Os preços do seu Saas estão compatíveis com o mercado?

shutterstock_136296833Não é um exercício simples definir o preço de um serviço de assinaturas, modelo predominante no mercado Saas, o software como serviço. Existe a expectativa do consumidor, o custo do negócio, os competidores e outros fatores que influenciam na decisão sobre o valor a ser cobrado dos clientes.

Se por um lado o preço do seu serviço está abaixo do da concorrência você pode até atrair mais clientes, mas pode também gerar desconfiança e não lucrar. Já se o seu negócio cobra mais do que outros serviços semelhantes pode não gerar muitas conversões, mas garantir clientes fiéis.

Para saber se o preço de seu Saas está compatível com o mercado é preciso analisar 3 fatores essenciais: a concorrência, os consumidores e as metas de seu plano de negócios. Saiba mais sobre eles a seguir:

Análise de mercado

A primeira coisa que deve ser feita para verificar se seu Saas está com um valor compatível com o do mercado é fazer uma comparação. Isto parece meio óbvio, não? Mas existem alguns detalhes aos quais você precisa estar atento. Primeiramente, não se limite ao mercado local ou nacional, pois a concorrência de empresas de Saas é global! Faça uma análise levando em conta as principais moedas internacionais como o dólar e o euro, além do real.

Investigue não apenas o preço dos serviços semelhantes, mas também como funcionam e o que exatamente oferecem. Daí você pode tirar uma grande vantagem competitiva. Às vezes um serviço parecido com o seu fornece limitações com um custo baixo, mas seu negócio irá entrar no mercado com uma proposta diferente, um preço ligeiramente mais alto, mas um serviço com mais qualidade.

Conheça seu cliente

Durante a análise da competição você certamente irá também identificar o consumidor daquele tipo de serviço. Por que ele paga por isso? O que realmente ele valoriza no tipo de serviço da sua solução Saas? Busque identificar quais recursos seu cliente jamais abriria mão e quais são na sua opinião menos importantes. O perfil de seu consumidor também influencia diretamente a precificação de seu produto, mesmo sendo ele um serviço de assinaturas.

Ao identificar a necessidade real de seu cliente você poderá cobrar mais por isso. Foque no que realmente importa e no que o consumidor está disposto a pagar. Desta forma seu Saas não apenas fica com um preço compatível com a concorrência mas também com a demanda.

Trabalhe com as metas de seu negócio

Mesmo com a influência da concorrência e da demanda dos consumidores nunca se esqueça de seu modelo de negócios e de suas metas. O modelo de assinaturas tem que levar em consideração durante sua precificação quais são os objetivos a longo prazo de sua empresa. Qual é o modelo de seu Saas? Freemium, avaliação gratuita (free trial) seguido de assinatura? Ou apenas um serviço pago? As metas de seu plano de negócios definem qual destes modelos utilizar na precificação. Por isso, se você trabalha apenas com Saas pagos não adianta se comparar a serviços Freemium, por exemplo.

Para precificar seu Saas e verificar se ele está compatível com o mercado tenha em mente também quais são as prioridades de seu negócio. O objetivo é gerar um aumento de conversões? Ou a prioridade é o lucro que irá prover margens sustentáveis para dar apoio ao seu modelo de negócios? Sua empresa tem como objetivo de longo prazo criar valor para a marca e fidelizar os consumidores? Saiba que o preço irá variar conforme cada uma destas metas.

Conforme dito antes não é simples responder a pergunta sobre como colocar preço em um serviço de assinatura, muito menos avaliar se este valor está compatível com o mercado. Por isso, estes exercícios de análise precisam ser constantes. Nunca deixe de pensar sobre o preço de seu serviço de assinaturas e como ele pode se adequar melhor ao mercado. Desta forma você irá garantir não apenas sua compatibilidade como também a competitividade.

banner_rodape

Gerar boleto

Esteja sempre bem informado sem pagar nada!

Cadastre-se e receba um e-mail semanal com as últimas novidades do blog.