sua empresa não tem necessidade de ter um local físico próprio para trabalhar, sua equipe também não. Permitir que eles trabalhem de casa ou de qualquer outro lugar garante também que você terá menos problemas de gestão e gastos com manutenção do escritório.

Porém, ainda que seja tentador, trabalho remoto exige alguns cuidados como ter uma metodologia de avaliação de desempenho e fazer reuniões constantes de alinhamento são importantes para garantir a qualidade do trabalho. Do contrário, o trabalho remoto poderá criar times descomprometidos com os objetivos da empresa.

Para negócios na nuvem

A internet criou uma série de novos modelos de negócios que ermitem criar relações de trabalho completamente diferentes das tradicionais. Muitos desses modelos ganharam ainda mais força com a expansão da computação em nuvem.

Se todas as relações da sua empresa, como desenvolvimento, vendas, suporte e manutenção são feitas pela internet, qual a necessidade de se manter um time local? Ter uma equipe local quando seus negócios são feitos na nuvem é uma contradição que pode limitar as possibilidades de crescimento e de atração de mão de obra qualificada para a sua empresa. Aproveitar-se dessa agilidade para ter uma equipe mais completa pode te dar as ferramentas necessárias para se destacar no seu mercado.

Para falta de profissionais qualificados

A área de tecnologia no Brasil é reconhecida pela falta de mão de obra qualificada. Basicamente, isso ocorre em dois níveis: nas grandes cidades faltam bons profissionais porque a demanda é muito alta e nas cidades pequenas faltam profissionais por estar longe dos grandes centros. O trabalho remoto pode resolver os dois problemas.

Quando permite que seu colaborador trabalhe mesmo estando longe, você abre oportunidade para qualquer pessoa do mundo fazer parte do seu time. Não limitar localmente suas contratações permitirá criar um time muito mais heterogêneo. Claro que, para isso, será necessário se desfazer das velhas relações de trabalho. Tudo em prol da criação de uma empresa mais sólida e preparada para o futuro.

Você já tentou o trabalho remoto? Conte-nos sua experiência nos comentários abaixo.

banner_rodape

Gerar boleto

Esteja sempre bem informado sem pagar nada!

Cadastre-se e receba um e-mail semanal com as últimas novidades do blog.