Empresa startup, como contratar um time campeão.

empresa startupMuitos empreendedores gastam tantas horas em cima de planos de negócios tentando encontrar seu mercado, desenvolver seu produto e traçar uma boa estratégia de marketing que acabam esquecendo de algo fundamental: o time. A importância de se ter pessoas qualificadas na equipe não é apenas pelo objetivo de se cumprir o que foi desenhado no plano de negócios, mas pelo fato de que muitas startups precisam mudar de rumo no meio do caminho. E não há dúvida entre os investidores que apenas bons times são capazes disso.

O problema é que há pouco material na internet ou em livros que ensine o empreendedor a contratar. Muitas vezes porque o ato de contratar alguém não pode seguir uma metodologia. Você até pode buscar por características especiais, como uma bela formação, um MBA ou um determinado tempo de experiência. Mas não pode fechar as portas para profissionais que não se encaixam perfeitamente no perfil, lembre-se que a maioria das grandes empresas são formadas por times heterogêneos.

Por onde começar a procurar candidatos?

A internet é cheia de plataformas onde você pode ofertar uma vaga ou buscar um candidato. Quando se aventurar por esse caminho, tenha em mente que a sua lista de qualidades não deve ser tão longa ou tão diversa que, praticamente, ninguém conseguirá preenchê-la. Determine qual a principal característica que você precisa (um ótimo vendedor, um ótimo desenvolvedor, alguém para atendimento, etc) e foque nela. Procure por alguém forte nessa área. O resto pode ser afiado mais tarde.

Muitos candidatos irão enviar currículos que, à primeira vista, parecem tentadores: com muitos cursos, especializações, fluência em outros idiomas, pró-ativos, dedicados e que sabem trabalhar em grupo. O papel aceita qualquer coisa. Isso significa que você precisa se ater a outras características do seu futuro empregado:

Seu futuro emprego lidará com uma quantidade enorme de informação

Empresa startup digital, em geral, lidam com um grande volume de informações. São vários e-mails, posts no Facebook, tweets, conteúdo para blog. Mesmo que a sua vaga não obrigue que o futuro candidato escreva pela sua empresa, preocupe-se em encontrar alguém com uma ótima comunicação, clara e direta. Veja se o candidato tem uma escrita concisa e de fácil entendimento. Dê pontos extras para quem conseguir contar uma boa história.

Alguém que saiba ouvir fará você economizar dinheiro

Falar é prata, ouvir é ouro. Apesar desse ditado ser um tanto quanto antigo para ser usado na internet, ele revela uma característica fundamental em qualquer futuro empregado: ser bom ouvinte. Isso é importante porque trabalhando em equipe é preciso saber manter a harmonia do time, onde cada um tem seu espaço. Também é importante porque ele precisa estar sempre atento ao que é designado a ele. Ou estar sempre atento ao que o cliente precisa.

Procure por candidatos prontos para assumir a frente

Muito candidatos recheiam seus currículos com palavras de efeito, e prestativo sempre está presente. Um empregado que gosta de ajudar não é apenas aquele que está disposto a trabalhar além das 6 da tarde ou nos finais de semana.  Alguém prestativo para uma empresa startup é aquele que está disposto a responder séries intermináveis de e-mails, comentários no blog, tweets, Skype, webseminários e tantos outros canais de comunicação que possuem a mesma finalidade: ajudar as pessoas a resolverem seus problemas.

Os estudiosos são os melhores

Com a velocidade que a internet se expande e com a quantidade de novos serviços, produtos e plataformas que aparecem, é obrigatório que o candidato seja autodidata, que busque conhecimento sozinho. Você já tem preocupações demais na sua empresa para ficar cobrando dos funcionários que eles aprendam como se usa a nova ferramenta de edição de video do YouTube ou deixem de fazer um Hangout com um novo cliente por nunca ter utilizado a ferramenta.

Paixão: o candidato trabalharia de graça na sua empresa?

Por mais que essa característica esteja na moda e por mais que seja algo muito difícil de medir, um funcionário apaixonado pelo que faz ou pela sua empresa costuma dar melhores resultados do que outro com um currículo impecável. Procure por alguém com brilho nos olhos, por alguém que trabalharia de graça para você ou para a posição pretendida. Pessoas assim são difíceis de achar. E são valorizadas. Por tanto, lembre-se de dar pontos extras a ela, mesmo com um inglês mais ou menos ou que o domínio do Excel não seja tão bom assim.

Um time forte pode levar sua ideia ou seu projeto ao sucesso. Da mesma forma que um time mdiano pode te levar ao fracasso e a falência. Tenho cuidado com as pessoas que contratar. Procure por características técnicas, por cursos e experiência. Mas também procure por paixão, por alguém que estará ao seu lado e ao lado do restante da equipe sempre que for necessário.

O que é indispensável em um candidato para que você o contrate? Comente!

banner_rodape

Gerar boleto

Esteja sempre bem informado sem pagar nada!

Cadastre-se e receba um e-mail semanal com as últimas novidades do blog.