Concessões- It’s time!

reunião2

Finalmente o governo sinaliza uma medida que visa combater, de fato, a inflação a longo prazo. Hoje começam as discussões sobre concessões e investimentos na infraestrutura do Brasil. O objetivo é que sejam investidos cerca de 198,4 bilhões de reais entre ferrovias, portos, aeroportos e rodovias, visando o aumento de produtividade e, por consequência, aumento nos salários, sem que isso volte a pressionar os índices inflacionários.

O mercado de renda variável reage bem a essa notícia, apesar dos indicadores continuarem abaixo do esperado na zona do Euro e na China, o mundo está cortando juros para estimular a economia e o Brasil está no contraponto. Com a última alteração a SELIC chegou a 13,75%. Especialistas defendem que estamos próximos ao teto e não existe muito mais espaço para uma subida sem causar efeitos negativos na economia. Estamos inclusive na eminência de uma recessão, caso algumas medidas não sejam tomadas. Está aí o ajuste fiscal para ajudar a fugir desse problema.

Com o cenário interno otimista, o dólar tem mais um dia de queda e opera a R$3,10. O IPCA de 15 de maio teve um leve recuo e fechou pela primeira vez no ano abaixo de 1%, isso se deve principalmente por conta do reajuste dos preços controlados que ficaram maiores no primeiro trimestre (água, luz e combustíveis). Vale a pena lembrar que com o aumento da taxa de juros os índices de produtividade vem caindo, assim como os investimentos na indústria, o que abre caminho para o governo tomar as medidas que vem postergando há anos. Como diria nosso amigo do UFC, Bruce Buffer: It’s time!

O Autor
Vice-presidente no Asaas
Gerar boleto

Esteja sempre bem informado sem pagar nada!

Cadastre-se e receba um e-mail semanal com as últimas novidades do blog.