Como emitir nota fiscal de entrada de importação

Receipt

Todo empreendedor que trabalha com revenda de produtos importados no Brasil sabe que precisa emitir a tal da nota fiscal de entrada de importação, não é mesmo? É uma tarefa burocrática muito importante para que seu negócio esteja nas conformidades da lei. Esse é um documento oficial que dá entrada formal de mercadorias no país em uma empresa, devendo ser emitido pelo importador — ou seja, por quem compra — de acordo com as informações da Declaração de Importação (DI). A nota deve ser emitida após o processo aduaneiro das mercadorias e antes do seu carregamento. Quer saber como exatamente se dá esse processo de emissão? Pois confira e aprenda:

Como funciona

Eis algumas informações sobre como emitir uma nota fiscal de importação:

  • Há um modelo pré-definido de nota que pode ser obtido na internet;
  • A nota deve ser preenchida em português e com o valor da mercadoria em reais, além de conter informações sobre os documentos de embarque — conhecimento de transporte e fatura comercial —, o número de registro da DI e despesas adicionais;
  • O documento não deverá ser enviado ao exportador;
  • Para determinar o valor em reais da mercadoria, use a taxa de conversão do dólar na DI;
  • Para o transporte das mercadorias será utilizado o Documento Auxiliar de Nota Fiscal Eletrônica (DANFE);
  • Nessa etapa, os respectivos impostos já foram recolhidos na Declaração de Importação e na guia de recolhimento do ICMS.

O tema pode parecer um tanto quanto complexo, mas você não precisa se assustar, já que nossas orientações são capazes de guiá-lo corretamente pelos principais trâmites burocráticos envolvidos nesse processo.

Mas por mais que você tenha visto que essa emissão definitivamente não é um bicho de sete cabeças, se ainda ficou com alguma dúvida, comente aqui e a compartilhe conosco!lhe seus questionamentos conosco!

Gerar boleto

Esteja sempre bem informado sem pagar nada!

Cadastre-se e receba um e-mail semanal com as últimas novidades do blog.